Uma nova “La Manada” atacou na noite de São João em Espanha

Mario Ruiz / EPA

Uma jovem de 16 anos alega ter sido violada por cinco homens, entre os quais um menor de idade, na zona turística de Las Palmas, na Gran Canaria, Espanha.

Segundo o Diário de Notícias, a vítima de 16 anos alega ter sido violada por um grupo de cinco homens, entre os quais um menor de idade, durante a noite de São João, numa festa no município de San Bartolomé de Tirajana, em Las Palmas, na Gran Canaria, Espanha.

O portal Canariasahora, do jornal El Diario, conta que a rapariga foi comemorar com umas amigas à praia, local onde conheceu o menor de 15 anos e que foi com ele até uma zona de apartamentos ali próximo.

O rapaz, entretanto à responsabilidade da Fiscalía de Menores, assumiu que os dois tiveram relações sexuais, mas que estas foram consentidas, e que estiveram sempre sozinhos porque os amigos estariam do lado de fora do apartamento.

É aqui, segundo o jornal, que os relatos de ambos diferem. O rapaz contou que os amigos perturbaram tanto o encontro que acabou por ir embora, deixando a alegada vítima sozinha. A jovem, por sua vez, não confirmou qualquer relação sexual consensual e garante que foi violada pelo grupo.

De acordo com o jornal, a rapariga admite ter bebido muito e disse não estar ciente de ter consumido drogas contra a sua vontade que a fizessem perder a consciência. Na manhã seguinte, sentiu-se muito confusa e, começando a recordar o que aconteceu, acabou por telefonar a um ex-namorado que a levou ao hospital e que a encorajou a fazer queixa.

Os cinco amigos foram detidos e autointitularam-se de nova “La Manada” na prisão, numa alusão aos cinco homens condenados a nove anos por abuso sexual de uma rapariga nas festas de San Fermín, em Pamplona, em 2016, e que, entretanto, ficaram em liberdade condicional.

Segundo o DN, o menor foi identificado como sendo vítima de “abuso na família por ascendentes masculinos” e por já ter cadastro devido a um processo judicial em curso por alegadamente ter assaltado uma menina.

O Tribunal de Menores de Las Palmas ordenou o seu internamento, num centro terapêutico, para tratar o consumo habitual de haxixe e de álcool, escreve o Jornal de Notícias. Os cinco elementos vão ser presentes a um juiz ainda esta sexta-feira. Um deles terá a violação em vídeo no telemóvel.

Este caso é tornado público numa altura em que a vítima do grupo “La Manada” escreveu uma carta a apelar para que todas as raparigas numa situação semelhante tenham coragem de falar. “Denunciem. Não se calem, ou eles ganham“, escreveu.

 

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Pelos vistos tudo aquilo é malta desequilibrada logo a começar pela moça, fruto de excesso de liberdade e falta de responsabilidade o mundo caminha para o abismo onde todos acabarão vilões e vítimas procurando cada um ser pior que o outro na tentativa e ilusão de se safar.

    • As penas têm de ser proporcionais. Violação não mata por isso a pena não pode ser morte. A pena deve ser prisão, pois na prisão vão ser muitas vezes violados.

      Guilhotina devía era ser a pena contra o aborto, porque isso sim, tira vidas.

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …

Entre os boletins de voto dos emigrantes, também há cheques e contas da luz

Para exercer o seu direito de voto, os eleitores portugueses residentes no estrangeiro deveriam enviar de volta para Portugal a documentação que receberam em casa – um envelope verde com o boletim de voto, dentro …

Ryanair despede 432 trabalhadores em Espanha

A companhia aérea irlandesa Ryanair confirmou esta quarta-feira a sua intenção de despedir em Espanha 432 trabalhadores das suas bases de Girona e Canárias, 327 tripulantes de cabine e 105 pilotos, informou o sindicato USO. Num …

Eleições em Moçambique. Dados preliminares dão vitória a Nyusi

Segundo as projeções de resultados da Sala da Paz, de acordo com valores “preliminares” baseados na leitura dos editais pelos seus observadores, o atual Presidente moçambicano e candidato da Frelimo, Filipe Nyusi, terá sido reeleito …

"Quem acusou Sócrates tem de provar. Se não provar tem de ser punido"

O ex-Presidente brasileiro, Lula da Silva, defende punição de procuradores da Operação Marquês, caso a acusação contra José Sócrates seja arquivada. Esta terça-feira, em entrevista à RTP, Lula da Silva defendeu a punição dos procuradores que …

Na Saúde, Warren torna-se alvo de ataques. Mas o foco é "derrotar Trump"

O maior debate televisivo para umas eleições primárias na história dos EUA juntou 12 candidatos num só palco. Foi o primeiro debate para o qual o ex-vice-Presidente Joe Biden não partiu com vantagem, tendo a …

Trump sugere que os mexicanos são uma ameaça terrorista maior do que o Daesh

O Presidente Donald Trump sugeriu que os mexicanos são uma ameaça muito maior do que o Daesh. Respondendo uma vez mais às críticas sobre ter retirado as tropas dos Estados Unidos (EUA) junto à fronteira …

Grécia. Incêndio em campo de refugiados deixa 600 pessoas sem alojamento

Um incêndio no campo de identificação e registo de migrantes de Vathy, na ilha grega de Samos, deixou 600 refugiados sem alojamento, alertou na terça-feira a organização não-governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF). "Em Vathy, seis …

Lista candidata à Ordem dos Enfermeiros excluída por ter poucos homens

Uma das listas candidatas às eleições para a Ordem dos Enfermeiros foi excluída por ter poucos homens. A comissão eleitoral nomeada explica que a lista não respeita a lei da paridade, aprovada pela Assembleia da …