NASA acaba de divulgar novos dados sobre o misterioso Oumuamua

ESA / M. Kornmesser / European Southern Observatory

Impressão de artista do primeiro asteróide interestelar: Oumuamua.

A NASA acaba de revelar novas informações sobre Oumuamua, o primeiro asteróide não oriundo do Sistema Solar já detetado. De acordo com uma nova publicação, o corpo interestelar é um “objeto relativamente pequeno e reflexivo. 

Oumuamua, “O Mensageiro das Estrelas”, é um objeto interestelar com uma trajetória altamente hiperbólica, que fez com que fosse classificado como o primeiro asteróide de uma nova classe apelidada de “Asteróides Hiperbólicos”.

Depois de avaliar as constantes mudanças na velocidade do seu movimento, o Centro de Astrofísica de Harvard-Smithsonia, dos Estado Unidos, chegou a sugerir que este objeto poderia, na verdade, ser uma “sonda” enviada intencionalmente à Terra por uma “civilização alienígena“.

Também a NASA mantém vários telescópios apontados a este estranho corpo espacial no entanto, a agência espacial norte-americana não conseguiu detetá-lo, nem mesmo no início de setembro, quando o Oumuamua estava mais próximo da Terra.

“O Oumuamua tem-se revelado cheio de surpresas desde o primeiro dia e estávamos ansiosos para ver o que o telescópio espacial Spitzer poderia mostrar”, disse David Trilling, professor de Astronomia da Universidade do Arizona, nos EUA, e autor do estudo.

Estas “não observações”, agora publicadas na revista Astronomical Journal, permitiram limitar o tamanho deste asteróide que já está a fazer história. A publicação sugere que o Mensageiro das Estrelas é “um objeto relativamente pequeno e reflexivo“, pode ler-se.

“O facto do Oumuamua ser pequeno demais para ser detetado pelo Spitzer é, na verdade, um resultado muito valioso”, sustentou o cientista.

Embora os cientistas não consigam, sob estas circunstâncias, identificar a forma exata dos asteróide, é possível calcular a área aproximada da sua superfície, uma vez que, se o objeto fosse grande o suficiente, já teria sido detetado.

Por exemplo, o “diâmetro esférico” do Oumuamua – caso fosse um objeto esférico (que certamente não será) – mediria entre 320 e 440 metros, determinaram os cientistas. Estes números são consistentes com outras estimativas já realizada que sustentam que o asteróide tem menos de 800 metros de comprimento, no máximo.

O estudo recém-descoberto aponta que o Oumuamua é um objeto pequeno e esta informação pode ajudar a melhor perceber qual a sua origem e evolução. No entanto, alertam os cientistas, ficam ainda muitas questões por responder – no fundo, a natureza do asteróide ficou ainda mais enigmática com os novos dados.

O seu tamanho relativamente pequeno dá espaço à teoria que defende que o objeto está a ser empurrado a partir de dentro e através de gás, o que poderia tê-lo expulsado do seu sistema solar materno, forçando-o a viajar no Espaço.

Esta teoria poderia assim explicar o comportamento “cada vez mais bizarro” do Oumuamua, em particular o facto de o telescópio espacial Spitzer não o ter detectado no local em que os astrónomos esperavam encontrar o asteróide extrassolar – algo que, dizem algumas teorias, poderia ser explicado por uma “súbita aceleração” do objecto.

Cometa, asteróide ou uma sonda alienígena que passou pela Terra? O enredo adensa-se…

PARTILHAR

RESPONDER

Mergulhador encontra GoPro que mostra últimos momentos de vida do dono

Um mergulhador encontrou uma GoPro com os momentos finais de um jovem que se tinha afogado numa cascata no Tenessee. O achado acontece dois anos depois da sua morte, e veio dar resposta a algumas …

Vá de férias para uma ilha paradisíaca (e volte com um cão adotado)

Na ilha de Providenciales, no arquipélago das Ilhas Turcas e Caicos, nas Caraíbas, há cães a brincar pelo areal, prontos para serem adotados por turistas. A iniciativa pretende combater o abandono destes animais. São os turistas …

"TONY" é o documentário português mais visto de sempre

O filme documental "TONY", de Jorge Pelicano, que conta a vida do cantor Tony Carreira, é o documentário português mais visto de sempre em Portugal, de acordo com números do Instituto do Cinema e do …

Há milhões de abelhas a morrer no Brasil (e isso é um aviso)

A morte em massa de abelhas devido aos químicos agrícolas já é há muito tempo uma preocupação no Brasil, onde, entre 1990 e 2016, o uso de pesticidas aumentou 770%, de acordo com a FAO, …

Brexit. Holandeses preparam festa na praia para se despedirem do Reino Unido

Milhares de holandeses pretendem despedir-se do Reino Unido na praia, degustando pratos europeus, uma ideia criada nas redes sociais este fim de semana e que tem conquistado o interesse generalizado. De acordo com a agência Lusa, …

Bolsonaro usa vídeo de caça a baleias na Dinamarca para criticar Noruega

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, usou um vídeo de caça à baleia para atacar a Noruega, país que suspendeu os apoios à preservação da Amazónia, mas as imagens utilizadas são das Ilhas Faroé, da Dinamarca. "Vejam …

Rússia cria comissão para investigar "ingerência estrangeira" na política interna

Criação de uma comissão para investigar a "ingerência estrangeira" na política interna da Rússia acontece depois de várias manifestações contra Putin, que Moscovo diz mostrarem envolvimento ocidental. A câmara baixa do parlamento russo anunciou esta segunda-feira …

Novo planeta gigante detetado a orbitar estrela que dista 63,4 anos-luz da Terra

O novo planeta tem uma massa cerca de três mil vezes maior do que a da Terra e orbita a sua estrela a uma distância quase três vezes superior à que separa o Sol do …

Inaugurada em Lisboa clínica dentária gratuita para jovens até os 18 anos

A Santa Casa da Misericórdia abriu esta terça-feira, em Lisboa, uma clínica de saúde oral, com consultas grátis para todas as crianças e jovens até os 18 anos, que vivam ou estudem dentro do concelho. O …

Família mais rica do mundo enriquece a quatro milhões de dólares por hora

Desde o último boletim de riqueza que a Bloomberg publicou, em junho do ano passado, no seu ranking das famílias mais ricas do mundo, a fortuna dos Walton cresceu 39 mil milhões de dólares, para …