A pandemia da solidão: 1 em cada 2 australianos sente-se só

Os seres humanos são sociais e todos nós precisamos de alguma conexão humana para viver. Quando somos privados de algo, ainda que por pouco tempo, a necessidade torna-se ainda mais forte. No âmbito de uma pandemia global, parece ainda mais emergente.

Na Austrália, foram várias as pessoas que violaram o confinamento para visitar familiares ou amigos, uma prova de que muitos estavam dispostos a cometer infrações e a pagar multas para ver pessoas de quem já tinham saudades.

Michelle Lim, psicóloga e investigadora da Swinburne University of Technology, escreveu um artigo no The Conversation no qual avança que está a levar a cabo uma investigação que tem como foco o impacto da pandemia de covid-19 nas relações, na saúde e na qualidade de vida. Nesta primeira fase da investigação, a equipa analisou 2.666 pessoas.

Os dados revelaram que 1 em cada 2 australianos se sentem mais sós desde que a pandemia assolou o mundo e que viver com a família durante este período parece ser mais benéfico em termos de proteção contra sentimentos de solidão, depressão, ansiedade social e stress.

Os jovens entre os 18 e os 25 anos relataram os mais altos níveis de solidão em comparação com outros grupos etários, o que pode ser explicado pelo facto de terem grandes necessidades sociais.

Mas a solidão não é um problema exclusivo dos australianos que moram sozinhos: a pesquisa revelou que as pessoas têm necessidades sociais mais complexas, com vários participantes a confessarem que, apesar de amarem a família, estavam “desesperados” para verem os amigos.

A investigadora ressalva que estas conclusões serem preliminares e referentes ao período de confinamento, o que significa que não espelham a realidade de muitas pessoas que perderam os empregos, por exemplo.

Michelle Lim considera que esta pandemia traz muito poucos benefícios, mas destaca que pode ajudar as pessoas redescobrirem formas de se relacionarem com os outros e a apreciar os momentos de interação.

“Os seres humanos são surpreendentemente flexíveis e resistentes em tempos de crise. Podemos encontrar maneiras criativas de nos conectarmos com as pessoas, reduzindo o risco imediato”, rematou.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Calamidade até 30 de maio. Champions com lugares marcados, teletrabalho até ao final do mês

Após a reunião do Conselho de Ministros desta quinta-feira, a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, anunciou que o país continuará em situação de calamidade até 30 de maio. Acompanhada pelo secretário de Estado das …

Greve da Função Pública "não interfere" com negociações, diz Governo

A Frente Comum marcou para o dia 20 uma greve dos trabalhadores da Administração Pública para exigir um aumento dos salários, a valorização das carreiras e a revogação do sistema de avaliação de desempenho dos …

Estado recebeu 671 milhões do Banco de Portugal em 2020

Em ano de pandemia, o Banco de Portugal (BdP) deu 671 milhões de euros em dividendos ao Estado, segundo os dados divulgados, esta quinta-feira, pelo supervisor da banca. No Relatório do Conselho de Administração de 2020, …

Pedrógão Grande. Testemunha afirma que Câmara a aconselhou a mudar a morada fiscal

A proprietária de uma segunda habitação reconstruída após o incêndio de 2017, em Pedrógão Grande, disse esta quinta-feira que alterou a sua morada fiscal a conselho de um "senhor Bruno", da Câmara Municipal. O julgamento das …

Corrida aos combustíveis. Ciberataque a oleoduto provoca pânico nos EUA

Quase dois terços dos postos de gasolina do sudeste dos Estados Unidos registam escassez de combustível, depois de um ciberataque à maior rede de oleodutos do país ter obrigado a suspender as operações desde sexta-feira. A …

Cecília Meireles sente "enorme tristeza" por ver CDS com 1% nas sondagens

A deputada centrista abordou vários temas numa entrevista, publicada esta quinta-feira, desde a queda do CDS nas sondagens ao seu lugar de deputada na Assembleia da República. Numa entrevista à rádio Renascença e ao jornal Público, …

"Chernobyl do século XXI." Pandemia de covid-19 poderia ter sido evitada, dizem especialistas

A pandemia de covid-19 podia ter sido evitada e o mundo deve aprender com os erros que não permitiram travar a disseminação do vírus, conclui um novo relatório, divulgado esta quarta-feira. A pandemia de covid-19 poderia …

"Estamos a ver a patologia da banca. Uma patologia triste", diz CEO do Novo Banco

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho, tem visto, nos últimos tempos, grandes devedores da instituição financeira a explicarem-se na comissão de inquérito, classificando o que assiste como "triste". "Estamos a ver a patologia da …

Maduro aceita conversar com Guaidó sobre "acordo de salvação" da Venezuela

O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou estar disposto a reunir-se quando a oposição quiser, um dia depois de o líder opositor Juan Guaidó propor um "acordo de salvação" da Venezuela, entre as "forças democráticas" e …

No Brasil, os "velhos" goleadores estão em destaque (e na Europa, ainda dão cartas)

Os goleadores de quase metade das equipas brasileiras que disputam a Copa Libertadores e a Sul-Americana têm mais de 30 anos. Aos olhos do futebol podem ser "velhos", mas preenchem o vazio dos jovens que …