“Negacionista e bem raivosa”. Livro de ex-ministro da Saúde revela reação de Bolsonaro à pandemia

O primeiro ministro da Saúde do mandato de Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta, publicou um livro sobre o combate à pandemia no Brasil e revelou que o Presidente teve uma reação “negacionista” e “raivosa”.

De acordo com o portal brasileiro G1, que ouviu o ex-ministro da Saúde brasileiro Luiz Henrique Mandetta no programa “Conversa com Bial”, o ex-governante disse que Bolsonaro negou a seriedade e a gravidade da pandemia – mesmo depois de ser informado de que poderiam morrer centenas de milhares de pessoas.

O ex-ministro revelou ainda que trabalhava com um cenário de 180 mil mortes, número que já não está muito longe da situação atual – mais de 141 mil óbitos. “Eu nunca falei em público que eu trabalhava com 180 mil óbitos se nós não interviéssemos, mas a ele mostrei”, contou Luiz Henrique Mandetta. “Entreguei por escrito, para que ele pudesse saber a responsabilidade dos caminhos que ele fosse optar. Então, foi realmente uma reação “bem negacionista e bem raivosa”.

Segundo o Época, o livro do ex-ministro revela ainda o desfecho de uma reunião do Executivo brasileiro, no início da pandemia, quando Bolsonaro deu por terminada a mesma quando Luis Henrique Mandetta elogiou João Dória, o governador de São Paulo, pela forma como reagiu à crise sanitária.

O portal refere que o livro conta que Bolsonaro estava “extremamente irritado” por Dória dominar os noticiários brasileiros na altura.

“Foi assim que acabou a reunião”, pode ler-se no livro. “Um esforço tremendo, com a unanimidade dos ministros dizendo que ele não deveria ir por aquele caminho da negação, que daquele jeito ele estaria isolado, mas ele encerrou a reunião do mesmo jeito que entrou nela”.

No livro, Mandetta dá conta também de  várias reuniões em que achava que seria despedido, de “traições” e do dia em que sentiu que Bolsonaro lhe disse que sabia de todos os seus passos e por onde andava.

Na semana passada, no lançamento da publicação, Mandetta disse que o livro mostra que pode-se “ter um técnico”, mas “a política, no entanto, tem papel preponderante”.

Mandetta foi o primeiro ministro da Saúde do Governo de Bolsonaro. Entrou em janeiro de 2019 e saiu, depois de divergências, a 16 de abril.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pedro Nuno quer tirar carros das estradas (e que viagens de avião com menos de 600 quilómetros desapareçam)

Esta segunda-feira, foi lançado o Plano Ferroviário Nacional (PFN) numa sessão pública organizada no LNEC-Laboratório Nacional de Engenharia Civil, que deverá estar concluído em março de 2022. Na apresentação, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, …

Estas formigas encolhem o cérebro para se tornarem rainhas

Cientistas descobriram que as formigas saltadoras indianas reduzem o tamanho do seu cérebro para terem a oportunidade de se tornarem rainhas (e que são capazes de reverter esta mudança quando é preciso). Há muito que …

O "fantasma" de Sócrates pairou no aniversário do PS, mas ninguém o mencionou

O secretário-geral do PS, António Costa, homenageou esta segunda-feira, dia do 48.º aniversário do partido, os primeiros 115 autarcas socialistas eleitos em 1976 e afirmou que os militantes do partido são mais importantes do que …

"Sem paralelo em qualquer outra experiência externa". Marcelo elogia reuniões no Infarmed

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considera que as reuniões do Infarmed, que juntam especialistas, líderes políticos e parceiros sociais, são realizadas “num quadro político e institucional sem paralelo em qualquer outra experiência …

Fotografia da NASA demonstra Teoria da Relatividade Geral de Einstein

O aglomerado Abell 2813 tem tanta massa que atua como uma lente gravitacional, fazendo com que a luz de galáxias distantes se curve à sua volta. A lente gravitacional acontece quando a massa de um objeto …

Astrónomos descobrem uma super-Terra perto de uma estrela gelada

Uma equipa de investigadores descobriu uma super-Terra a orbitar GJ 740, uma estrela anã fria localizada a cerca de 36 anos-luz do nosso planeta. Nos últimos anos, os cientistas têm levado a cabo uma busca exaustiva …

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …