Membros de La Manada saem da prisão em liberdade condicional

Kai Foersterling / EPA

Milhares de pessoas protestaram em várias cidades espanholas contra a sentença do caso “La Manada”

Os cinco homens do grupo “La Manada” conseguiram, esta quinta-feira, a liberdade condicional, depois de uma nova decisão do Tribunal de Navarra.

Segundo o El Confidencial, o Tribunal de Navarra decidiu pôr em liberdade condicional os cinco homens do grupo “La Manada”, condenados a nove anos de prisão por abuso sexual de uma jovem de 18 anos durante as festas de San Fermín, em 2016.

Esta opção foi aprovada por dois votos contra um, sendo que o voto contrário pertenceu ao presidente do tribunal, José Francisco Cobo Sáenz, de acordo com fontes jurídicas citadas pelo jornal espanhol. O tribunal considera que não existe risco de fuga.

O tribunal, o mesmo que condenou os cinco homens em abril, adotou esta decisão numa altura em que o prazo máximo de dois anos estabelecido por lei para a prisão preventiva está prestes a ser atingido (7 de julho).

De acordo com o Observador, prolongar a prisão preventiva também tinha algumas vantagens para os arguidos porque se o tribunal tomasse a decisão de prolongar essa medida, os cinco réus só teriam de cumprir mais dois anos e meio de prisão efetiva, o que corresponderia a metade da pena (quatro anos e meio da pena de nove anos).

Por isso, esta decisão significou a liberdade dos acusados no imediato, mas também é a única forma de cumprirem, caso a decisão transite em julgado, mais sete anos de prisão efetiva em vez de apenas dois e meio, explica o jornal online.

José Ángel Prenda, Ángel Boza, Jesús Escudero, Antonio Manuel Guerrero e Alfonso Jesús Cabezuelo podem assim ficar em liberdade, ficando sujeitos ao pagamento de uma fiança de seis mil euros, obrigatoriedade de comparecer no tribunal da sua residência três dias por semana, retirada do passaporte, proibição de sair do território nacional sem autorização judicial e de se dirigirem à Comunidade de Madrid, local onde mora a vítima, estando ainda proibidos de entrar em contacto com a mesma.

Os arguidos, detidos em julho de, arriscavam-se a 22 anos de prisão por crimes de agressão sexual, contra intimidade e roubo com intimidação. Porém, os mesmos juízes consideraram que não se tratou de agressão sexual, mas sim de abuso sexual, porque a vítima não ofereceu resistência, justificando-se então as penas mais leves.

A jovem negou essa situação e reconheceu que só não conseguiu oferecer resistência porque entrou em “estado de choque”. Nos vídeos analisados pelo tribunal, filmados pelos membros do grupo, a rapariga mantém uma atitude “passiva ou neutra”, com os olhos sempre fechados, pode ler-se num relatório da polícia. “Só queria que tudo acabasse depressa e então fechei os olhos para não ter de ver nada”, disse depois em tribunal.

Este caso indignou Espanha e várias cidades foram palco de manifestações sob as palavras de ordem “no es no” e “hermana, yo sí te creo”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ministra garante que Ticão não será extinto e que "nada ficará como antes"

A ministra da Justiça disse, esta quinta-feira, que "nunca nada ficará como antes" no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), o chamado Ticão, mas que não será extinto. Falando à margem da reinauguração das instalações do …

Real Madrid goleia em Granada e continua a sonhar com o título

Os madrilenos golearam em casa do Granada (4-1), esta quinta-feira, em jogo da 36.ª jornada, o que lhes permite continuar a sonhar com a conquista do campeonato. Os golos foram marcados por Modric (aos 17 minutos), …

PS e PAN avançam com direito ao esquecimento para quem sobreviveu ao cancro

O Parlamento vai aprovar esta sexta-feira, na generalidade, projetos-lei para acabar com a discriminação de pessoas que tiveram cancro no acesso a seguros de vida. O PS apresenta esta sexta-feira uma proposta no parlamento para quem …

Estudo mostra que é seguro misturar vacinas, mas DGS quer mais detalhes

O novo estudo dá indicações sobre a segurança da administração de vacinas de marcas diferentes – uma das opções possíveis em Portugal para o meio milhão de pessoas com menos de 60 anos que receberam …

Romualda Fernandes - PS

"Erro" ou "canalhice"? Editor da Lusa demite-se após referência racista a deputada do PS

A Lusa está no olho do furacão depois de um jornalista da casa ter identificado a deputada do PS Romualda Fernandes como "Preta" numa peça que acabou por ser replicada em vários jornais online. O …

Estudo mostra que o navio Mary Rose tinha uma tripulação multiétnica

A análise dos restos mortais de parte da tripulação do navio de guerra Mary Rose, o favorito do rei Henrique VIII de Inglaterra, mostra a diversidade que já existia no período Tudor. O navio de guerra …

Hulk marcou num jogo que foi interrompido... cinco vezes

Muitas pausas na partida entre América de Cali e Atlético Mineiro. Protestos na Colômbia também afetaram o jogo Atlético Nacional-Nacional. Grupo H da Taça Libertadores, quarta jornada. Em Barranquilla, América de Cali e Atlético Mineiro entraram …

Festa leonina, OE e política. Marcelo poupa Cabrita, mas não põe de lado uma remodelação

Em entrevista à RTP, a primeira deste mandato, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, poupou Cabrita, culpou os adeptos pelo que se passou nos festejos do Sporting, sublinhou que acredita que o Orçamento …

Governo prometeu a Bruxelas reforma de serviços do Estado. Sindicatos não sabiam

O Governo prometeu a Bruxelas arrancar com uma “reforma funcional e orgânica da administração pública (AP)” sob pena de não receber os cheques da bazuca europeia. “A reforma iniciar-se-á no segundo trimestre de 2021, com a …

Implante neural permite que pessoas paralisadas escrevam. Basta imaginar as letras

Pela primeira vez, uma equipa de investigadores descodificou os sinais neurais associados à escrita de letras e, em seguida, exibiu versões digitadas dessas letras em tempo real. Quando uma lesão ou doença priva uma pessoa da …