/

Ordem dos Enfermeiros contra fim do uso de máscara em outubro

Mário Cruz / Lusa

Esta terça-feira, a Ordem dos Enfermeiros manifestou-se contra o fim do uso obrigatório de máscara nos espaços públicos, que o Governo pretende que aconteça em outubro.

A Ordem dos Enfermeiros (OE) manifestou-se, esta terça-feira, contra o fim da utilização de máscara em outubro. Segundo a SIC Notícias, alertou que a imunidade de grupo só será alcançada com 85% da população vacinada.

“Numa altura em que são várias as manifestações públicas sobre o facto de 70% da população portuguesa estar vacinada com a primeira dose, a Ordem dos Enfermeiros manifesta a sua preocupação com a mensagem de falsa segurança que está a ser passada, face aos dados atuais da Covid-19 em Portugal, e recorda que a OMS reviu, em Maio, a percentagem para se atingir a imunidade de grupo”, diz em comunicado.

“Devido às novas variantes, o patamar para se atingir a imunidade de grupo deve ser entre os 80% e os 85% de população com a vacinação completa”, garante a Ordem, lembrando ainda que o diretor de emergências sanitárias da OMS, Mike Ryan, disse em 25 de maio, quando surgiu a variante Delta, que a percentagem teria de ser revista.

“Os estudos indicam que é necessário que mais de 80% de uma comunidade esteja imunizada para interromper a transmissão”, disse, na altura, o responsável.

A OE mostra-se, assim, desfavorável ao fim da utilização da máscara em outubro, independentemente dos números de casos diários e óbitos em agosto e setembro.

António Costa anunciou, na conferência de imprensa que se seguiu ao Conselho de Ministros do dia 29 de julho, que o uso de máscara na via pública deixaria de ser obrigatório a partir de setembro, altura em que se inicia a segunda fase de desconfinamento e em que se prevê que 70% da população tenha a vacinação completa.

Na reunião do Infarmed, dois dias antes, os peritos fizeram uma proposta de desconfinamento que assenta em quatro níveis, sendo que Portugal se encontra atualmente no primeiro.

De acordo com o plano, a utilização da máscara ao ar livre cai no nível dois, mas a utilização deverá acontecer sempre que não seja possível manter o distanciamento físico.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE