Pandemia agrava-se no México. Presidente é contra o uso de máscara

Mario Guzman / EPA

Andres Manuel Lopez Obrador, Presidente eleito do México

O Presidente do México desvalorizou na quarta-feira a importância do uso de máscara para combater a pandemia de covid-19, que já fez 41.190 mortos no país.

As declarações de Andrés Manuel López Obrador surgiram um dia depois de o secretário do Tesouro daquele país ter defendido o uso de máscara para travar a progressão da doença e reativar a economia, com o Presidente mexicano a considerar que isso seria “desproporcionado”.

“Se a máscara fosse uma opção para a reativação da economia, passaria a usá-la imediatamente”, disse López Obrador, citado pela agência de notícias Associated Press (AP). “Mas não é assim. Eu sigo as recomendações dos médicos, dos cientistas”, acrescentou o governante, de 66 anos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda no entanto o uso de máscara como uma das medidas para travar a propagação da pandemia do novo coronavírus.

O Presidente mexicano nunca foi visto com máscara em público, à exceção de quando se encontrou com o seu homólogo norte-americano nos Estados Unidos, Donald Trump, no início deste mês.

Obrador criticou ainda a imprensa por destacar o elevado número de mortos em países com governantes que não usam máscara, incluindo o México, Estados Unidos e Brasil.

Na terça-feira, o secretário do Tesouro mexicano, Arturo Herrera – ele próprio infetado com covid-19, entretanto recuperado -, defendeu num encontro virtual com empresários que os países que adotaram maiores precauções na reabertura da economia têm sido mais bem sucedidos do que países menos cuidadosos, obrigados a decretar novo confinamento.

O México já ultrapassou os 41 mil mortos desde o primeiro caso no país, em 28 de fevereiro, tendo registado 790 óbitos só nas últimas 24 horas, indicou o Ministério da Saúde mexicano.

O país é o quarto no mundo com o maior número de mortes provocadas pela doença, depois dos Estados, Brasil e Reino Unido.

Na quarta-feira, as autoridades de saúde mexicanas informaram que a covid-19 é agora a principal causa de morte entre mulheres grávidas, sendo responsável por 19% dos óbitos.

O México registou ainda 6.019 novos casos da doença nas últimas 24 horas, elevando o total de infeções para 362.274 desde o início da pandemia, mas o país faz tão poucos testes que o número de contágios poderá ser muito superior aos dados oficiais.

Além disso, as autoridades de Saúde mexicanas informaram que há 87.905 casos suspeitos à espera de resultados laboratoriais e 2.402 mortes cuja causa não pôde ainda ser estabelecida.

A cidade do México e os estados do México, Baixa Califórnia, Veracruz e Puebla concentram a maioria dos óbitos, representando mais de metade (51,3%) do total de mortes no país.

Só a capital mexicana contabiliza 20,5% das vítimas mortais da covid-19 desde o início da pandemia, com 8.440 mortos.

O México está na oitava semana da chamada “nova normalidade”, que funciona com base num semáforo epidemiológico a quatro cores, a partir do qual são reguladas as atividades económicas e de convivência em cada um dos 32 estados do país.

Em 18 estados está a ser aplicado o vermelho, de risco epidémico máximo, e em 14 o laranja, considerado de alto risco. Ainda nenhum estado foi declarado amarelo (risco médio) ou verde (risco baixo).

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Milhares protestam em França e Itália contra novas medidas anti-covid

Milhares de pessoas manifestaram-se, este sábado, em várias cidades de França e Itália contra as medidas para controlar a pandemia, sobretudo contra a obrigatoriedade do uso do "passe sanitário" para entrar em espaços públicos. Com gritos …

O holograma de Whitney Houston vai dar um concerto em Las Vegas

No outono, poderá desfrutar de um concerto de Whitney Houston em Las Vegas. A diva será reencarnada, áudio e visualmente, no espetáculo An Evening With Whitney: The Whitney Houston Hologram Concert. Segundo a Forbes, o holograma …

TC recusa impugnação pedida pelo PSD sobre candidato de Castelo Branco. Direção avalia recurso

O Tribunal Constitucional (TC) decidiu que o PSD não tem legitimidade no pedido de anulação de uma deliberação do Conselho de Jurisdição Nacional do partido sobre o candidato autárquico em Castelo Branco, recusando admitir uma …

Orbán vai rejeitar dinheiro do fundo de recuperação se tiver de revogar lei anti-LGBTQI

O primeiro-ministro húngaro assegurou, este sábado, que o país não vai aceitar o dinheiro do fundo de recuperação se tiver de ceder perante Bruxelas e revogar a lei anti-LGBTQI. Segundo a agência Europa Press, Viktor Orbán …

Avaria em rede europeia causou "apagão" parcial em Portugal e falhas no 112

O incêndio que queimou, este sábado, 500 hectares de vegetação no sudoeste de França esteve na origem dos cortes de energia em Espanha e Portugal, segundo a agência francesa Rede de Transmissão de Energia Elétrica …

Um tumor e duas fraturas nas vértebras dificultaram a vida deste dinossauro (mas não o mataram)

Quando foi descoberto na década de 1980, na Argentina, este hadrossauro foi diagnosticado com uma fratura no pé. Porém, uma nova análise agora mostra que este tinha um tumor, bem como duas fraturas nas vértebras …

Morreu Otelo Saraiva de Carvalho, capitão de Abril

O capitão de Abril morreu, este domingo, aos 84 anos, no Hospital Militar, confirmou o presidente da Associação 25 de Abril. A notícia foi confirmada ao jornal online Observador pelo presidente da Associação 25 de Abril, …

Pela primeira vez, cientistas viram chimpanzés a matar gorilas

Investigadores testemunharam, pela primeira vez, chimpanzés e gorilas a lutar entre si, confrontos esses que provocaram a morte de alguns deles. De acordo com o site Science Alert, as duas disputas foram observadas no Parque Nacional …

Vírus com 15 mil anos descobertos no gelo do Planalto do Tibete

Cientistas que estudam glaciares encontraram vírus com quase 15 mil anos em duas amostras de gelo retiradas do Planalto do Tibete, na China. Muitos deles, que sobreviveram porque se mantiveram congelados, são diferentes de todos …

Leite sem lactose em laboratório (e com a ajuda de membranas de óxido de grafeno)

As membranas de óxido de grafeno (uma forma oxidada do material) têm sido muito estudadas para a dessalinização da água e separação de corantes, mas as suas propriedades podem não ficar por aqui. Uma equipa de …