Netanyahu avisa que confinamento em Israel pode durar um ano

Ronen Zvulun / Pool / EPA

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse esta quinta-feira que o confinamento no país pode prolongar-se durante meses ou mesmo “um ano” após uma reunião em que foram debatidas novas restrições contra a propagação da pandemia de covid-19.

Por enquanto, o Gabinete Coronavírus, organismo israelita que acompanha a crise sanitária decidiu alargar o confinamento durante mais três dias, depois de 14 de outubro.

O Parlamento aprovou na quarta-feira medidas polémicas de regulação propostas pelo governo e que em concreto limitam as manifestações e outros encontros a um quilómetro da residência de cada participante e que não podem exceder grupos de vinte pessoas.

As medidas que restringem as manifestações têm de ser ratificadas esta quinta-feira pela Comissão Constitucional do Parlamento.

A medida está a ser muito criticada porque vai proibir, sobretudo, as manifestações contra o primeiro-ministro e que se repetem com frequência, em Israel. Os protestos têm sido regulares e visam o primeiro-ministro envolvido em três casos de corrupção e criticado pela má gestão da crise sanitária que provocou uma crise económica com efeitos que já se começam a sentir.

Os partidos da oposição alertam que se trata do “fim da democracia”.

O confinamento atualmente em vigor estende-se pelo menos até 14 de outubro, mas é previsível que se prolongue durante vários meses, advertiu o primeiro-ministro.”A saída do confinamento vai ser lenta e gradual e, desta vez pode durar meio ano ou um ano“, escreve o jornal digital israelita Ynet referindo-se à reunião em que participou o primeiro-ministro.

Vários ministros, entre eles o chefe do governo, insistiram em aumentar as restrições limitando a área permitida para sair de casa a 100 ou 200 metros do local de residência. Atualmente os cidadãos de Israel estão limitados a um perímetro de um quilómetro se pretenderem sair de casa.

Segundo o jornal Times, o ministro das Finanças, Israel Katz terá defendido o suavizar das restrições sobre o encerramento de estabelecimentos comerciais para que as lojas possam abrir após o próximo dia 9 de outubro, o fim do período de férias.

Segundo o Ministério da Saúde, o número de infeções regista mais sete mil novos casos positivos nas últimas 24 horas e 22 óbitos por covid-19. Netanyahu pediu aos hospitais para se prepararem em relação ao aumento do número de casos graves. No total, morreram 1.522 pessoas da doença desde o início da pandemia em Israel que soma 245 mil casos desde março.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A icónica tapeçaria "Guernica" de Picasso foi retirada da ONU. Rockfeller pediu-a de volta

A icónica tapeçaria "Guernica", de Pablo Picasso, foi retirada do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) onde estava há mais de 30 anos. A pintura “Guernica”, considerada uma das obras-primas de Picasso …

Este robô-tartaruga não precisa de circuitos eletrónicos para andar. Basta ar

O robô macio de quatro patas, criado por uma equipa da Universidade da Califórnia, não precisa de nenhum circuito eletrónico para funcionar. Os robôs macios têm captado a atenção dos cientistas e o mais recente, criado …

Norte-americano cria secretária para manter crianças seguras durante os tiroteios nas escolas

Um norte-americano desenvolveu uma secretária à prova de bala para assegurar um lugar seguro às crianças dos Estados Unidos em situações de tiroteio. Passaram três anos desde que, a 14 de fevereiro de 2018, Nikolas Cruz entrou …

A Cidade do México proibiu tampões menstruais com aplicador. Agora, as mulheres estão furiosas

A Cidade do México já tinha proibido outros objetos compostos por plástico, como é o caso de copos e palhinhas, mas agora foi mais longe e resolveu banir os tampões menstruais que contém aplicadores. No …

Benfica 2-0 Rio Ave | Águia volta a voar

O Benfica regressou às vitórias na Liga NOS, três jogos depois. A formação “encarnada” recebeu e venceu o Rio Ave por 2-0, com os dois golos apontados por Haris Seferovic e Pizzi numa segunda parte …

Criança de dois anos cai do 12º andar (mas acaba por ser salva por estafeta)

No passado domingo, em Honói, na capital do Vietname, um estafeta salvou a vida de uma criança de dois anos que caiu do 12° andar de um prédio. Nguyen Ngoc Manh é agora conhecido como …

Em França, livrarias e lojas de discos são agora "comércio essencial"

O decreto de lei do Governo francês, publicado na última sexta-feira, incluiu as livrarias e lojas de discos na lista do chamado "comércio essencial", podendo permanecer abertas em caso de confinamento. Em declarações à agência France-Presse, …

Icebergue maior que Nova Iorque parte-se perto de estação de investigação na Antártida

Um icebergue gigante partiu-se esta sexta-feira na plataforma de gelo de Brunt, na Antártida, perto de um posto de investigação do British Antartic Survey (BAS). O bloco de gelo, com 1.270 quilómetros quadrados, será ainda maior …

A Greenpeace está a atirar pedras gigantes para o Mar do Norte. Eis a razão

Na semana passada, a Greenpeace atirou pedras gigantes ao mar ao redor do Reino Unido. Esta ação faz parte do objetivo da organização de acabar com os barcos de pesca de arrasto no fundo do …

Deco avança para tribunal contra Apple por manipulação de desempenho dos iPhones 6

A Deco Proteste anunciou esta segunda-feira que avançou com uma ação judicial contra a Apple, acusando-a de práticas enganosas por ter manipulado os iPhones 6, 6 Plus, 6S e 6S Plus para se tornarem obsoletos …