PJ tem novas pistas e um novo suspeito no Caso Maddie

Official Find Madeleine Campaign

Maddie McCann desapareceu há 12 anos.

A Polícia Judiciária está a seguir o rastro de novas pistas no Caso Maddie e tem um novo suspeito. O Ministério Público admite que podem ajudar ao esclarecimento do processo.

A investigação ao desaparecimento de Madeleine McCann já dura há 12 anos e não dá sinais de parar. Principalmente agora que a Polícia Judiciária tem um novo suspeito e está a seguir novas pistas sobre o caso. Maddie desapareceu em 2007, na praia da Luz, em Lagos.

A notícia avançada pelo Correio da Manhã explica que o processo está agora a ser reapreciado na PJ do Porto e que conta com a colaboração de uma equipa maior na demanda para solucionar o caso.

As novas pistas afastam um possível envolvimento do casal McCann, isto depois de terem sido várias vezes associados ao possível desaparecimento de Maddie e terem sido constituídos arguidos no início do caso.

Até mesmo o Ministério Público admite que as novas pistas que relançaram a investigação podem ajudar a solucionar o caso que já se prolonga há mais de uma década e contou com a ajuda da polícia britânica.

A Polícia Judiciária, de acordo com o CM, não revelou quem era o suspeito em causa, nem quais eram as pistas que prometem resolver o caso. Apesar de a possibilidade de rapto estar bem acesa, as autoridades têm sérias dúvidas que a criança, que hoje teria 15 anos, ainda esteja viva.

O novo percurso da investigação surge pouco tempo depois de um especialista americano ter dito que conseguia resolver o caso em apenas uma semana. O especialista forense norte-americano disse acreditar que as complexas amostras de ADN são a solução para o mistério do desaparecimento de Madeleine McCann, em 2007.

Apesar de ser compatível com a altura das suas declarações, não é conhecido se as novas pistas são derivadas da investigação Mark Perlin e da sua equipa de especialistas em cibernética.

//

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • E deve continuar, ou acha bem que os culpados não sejam identificados e responsabilizados? Até agora só se mandaram palpites para o ar, sem quaisquer provas. Aponta-se o dedo à família da menina apenas porque não se conseguem encontrar culpados, e assim livrarem-se da fama de serem uns inaptos. Acha isso bem ou será isso demagogia e falta de profissionalismo das nossas autoridades? Eu apontaria para esta última hipótese.

      • É… os malandros dos cães ingleses tambem “apontaram o dedo a familia”!..
        Eu apontaria para a tua falta de inteligência!…

  1. São todos suspeitos menos quem lavou as paredes e chão com lixívia, quem alugou o carro em que foi encontrado sangue da pequena e não respondeu nada a PJ…. em 12 anos já tiveram mais de 10 ou 20 suspeitos.

  2. Continuam a mandar bolotas e o povo a comer estas novelas todas.
    O caso vai ser resolvido por confissão diz o Detective e certamente na mesma igreja onde vão os pais da criança acrescento eu! Lol lol lol

Responder a Eu! Cancelar resposta

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …