OMS aponta quintas no sul da China como origem provável da pandemia

Após uma investigação de meses, a Organização Mundial da Saúde (OMS) revelou que as quintas de animais no sul da China são provavelmente a fonte da pandemia de covid-19.

As quintas, muitas na província de Yunnan, forneciam animais ao mercado de Wuhan, onde os primeiros casos de covid-19 foram descobertos, disse à NPR Peter Daszak, especialista da equipa da OMS que viajou para o país asiático. Alguns desses animais podem ter contraído o SARS-CoV-2 a partir de morcegos.

Em janeiro, a equipa da OMS viajou para a China para investigar a origem da pandemia, que já infetou mais de 120 milhões de pessoas e matou 2,6 milhões em todo o mundo. Uma série de teorias da conspiração foram criadas, incluindo uma que indicava que o vírus havia sido criado num laboratório em Wuhan. Os investigadores rejeitaram essa alegação.

O consenso entre os cientistas apontava para uma transmissão do coronavírus dos morcegos para os humanos, provavelmente através de uma espécie intermediária, explicação sustentada pelas descobertas da OMS.

As quintas de animais fazem parte de um projeto que o Governo chinês tem vindo a promover há 20 anos, como forma de minimizar a pobreza nas comunidades rurais, apontou Daszak. Animais exóticos – como civetas, porcos-espinhos e pangolins – são criados nesses locais, explicou o especialista.

Contudo, em fevereiro de 2020, a China fechou estas quintas, provavelmente porque o Governo chinês já considerava que podiam estar na origem do vírus. O Executivo enviou instruções aos proprietários sobre como enterrar, matar e queimar os animais de uma forma que não propagasse doenças, indicou Daszak.

Muitas dessas quintas criam animais que podem contrair e transmitir coronavírus. A maioria localiza-se em Yunnan, onde os cientistas descobriram anteriormente um vírus de morcego 96% semelhante ao SARS-CoV-2.

“Acho que o SARS-CoV-2 atingiu primeiro as pessoas no sul da China. É o que parece”, sublinhou Daszak à NPR. A OMS também encontrou evidências de que essas quintas forneciam animais ao mercado de Huanan.

“A China fechou esse caminho por uma razão”, frisou Daszak, acrescentando que, possivelmente, terão acreditado que era a explicação mais provável para a transmissão, sendo o que a OMS também concluirá, num relatório que deverá ser divulgado nas próximas semanas.

Taísa Pagno Taísa Pagno //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …

"Longa vida à monarquia." Realeza britânica tende a viver mais três décadas do que a população geral

As diferenças na longevidade de alguns membros da família real em comparação com a população em geral são extremamente grandes, mas não incomuns. O príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II e o consorte mais antigo …

Abominável (e falso) Homem das Neves. Líder russo usou Yeti para atrair turistas para a Sibéria

Um dos líderes regionais mais antigos de Vladimir Putin confessou ter encenado avistamentos falsos de Yetis numa tentativa de encorajar o turismo na Sibéria. Aman Tuleev, um dos líderes regionais de longa data do Presidente russo …

Irão já está a enriquecer urânio a 60%

O Irão avisou e já está a cumprir. Menos de uma semana depois de ter acusado Israel de um ataque contra a sua principal central nuclear, o país diz estar a enriquecer urânio com uma …

Salvini vai a julgamento em Itália por bloqueio de migrantes em navio

Matteo Salvini, líder do partido de extrema-direita italiano Liga, vai ser julgado por acusações de sequestro pela sua decisão de impedir o desembarque de 147 migrantes resgatados no Mediterrâneo pela Open Arms, em agosto de …

Maldivas ponderam oferecer vacinas aos turistas

As Maldivas estão a ponderar dar aos turistas a vacina contra covid-19 quando chegarem para férias, de modo a incentivar o turismo. As Maldivas estão prontas para enfrentar a concorrência acessa assim que o turismo reabrir …

SOS Racismo diz que SEF atentava contra direitos dos imigrantes e aplaude extinção

O Governo decidiu extinguir o SEF e substituí-lo pelo novo Serviço de Estrangeiros e Asilo, com diferentes moldes de funcionamento. A associação SOS Racismo congratulou-se este sábado com a extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras …

Vem aí a Transporter, a van elétrica (e totalmente autónoma) para serviços de entregas

A Mobileye, uma subsidiária da Intel, fechou uma parceria com a startup Udelv para lançar um serviço de entregas em grande escala e com veículos totalmente autónomos já em 2023. A Mobileye, uma subsidiária da Intel …

Ensino à distância roubou a muitos universitários a licenciatura de que estavam à espera

A pandemia de covid-19 obrigou o ensino superior a reinventar-se e se alguns cursos conseguiram adotar o modelo online sem prejuízos, noutros casos o ensino a distância impediu aulas práticas, roubando aos estudantes a licenciatura …