Países Baixos vão abater mais de 10 mil visons após suspeita de transmissão

As autoridades holandesas ordenaram o abate, a partir desta sexta-feira, de mais de 10 mil visons em unidades que fazem criação, depois da suspeita de transmissão do novo coronavírus a pessoas.

No passado dia 28 de maio, as autoridades holandesas já tinham proibido o transporte de peles de visons em todo o país, depois da divulgação do caso de dois trabalhadores de uma exploração, localizada na zona do sul dos Países Baixos, que teriam “provavelmente” contraído o novo coronavírus através destes animais.

A ordem governamental para o abate vai abranger sete empresas que detêm nove unidades de criação de visons, na região sul, e tem como objetivo evitar que estas explorações se transformem em focos de contaminação, segundo explicaram a ministra da Agricultura, Carola Schouten, e o ministro da Saúde Pública, Hugo de laJonge, na sequência de um parecer das autoridades sanitárias holandesas.

“O parecer mostra que o vírus pode continuar a circular nas explorações de visons durante um longo período de tempo e pode, portanto, constituir um risco para a saúde pública e animal”, escreveram os ministros, numa carta enviada ao Parlamento holandês.

Segundo uma porta-voz do Ministério da Agricultura dos Países Baixos, Elise van den Bosch, a decisão deverá abranger “mais de 10 mil visons”, admitindo, no entanto, que ainda não há um número exato dos animais envolvidos. A porta-voz referiu que esta estimativa não está a contabilizar as crias nascidas durante o período da primavera, indicando que cada fêmea desta espécie pode ter entre quatro a seis crias.

Os dois ministros admitiram que esta era uma medida “difícil” para as explorações afetadas, que terão direito a uma compensação financeira. Também garantiram que o Comité do Bem-Estar dos Animais irá assegurar que os pequenos mamíferos serão abatidos “de maneira responsável”.

Em maio, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou, e perante as suspeitas, que estas possíveis contaminações poderiam ser os “primeiros casos conhecidos de transmissão” do novo coronavírus de animais para seres humanos.

A par da proibição do transporte de peles, o Governo holandês também ordenou a realização de testes de diagnóstico da covid-19 em todas as unidades de criação destes animais, onde são criados para o aproveitamento das peles.

Vison ou marta é a designação comum a várias espécies de mamíferos mustelídeos, que se assemelham às doninhas da América do Norte. A criação destes animais para a comercialização de peles é muito controversa nos Países Baixos. Em 2016, a mais alta instância judicial do país ordenou o encerramento destas explorações até 2024.

Em abril, a porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS), Fadela Chaib, disse que, até agora, as evidências apontam para que o coronavírus tenha tido origem em morcegos, que poderão eventualmente ter transmitido o vírus a outros animais.

O epicentro da doença foi no mercado chinês de Wuhan, onde se vendem animais vivos, e cujo consumo de carne de animais selvagens foi banido nos próximos cinco anos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

"Morri no Paralelo79N". Diário revela as últimas horas de um explorador que morreu sozinho na Gronelândia

Os investigadores analisaram a última entrada do diário de explorador polar do século XX, Jørgen Brønlund, incluindo uma curiosa mancha negra, escrita antes de morrer sozinho no nordeste da Gronelândia, descobrindo o que lhe aconteceu …

Cybershoes. O problema de andar em Realidade Virtual pode já ter uma solução

Um dos problemas com os jogos de Realidade Virtual é que, normalmente, as experiências são definidas numa escala maior do que uma sala de estar. Assim, o jogador acaba por ter de ficar numa parte …

"Um tsunami de dívidas". O mundo deve a si mesmo 277 mil milhões de dólares

Prevê-se que até ao final deste ano, a dívida da economia mundial atinja os 277 mil milhões de dólares. A pandemia de covid-19 é um dos fatores responsáveis. A pandemia de covid-19 não só está a …

Empresas podem negar trabalho a quem não se quiser vacinar

"É obviamente possível" que as empresas evitem contratar um trabalhador se não quiserem ser vacinadas contra a covid-19. A presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE), Christa Schweng, admitiu a possibilidade de uma empresa se …

"A Suitable Boy". Um beijo numa série da Netflix provocou um escândalo (social e político) na Índia

A Netflix está a enfrentar uma reação negativa na Índia por causa de uma cena de um beijo entre duas personagens na série A Suitable Boy ("Um bom partido"). O partido no poder já pediu …

Irmãos transformaram 7 linhas de código num império de 36 mil milhões de dólares

Patrick e John Collison são dois jovens empreendedores irlandeses que fundaram a Stripe, uma empresa que criou uma solução alternativa para os pagamentos online, avaliada em 36 mil milhões de dólares. Em vez de construirem soluções …

ECDC. Portugal terá "níveis muito baixos" de novos casos se mantiver restrições

Se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de covid-19. O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), criado com a missão de ajudar os …

Com apenas 14 anos, Xiaoyu é o adolescente mais alto do mundo. Mede 2,21 metros

Ren Keyu nasceu na China a 18 de outubro de 2006, e no dia em que comemorou o seu 14º aniversário recebeu também o título do Guinness World Records do adolescente mais alto do mundo, …

Jerónimo "não está a prazo" no PCP (e vai continuar a negociar com o PS)

O PCP continua disponível para negociar com o PS, mas não a troco de nada. Quanto ao quinto mandato consecutivo enquanto secretário-geral do partido, Jerónimo avisou, este domingo, que não está "a prazo". No discurso de …

Hackers expõem na cloud dados que roubaram de utilizadores do Spotify. Foi um acidente

Um grupo de piratas informáticos compilou uma base de dados com cerca de 250.000 palavras-passe do Spotify e armazenaram os dados na cloud. No entanto, esqueceram-se de proteger o armazenamento com uma palavra-passe. De acordo com …