Ninguém quer ser professor? Mestrados em Ensino sem candidatos

Os mestrados em Ensino, que preparam futuros docentes para o terceiro ciclo e Ensino Secundário, têm cada vez menos inscritos e alguns até já fecharam por falta de candidatos, revela uma reportagem da Rádio Renascença.

No Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, há 13 mestrados em Ensino, mas existem cada vez menos candidatos: por ano, não chegam a sair 100 alunos habilitados para dar aulas desde o 7.º até ao 12.º ano.

“Em todas as áreas disciplinares, desde a Física e Química, Informática, Matemática, Biologia, Geologia, Geografia, História, nos vários cursos de línguas, temos cerca de 90/100 alunos [formados] por ano“, disse à RR Mónica Baptista, que integra a comissão coordenadora dos mestrados no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.

A investigadora reconhece que este é um cenário preocupante, especialmente se tivermos em conta a idade dos atuais docentes, por exemplo, na disciplina de Física e Química. “A percentagem de docentes com menos de 30 anos é apenas de 0,2%.”

“Na Universidade de Lisboa, em 2001, havia 66 alunos a entrar nas licenciaturas em ensino da Física e Química, e em 2002/2003 eram 103 alunos. Atualmente, temos, no máximo, cinco alunos a entrar no mestrado por ano”, lamentou.

A nível nacional, frisa a Rádio Renascença, apenas as Universidades de Lisboa, Porto e Coimbra têm estes mestrados de onde saem 10 alunos aptos a ensinar esta disciplina. Os restantes fecharam por falta de aluno inscritos.

Até 2030 mais de metade dos professores (57%) vai aposentar-se, segundo dados do relatório do Conselho Nacional de Educação citados pela rádio. Atualmente, apenas 1,1% dos docentes tem menos de 35 anos.

Em setembro do ano passado, o secretário-geral da Fenprof alertou que, caso o Governo não tome medidas, vai começar a sentir-se “uma enorme falta de professores qualificados nas escolas” portuguesas.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Então mas os Profs. não são uns malandros?
    Houve até uma Senhora Ministra que disse: Perdi os professores mas ganhei a rua.
    Quem quer ir para uma profissão em que está sujeito a levar uns tabefes, ou pior. Que tem de lidar com toda a espécie de energúmenos, delinquentes e respectivos pais….

  2. Mal pagos, enxovalhados por muita gente, desrespeitados por quase todos e obrigados a viver em condições miseráveis, estavam à espera de quê?
    Fala-se em mais mil milhões para o Novo Banco e não vi o Sr. Primeiro Ministro a ameaçar demitir-se. Para permitir atenuar o roubo que foi feito aos professores ameaçou logo com a demissão!
    Ninguém deveria escolher o ensino como profissão. Cada vez que o PS chega ao poder o ensino e os seus profissionais já sabem que tudo se vai degradar!

  3. Paguem devidamente ao professor e não carreguem com tanta hora para não se ter tempo de preparar nada, e vão ver como haverá profs. Quem é que no seu perfeito juízo considera que um prof, depois de 20 e tal anos “com a bolsa às costas” para se formar, a ganhar no início 1000€ e com 40 anos de serviço 1900€ é compensação justa? Inacreditável !

RESPONDER

A Antártida já foi uma floresta tropical

A Antártida pode ter sido o lar de ecossistemas quentes e pantanosos cercados por fetos e árvores coníferas há 90 milhões de anos, altura marcada pelo auge dos dinossauros. Uma análise do solo antigo extraído da …

Algumas estrelas têm "veneno" dentro de si (e é por isso que explodem)

Algumas estrelas têm um "veneno" dentro de si: o elemento néon no núcleo das estrelas pode desencadear uma reação química que leva a uma morte definitiva e explosiva. Estrelas menos massivas, como o nosso Sol, expandem-se …

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …

Desaparecimentos, mistérios e lendas. O Triângulo do Alasca pode ser mais perigoso do que o das Bermudas

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos no estado norte-americano do Alasca, fazendo lembrar as histórias do Triângulo das Bermudas, onde aviões e navios desapareceram sem deixar rastro. De acordo com a revista The Atlantic, três …

Descobertas sete novas aranhas-pavão. E uma parece um quadro de Van Gogh

Foram encontradas sete novas espécies de aranha do género Maratus. E há uma que se destaca por se parecer com "A Noite Estrelada", famoso quadro de Vincent Van Gogh. Nos últimos anos, as aranhas-pavão (do género Maratus) …

Estado de emergência no México suspende produção de cerveja Corona

Nem toda a publicidade é boa publicidade. Que o diga a cerveja mexicana Corona que, em tempos de pandemia, partilha o nome com o vírus de que já ninguém quer ouvir falar. Segundo o jornal The …

Gás natural pode transformar Moçambique no "Qatar de África" (se os jihadistas deixarem)

A descoberta de gás natural em Moçambique é vista como uma grande esperança para o país que, à boleia dos avultados investimentos que está a receber de grandes multinacionais, sonha tornar-se no "Qatar de África". …

Afinal, os 1.000 ventiladores doados por Elon Musk podem não ser completamente inúteis

Elon Musk, CEO da Tesla, doou mil ventiladores do tipo errado a hospitais da Califórnia, que enfrentam um número esmagador de casos de coronavírus. Agora, afinal, os ventiladores vão poder ser usados em casos de …

Cientistas preveem quatro grandes furacões no Atlântico em 2020

Cientistas da Universidade Estadual do Colorado, nos Estados Unidos, preveem que se formem quatro grandes furacões no Oceano Atlântico em 2020. De acordo com os especialistas, estes quatro furacões serão de categoria 3 a 5 na …

Neymar doa 870 mil euros para luta contra a pandemia no Brasil

O futebolista internacional brasileiro Neymar doou cerca de 870 mil euros para a luta contra a pandemia covid-19 no seu país, revelou esta sexta-feira o canal SBT. Segundo a estação de televisão brasileira, o contributo de …