“Curso silencioso”. Novo coronavírus já circulava na China em outubro

Alissa Eckert / CDC

SARS-CoV-2, o coronavírus que causa a Covid-19

O novo coronavírus já circulava silenciosamente em Wuhan, no centro da China, em outubro passado, e alastrou-se “aleatoriamente e sem mostrar sinais epidémicos”, de acordo com os resultados de um estudo publicado pela revista Frontiers in Medicine.

O estudo conclui que, embora o surto tenha sido oficialmente anunciado em dezembro de 2019, depois de dezenas de casos de infeção ligados a um mercado terem sido diagnosticados em Wuhan, análises da filogenética indicam que o coronavírus estava em dormência desde outubro naquela cidade na província chinesa de Hubei.

“Nesta fase de latência, a infeção seguiu o seu curso silencioso”, afirmou a equipa de investigadores, formada por Jordi Serra-Cobo e Marc López, da Faculdade de Biologia e do Instituto de Pesquisa em Biodiversidade da Universidade de Barcelona, Roger Frutos, do Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronómica para o Desenvolvimento, de França, e Christian A. Devaux, do Centro Nacional de Pesquisa Científica.

O estudo analisa a conjunção única de eventos que permitiram a expansão global do novo coronavírus, que tem um longo período de incubação, um alto número de casos assintomáticos e beneficiou da alta mobilidade internacional.

Segundo Serra-Cobo, para que uma doença infecciosa se espalhe, três condições devem ser atendidas: o patógeno deve ser capaz de infetar e reproduzir-se em seres humanos, entrar em contacto com pessoas através de um reservatório natural e espalhar-se através de um amplo circuito social. No caso da covid-19, todas essas condições foram reunidas em Wuhan, no final de 2019.

Segundo os autores, a pandemia é o resultado de um “alinhamento” excecional a nível global, ou seja, uma coincidência específica de fatores biológicos e sociais que lhe permitiram emergir e expandir-se por todo o mundo.

“O que desencadeou a epidemia foi o aparecimento, em simultâneo, de duas importantes celebrações no mesmo local – as férias em família e o Ano Novo Chinês – que colocaram muitas pessoas em contacto com outras pessoas, inicialmente infetadas, o que proporcionou a fase de amplificação necessária”.

Os autores consideram que “outro passo importante foi a mobilidade”.

O estudo lembra que “as mudanças ambientais e a ação do ser humano sobre os sistemas naturais afetam a perda de habitats e biodiversidade, afetam a dinâmica das espécies em reservatórios de patógenos e aumentam a probabilidade de contágio da espécie humana”. “Este fenómeno é especialmente importante no sudeste da Ásia, onde se originaram as epidemias da SARS [síndrome respiratória aguda grave] e da covid-19”, aponta. A SARS teve origem na província de Guangdong, sul da China, em 2002.

O estudo defende que é essencial proibir a posse e o uso de espécies protegidas e oferecer alternativas para evitar o impacto do mercado negro na vida selvagem.

“Mesmo que o surto se tenha originado inesperadamente em Wuhan, poderia ter sido evitado”, defendem os autores, que lembram que o início desta pandemia é comparável ao de surtos anteriores de coronavírus, como a SARS e Síndrome respiratória do Oriente Médio, ou MERS.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois de Ronaldo e da Coca Cola, Pogba imitou-o com a Heineken (e a UEFA podia castigar Portugal e França)

Após Cristiano Ronaldo ter removido duas garrafas de Coca Cola da mesa onde se sentou para uma conferência de imprensa no Euro 2020, foi a vez do francês Paul Pogba ter feito o mesmo com …

Adeptos portugueses proibidos de entrar na "fan zone" de Budapeste

Momento confuso numa zona da capital da Hungria, na véspera do jogo com Portugal, na estreia no Europeu 2020. A Hungria não escapou ao coronavírus mas, entre os países que recebem jogos do Europeu 2020, é …

Mulher recebe quatro certificados de imunidade - e nenhum é válido

O governo da Hungria está a emitir cartões que garantem que determinada pessoa, na teoria, é imune ao coronavírus. Mas nem tudo corre bem. A vida nas ruas da Hungria é diferente do que se vive …

Novo vídeo mostra morcegos vivos em laboratório de Wuhan (e adensa o mistério sobre a origem da pandemia)

Para já, é possível afirmar que o consenso científico aponta para a origem zoonótica do novo coronavírus, que confirma a versão chinesa de que o patógeno passou de morcegos para um animal e desse para …

Canal 11 anuncia jogos que não transmite (e avisou 5 minutos antes)

Sucedem-se os casos de jogos de futebol que, apesar de estarem inseridos na programação oficial do canal, não são transmitidos, ou são transmitidos noutro dia. Último caso aconteceu em Varzim. O Canal 11 revolucionou a transmissão …

Quadro clínico do candidato do PS à Câmara de Viseu “agrava-se substancialmente”

No domingo, João Azevedo foi internado na unidade de cuidados intensivos coronários do Centro Hospitalar Tondela-Viseu devido a um problema cardiovascular e o estado de saúde agravou-se nas últimas horas. A situação clínica do candidato do …

Turquia 0-2 País de Gales | Rumo aos “oitavos” à boleia de Bale

O País de Gales venceu hoje a Turquia por 2-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A do Euro2020 de futebol, disputado em Baku, no Azerbaijão, ficando mais perto dos oitavos de final. Num jogo …

É impossível fiscalizar novas regras da DGS para eventos familiares. "Tem de ser na base da denúncia"

A Direcção-Geral de Saúde (DGS) passou a recomendar a realização de testes à covid-19 em eventos familiares com mais de dez pessoas, como casamentos e baptizados. Mas para fiscalizar esse tipo de situações, só "na …

Aprovado prolongamento de apoios às rendas até ao final do ano

Os apoios às rendas foram concedidos no ano passado, para fazer face às dificuldades criadas pela pandemia de covid-19. A comissão parlamentar de Economia aprovou, esta quarta-feira, o prolongamento dos apoios às rendas habitacionais e comerciais …

PSD volta a apresentar queixa à CNE contra Rui Moreira

Esta quarta-feira, o PSD/Porto acusou o movimento independente liderado por Rui Moreira de enviar informação da apresentação da sua recandidatura à Câmara Municipal "para emails institucionais" do município, acrescentando que vai apresentar queixa à Comissão …