Solução de desespero no Novo Banco tira milhões a investidores

Novo Banco

O Banco de Portugal anunciou a capitalização do Novo Banco através de uma medida que retira do passivo da instituição 1985 milhões de euros de dívida detida por grandes investidores, devolvendo-os ao antigo BES.

É uma “solução de quase “desespero””, como destaca o jornal Público, lembrando que o Novo Banco tinha que resolver, antes da chegada de 2016, a insuficiência de capital, conforme os cânones do Banco Central Europeu, para evitar uma situação de resgate interno – o chamado bail-in.

As novas regras europeias em termos de intervenção nos Bancos, que vão entrar em funcionamento no novo ano, ditam que os encargos passem dos contribuintes para os investidores das instituições em causa, envolvendo todos os obrigacionistas, mas igualmente quem tiver depósitos superiores a 100 mil euros.

Governo e Banco de Portugal procuraram a todo o custo que uma situação dessas não ocorresse no Novo Banco e a solução foi devolver 1985 milhões de euros em obrigações sénior, que tinham sido emitidas pelo BES, ao “Banco Mau”.

É um bail-in parcial que atira para os clientes institucionais, os chamados investidores qualificados, como fundos de investimento, de pensões e bancos, os custos deste processo de capitalização que promove a melhoria do balanço do Novo Banco.

“Esta medida protege todos os depositantes do Novo Banco, os credores por serviços prestados e outras categorias de credores comuns”, afiança o Banco de Portugal em comunicado.

Já os investidores afectados perdem as garantias de recuperação do seu dinheiro, sendo muito provável a sua perda total.

Esta redução de passivo permite também ao Banco de Portugal preparar o relançamento da segunda tentativa de venda do Novo Banco que vai ocorrer em Janeiro.

SV, ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. os bancos que vivam com o dinheiro que ganham dos contribuintes que reduzam os grandes salários dos gestores que afinal não sabem trabalhar conforme o que se tem visto.

  2. A solução está como aqui, basta ver o video para perceber que nunca vamos conseguir nada neste Pais em que ainda se continua a pagar os estragos dos privados com dinheiros públicos, é deixa los cair como qualquer empresa.
    Vejam o video e percebam do que falo https://youtu.be/1L3lamRU8dY

  3. Vejam o video para perceberem o porque de nunca mais Portugal ser ninguém como Pais, dinheiros públicos a entrar em bancos privados entre tantas outras coisas mal feitas desde entrar no euro e que acha o contrário pois veja o video.
    Ao fim destes todos no Euro como Pais estamos bem tramados tanto que este já nem é nosso e a miséria cada vez é mais .
    youtu.be/1L3lamRU8dY

  4. Então mas vai haver já agora em Janeiro uma nova tentativa de venda do Novo Banco? Não percebo nada de nada, o governo anterior queria vender era criticado pela esquerda, vendeu as transportadoras e o senhor Costa parece que já reverteu as vendas sem explicar quanto nos vai custar para além da inoperância e do desfalque que as mesmas continuarão a dar ao país, quer reverter a venda da TAP que a acontecer todos nós sabemos mais ou menos o resultado que vai dar e teve agora o Banif com 60% de capital do Estado vendeu, agora vai o Novo Banco, afinal ninguém vai entender a estratégia deste governo, será que as coisas só são boas quando está na oposição?

RESPONDER

Mais seis mortos e 854 casos de covid-19. Lisboa com 49% das novas infeções

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais seis mortos relacionados com a covid-19 e 854 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal …

Novo primeiro-ministro belga nomeado após 16 meses de crise política

O atual ministro das Finanças da Bélgica, Alexander de Croo, toma posse esta quinta-feira como primeiro-ministro, depois de ter sido na quarta-feira formalmente nomeado para o cargo, pondo fim a uma longa maratona de 16 …

Cortes de água, luz, gás e telecomunicações regressam esta quinta-feira

A partir desta quinta-feira, regressam os cortes de água, eletricidade, gás natural e telecomunicações para todos os consumidores em situação de desemprego, com uma quebra de rendimentos de, pelo menos, 20% ou que estejam infetados …

Moderna contradiz Trump. Não haverá vacina até às eleições

O diretor-executivo da farmacêutica Moderna Therapeutics, que está a desenvolver uma das mais avançadas vacinas para a covid-19, disse que esta não estará pronta até às eleições presidenciais dos Estados Unidos. Em declarações ao jornal Financial …

Brigadas dos lares arrancam com menos profissionais do que o previsto

As Brigadas de intervenção Rápida para os lares atingidos por surtos de covid-19 arrancam esta quinta-feira - mas há menos enfermeiros e cuidadores do que o previsto. Em declarações à Renascença, o presidente do Instituto da …

PS segue PSD e propõe voto antecipado para eleitores em confinamento

O Partido Socialista (PS) decidiu juntar-se ao Partido Social Democrata (PSD) na ideia de alargar o direito de voto antecipado aos eleitores que estejam em confinamento à data das próximas eleições presidenciais. De acordo com o …

Santos Silva assume "contactos" para reforço dos EUA da base das Lajes (e desdramatiza eventual crise política)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, disse, em entrevista ao Público e à Renascença, que há "contactos" com os Estados Unidos para reforço norte-americano da base das Lajes e desdramatizou a aprovação do Orçamento …

3.800 euros por mês. Genebra aprova o primeiro salário mínimo (e é o mais alto do mundo)

Os habitantes de Genebra, na Suíça, aprovaram, este domingo, a proposta de um salário mínimo de 23 francos suíços por hora (equivalente a cerca de 21,30 euros) para todos os que trabalham na cidade. De acordo …

No day after do debate caótico, Biden pede regras rígidas e Trump queixa-se do moderador

O debate caótico entre Donald Trump e Joe Biden motivou críticas generalizadas que suscitam dúvidas sobre se será de manter os outros dois debates ou se, mantendo-os, será necessário alterar as regras. Um dia após a …

OE2021. Pontas soltas, alguns avanços e uma certeza: se houver entendimento, há acordo por escrito

Se houver entendimento em algumas matérias com o Bloco de Esquerda e o PCP, haverá um "compromisso escrito", adiantou Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. Em entrevista ao podcast Política com Palavra, do PS, …