Uma nova “La Manada” atacou na noite de São João em Espanha

Mario Ruiz / EPA

Uma jovem de 16 anos alega ter sido violada por cinco homens, entre os quais um menor de idade, na zona turística de Las Palmas, na Gran Canaria, Espanha.

Segundo o Diário de Notícias, a vítima de 16 anos alega ter sido violada por um grupo de cinco homens, entre os quais um menor de idade, durante a noite de São João, numa festa no município de San Bartolomé de Tirajana, em Las Palmas, na Gran Canaria, Espanha.

O portal Canariasahora, do jornal El Diario, conta que a rapariga foi comemorar com umas amigas à praia, local onde conheceu o menor de 15 anos e que foi com ele até uma zona de apartamentos ali próximo.

O rapaz, entretanto à responsabilidade da Fiscalía de Menores, assumiu que os dois tiveram relações sexuais, mas que estas foram consentidas, e que estiveram sempre sozinhos porque os amigos estariam do lado de fora do apartamento.

É aqui, segundo o jornal, que os relatos de ambos diferem. O rapaz contou que os amigos perturbaram tanto o encontro que acabou por ir embora, deixando a alegada vítima sozinha. A jovem, por sua vez, não confirmou qualquer relação sexual consensual e garante que foi violada pelo grupo.

De acordo com o jornal, a rapariga admite ter bebido muito e disse não estar ciente de ter consumido drogas contra a sua vontade que a fizessem perder a consciência. Na manhã seguinte, sentiu-se muito confusa e, começando a recordar o que aconteceu, acabou por telefonar a um ex-namorado que a levou ao hospital e que a encorajou a fazer queixa.

Os cinco amigos foram detidos e autointitularam-se de nova “La Manada” na prisão, numa alusão aos cinco homens condenados a nove anos por abuso sexual de uma rapariga nas festas de San Fermín, em Pamplona, em 2016, e que, entretanto, ficaram em liberdade condicional.

Segundo o DN, o menor foi identificado como sendo vítima de “abuso na família por ascendentes masculinos” e por já ter cadastro devido a um processo judicial em curso por alegadamente ter assaltado uma menina.

O Tribunal de Menores de Las Palmas ordenou o seu internamento, num centro terapêutico, para tratar o consumo habitual de haxixe e de álcool, escreve o Jornal de Notícias. Os cinco elementos vão ser presentes a um juiz ainda esta sexta-feira. Um deles terá a violação em vídeo no telemóvel.

Este caso é tornado público numa altura em que a vítima do grupo “La Manada” escreveu uma carta a apelar para que todas as raparigas numa situação semelhante tenham coragem de falar. “Denunciem. Não se calem, ou eles ganham“, escreveu.

 

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Pelos vistos tudo aquilo é malta desequilibrada logo a começar pela moça, fruto de excesso de liberdade e falta de responsabilidade o mundo caminha para o abismo onde todos acabarão vilões e vítimas procurando cada um ser pior que o outro na tentativa e ilusão de se safar.

    • As penas têm de ser proporcionais. Violação não mata por isso a pena não pode ser morte. A pena deve ser prisão, pois na prisão vão ser muitas vezes violados.

      Guilhotina devía era ser a pena contra o aborto, porque isso sim, tira vidas.

Responder a MMQ Cancelar resposta

Nove migrantes encontrados vivos em novo camião no Reino Unido

A polícia britânica encontrou um segundo camião onde viajavam nove migrantes, todos eles vivos. Ainda hoje foi encontrado um camião com 39 pessoas mortas. Horas depois de ter sido encontrado um camião com 39 pessoas mortas, …

Brexit. Primeiro-ministro da Irlanda apoia adiamento até 31 de janeiro

O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, defendeu esta quarta-feira uma prorrogação da data do 'Brexit' até 31 de janeiro, num telefonema com o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, que já recomendou aos 27 que …

Matosinhos é a primeira cidade 5G em Portugal

A NOS cobriu totalmente Matosinhos com 5G, em parceria com a Huawei, tornando-a na primeira cidade de quinta geração móvel em Portugal, anunciou, esta quarta-feira, a operadora de telecomunicações. De acordo com a operadora, "a rede …

O Super Mundial de Clubes vem aí e o Barcelona pode ficar de fora

O Barcelona poderá ficar fora da próxima grande competição da FIFA: o Super Mundial de Clubes. Para inverter esta situação, os catalães terão de ganhar uma das próximas duas edições da Champions. O Conselho da FIFA …

Falência da Thomas Cook leva ao encerramento de empresas no Algarve

De acordo com a TSF, há empresas que não vão conseguir resistir ao colapso do grupo britânico Thomas Cook, que anunciou falência há cerca de um mês. Um mês depois de ter sido anunciada a falência …

Ex-ministro da Saúde questiona regulador no caso do bebé sem rosto em Setúbal

Adalberto Campos Fernandes diz que o caso do bebé com malformações graves dá motivos para questionar a utilidade da Entidade Reguladora da Saúde. Ordem dos Médicos está a agir "adequadamente". O antigo ministro da Saúde Adalberto …

Nuno Artur Silva vendeu participação nas Produções Fictícias ao sobrinho

Nuno Artur Silva, futuro secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media vendeu a sua participação na produtora de conteúdos Produções Fictícias. Desta forma, o indigitado secretário de Estado já não tem participações em empresas …

Encerrados na Índia dois call-centers que enganavam e roubavam pessoas em todo o mundo

Dois call-centers que praticavam um tipo de fraude que fez milhares de vítimas em todo o mundo, entre as quais muitas pessoas de idade, foram encerrados em Calcutá. A operação, que envolveu as polícias indiana e …

José Neves da Farfetch nomeado pela terceira vez para prémios da moda britânicos

O fundador e presidente executivo da empresa tecnológica portuguesa Farfetch, José Neves, está nomeado pelo terceiro ano consecutivo para os prémios de moda britânicos, anunciou hoje a organização. José Neves, empresário fundador da plataforma ‘online’ de …

Televisão estatal chinesa não difunde início da temporada da NBA

A televisão estatal chinesa CCTV não difundiu os jogos inaugurais da 74ª temporada da NBA, após o atrito entre o Governo chinês e a liga norte-americana de basquetebol, suscitado por um comentário de apoio aos …