O Oumuamua não transmite sinais de rádio (mas ainda pode ser alienígena)

ESA / M. Kornmesser / European Southern Observatory

Impressão de artista do primeiro asteróide interestelar: Oumuamua.

Investigadores não localizaram sinais de rádio artificiais na superfície do Oumuamua. Mas a hipótese de ser de natureza alienígena ainda não está descartada.

As observações de longo prazo do asteróide Oumuamua no momento da sua aproximação à Terra excluem a presença na sua superfície de qualquer fonte artificial de ondas de rádio ou outros sinais.

Num estudo que será publicado na revista Acta Astronautica em fevereiro do próximo ano, os investigadores do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) explicaram que usaram o campo de antenas Allen Telescope Array (ATA) para tentar detetar transmissões de rádio artificiais do Oumuamua.

As observações foram feitas entre os dias 23 de novembro e 5 de dezembro de 2017, período no qual observaram o corpo celeste em busca de algum tipo de sinal. Embora estivessem à procura de emissões de energia ainda menos do que as emitidas pelos telemóveis, não houve qualquer tipo de resultado.

“Estávamos à procura de um sinal que mostrasse que este objeto incorpora alguma tecnologia de origem artificial”, explica Gerry Harp, principal autor do estudo, no artigo do SETI. “Não encontramos emissões, apesar da busca bastante minuciosa”, disse o cientista.

Contudo, segundo os astrónomos do Instituto SETI, ainda não é possível descartar definitivamente a hipótese de o objeto ter origem extraterrestre não natural.

A importância de Oumuamua reside no facto de ser o primeiro asteróide detetado que não vem do Sistema Solar. A natureza do “Mensageiro das Estrelas” está rodeado de mistérios desde o dia em que foi descoberto por astrónomos da Universidade do Hawai, em outubro de 2017.

Depois de constatar mudanças na velocidade do seu movimento, o Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian sugeriu que o asteróide poderia ser uma “sonda” enviada à Terra intencionalmente por uma “civilização alienígena”.

No último ano, o mundo da astronomia debruçou-se no estudo do corpo celeste e as mais várias teorias já foram apresentadas em artigos científicos: desde o seu passado violento, passando pela possibilidade de ser um sistema binário, e até o provável local de onde veio o Oumuamua.

Recentemente, investigadores da Universidade de Harvard sugeriram que milhares de objetos semelhantes ao Oumuamua podem estar presos no Sistema Solar.

ZAP // RT / Phys

PARTILHAR

23 COMENTÁRIOS

  1. E se for um objecto alienígena, será que utiliza os mesmos meios de comunicação que existem na Terra? Cientistas, abram as vossas inteligências para campos onde o desconhecido pode ser viável noutras civilizações…

  2. Eu acho que os nossos governantes não vão passar nenhuma informação para a população para não criar expectativas
    Más eles já tem as informações que nós não estamos sozinhos no universo

      • A bíblia interpretada pelos pais da teologia, criou “verdades” que a própria ciência já desmentiu.
        Entre outras, o sistema egocêntrico, desmentido por Galilei Galilei, a teoria criacionista, ainda hoje objeto de polêmicas por parte dos fundamentalistas, etc e etc.
        No caso específico, os fundamentalistas sempre afirmaram que só existe vida na terra!
        Orgulhosos e temerosos de perderem autoridade, não conseguem entender que, êles humanos, admitirem erros de interpretação, não diminui sequer uma fração decatrilionésima de 01 mm, o poder e grandeza de DEUS.

  3. Acho que a vida existe em todo o lugar …o que explica que ela começou em lugar específico no meio do nada e se proliferou vejo isso faz tempo desde que tive a experiência de ver o primeiro OVNI. ..eu não acreditava assim como não acreditava em assombração e tive a experiência de morar em lugar assim…acho que as perguntas corretas são. ..como eles conseguem viver na nossa atmosfera? Do que são feitas as naves?que gases eles usam e qual o risco da radiação. ..já que uma vez alienígena pode conter radiação. ..o que eles comem…como se associam …acho que Jesus existiu sim…mas ele também poderia ser enviado de outro lugar…tem muitas coisas que fazem sentido outras não. ..eu não acredito no que ouço mas no que vejo

  4. Poxa pessoal. É só parar para pensar, vivemos num planeta num vasto sistema de planetas. Daí nós humanos, enviamos sondas à outros planetas, emitimos sons não busca de alguma resposta. Que idéia é essa? Se eles fizessem o mesmo o mundo estaria em colapso. E o que é pior. Achamos estranho se começam a aparecer muitos ovnis ou Osni. Pergunto: existe? Respondo: sim. Pode ter certeza. Como eu sei? Nunca vi. Mas há vários relatos de pilotos que os avistam sobrevoando o espaço. YouTube mostra algumas bem nítida.

  5. Sempre tem uns lunáticos para colocar religião no meio, até os extraterrestres falam de um Deus maior e agora só falta vocês querer provar que eles estão mentindo já que vocês acreditam em extraterrestres, nessa minha vida o pouco que já vivi eu já vi e fiz muita coisa e por isso eu sou muito sortudo, e eu não fico com essa moral toda para falar da religião dos outros, vão ter algum contato de verdade antes de falar besteira, contato por revistas e site não vale talkei.

RESPONDER

A longo prazo, o distanciamento social pode até ser melhor para a economia

O isolamento social durante uma pandemia, como é o caso da covid-19, que já fez mais de 48.000 vítimas mortais por tudo o mundo, pode revelar-se melhor para a economia a longo prazo, revelou uma …

Elon Musk doou 1.000 ventiladores a hospitais (mas eram do tipo errado)

Nos últimos dias, Elon Musk, CEO da Tesla, recebeu muitos elogios por ter doado mil ventiladores a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Porém, os ventiladores não eram do …

Coronavírus pode replicar-se na boca e nariz durante uma semana antes de infetar pulmões

O coronavírus pode permanecer e replicar-se na boca e no nariz durante uma semana antes de infetar aos pulmões, à traqueia e aos brônquios, revela um estudo, que mostra igualmente que é expulso do organismo …

PSP vai utilizar câmaras portáteis em drones no estado de emergência

A PSP vai utilizar 20 câmaras portáteis de videovigilância, 18 das quais vão ser instaladas em ‘drones’, durante o estado de emergência devido à pandemia de covid-19, anunciou esta quinta-feira o Ministério da Administração Interna …

Em Nova Iorque, prisioneiros são usados para cavar valas comuns

Nova Iorque está a oferecer seis dólares por hora e material de proteção individual aos prisioneiros de Rikers Island que aceitem ajudar a cavar valas comuns. Projeções da Fundação Gates apontam que, em Nova Iorque, o …

EUA estará a pagar para desviar carregamentos de máscaras adquiridas por França

As autoridades francesas estão a acusar os Estados Unidos de terem pago para desviar um carregamento de máscaras faciais oriundo da China. Este episódio é apenas mais um na saga sobre a escassez de máscaras de …

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados

Cerca de 1200 reclusos podem vir a ser libertados antecipadamente para prevenir a propagação da pandemia de covid-19 no meio prisional, revelou esta quinta-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, em declarações à RTP3. A …

OMS e EUA ponderam alargar recomendação para uso de máscaras

A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reavaliar as suas recomendações sobre o uso de máscaras para prevenir a contaminação com covid-19, disse esta quinta-feira o presidente do grupo de especialistas que vai discutir o …

Covid-19. Mais de 95% das vítimas mortais na Europa tinham mais de 60 anos

O diretor regional para a Europa da Organização Mundial de Saúde (OMS), Hans Kluge, revelou esta quinta-fera que mais de 95% das vítimas mortais da covid-19 na Europa têm mais de 60 anos de idade. Em …

Curva portuguesa mostra abrandamento de novos casos (mas é preciso "cautela")

Portugal tem assistido desde o dia 25 de março a um abrandamento do aumento percentual diário de novos casos de covid-19, segundo dados divulgados pelo Barómetro Covid-19 da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP). Segundo Carla …