Vítor Bento: governo devia ponderar nacionalização do Novo Banco

RTP / Flickr

Vítor Bento, ex-presidente do Novo Banco

O ex-presidente do Novo Banco, Vítor Bento, considera que o governo pode optar por nacionalizar a instituição financeira para resolver os problemas que esta enfrenta.

Uma ideia que o economista defende em entrevista ao jornal Diário Económico, no qual constata que a nacionalização é “uma saída possível” para o Novo Banco e que “a venda não será já muito favorável”.

Para Vítor Bento, o futuro do chamado Banco Bom, nascido da queda do BES, depende de “uma opção política”, cabendo ao governo “estudar as várias alternativas” existentes para “ver qual a configuração que seria desejável ou conveniente ou menos disruptiva para a economia e para a sociedade portuguesa daqui por uns anos”.

Sobre uma possível venda, o ex-líder do Novo Banco nota que não é a melhor solução no imediato, porque “estamos num momento de vulnerabilidade da banca, em que os bancos estão todos com o valor de mercado abaixo do valor contabilístico”.

Vítor Bento destaca ainda na mesma entrevista que “o problema dos lesados do BES já devia ter sido resolvido” e diz que o conflito público entre o primeiro-ministro, António Costa, e o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, “é penoso para a sociedade em termos de confrontos institucionais na praça pública”, embora note que não é “inédito”.

Na quinta-feira passada, o primeiro-ministro sublinhou ter considerado “lamentável” a forma como se arrasta a situação dos lesados do BES, “que é dramática para muitas famílias que confiaram as suas poupanças numa instituição e muitas delas foram logradas nessa confiança”.

Costa indicou ainda Diogo Lacerda Machado, seu amigo e homem de confiança, para liderar as negociações entre o BdP e a CMVM com vista a chegar a um entendimento sobre esta questão.

Na sequência destas críticas, também Carlos César, líder do grupo parlamentar do PS, apontou o dedo ao governador do Banco de Portugal e à atuação de Carlos Costa.

“Há uma realidade que os portugueses vivem de alguma falta de confiança, ou pelo menos de uma avaliação frágil, quer dos depositantes, quer dos utilizadores do sistema bancário, em relação ao regulador, o Banco de Portugal”, defendeu.

Apesar de todas estas pressões, tanto da parte do Governo como dos socialistas, Carlos Costa estará decidido a resistir e não se vai demitir do cargo, até porque tem a salvaguarda da lei, algo que dificulta a sua demissão.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É melhor do que o vender ao desbarato como foi o BPN e o BANIF. Já deviam ter estes casos como experiência e que só trouxe mais perdas para os contribuintes.

  2. Com um governo de esquerda e extrema-esquerda sempre na defesa de tudo o que é nacionalizado não percebo porque razão o senhor Costa foi tão lampeirinho entregar o BANIF de mão beijada onde o Estado já detinha mais de 60% de capital, agora tem aqui uma oportunidade para nacionalizar o Novo Banco.

RESPONDER

Talvez os neandertais não fossem tão brutos como se pensava

Apesar de vários esqueletos de neandertais terem sido encontrados com ferimentos graves na cabeça e no pescoço, um novo estudo sugerem que não fossem tão violentos como se pensava. Na verdade, os níveis de lesões cranianas …

A galáxia mais brilhante do Universo é "canibal"

A galáxia mais brilhante já descoberta no Sistema Solar, a W2246-0526, localizada na constelação Aquarius, devorou não duas mas três das suas galáxias-satélites, o que pode explicar a sua forte luminosidade. De acordo com um novo …

Picasso roubado há 6 anos na Holanda terá sido encontrado sob uma árvore na Roménia

Procuradores romenos estão a investigar se um quadro que apareceu este sábado na Roménia é o mesmo que há seis anos foi roubado de um museu da Holanda, noticiou a agência de notícias Associated Press. A …

O colossal drone solar da Boeing vai voar em 2019

A Aurora Flight Sciences, subsidiária da Boeing, vai lançar em 2019 o seu drone solar Odysseus, que terá a capacidade voar durante meses de forma autónoma e o objectivo de dar acesso Internet a todo …

Justiça brasileira proíbe TV de divulgar inquérito sobre morte de Marielle Franco

A decisão judicial de proibir a emissão de reportagens sobre a investigação do assassinato da vereadora carioca responde a um pedido da polícia do Rio de Janeiro e do Ministério Público. A emissora afirma que …

Relatório revela 71 locais com elevado risco de inundações em Portugal

Portugal tem 71 zonas com elevado risco de inundação, de acordo com um relatório da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que analisou fenómenos extremos ocorridos, fazendo previsões para o futuro. O relatório "Avaliação Preliminar do Risco …

Cinco pessoas mortas por intoxicação de CO em Vila Real

Cinco pessoas da mesma família morreram este domingo, devido a uma intoxicação, no concelho de Sabrosa, distrito de Vila Real, adiantou à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Vila Real. A …

O discurso de ódio já está em Portugal

O diretor da Amnistia Internacional Portugal, Pedro Neto, alertou, em entrevista à agência Lusa, para a presença do discurso de ódio em Portugal, apontando o combate à discriminação como o maior desafio atual dos direitos …

Menino francês suicida-se após castigo por usar telemóvel na escola

Um menino de 11 anos suicidou-se na cidade de Beausoleil, perto do Mónaco, no sul da França, depois de ter recebido um castigo no colégio por ter usado o telemóvel na sala de aula. A criança, …

X-59: A nova aeronave supersónica experimental da NASA entrou em produção

A Lockheed Martin iniciou a produção do avião supersónico experimental X-59, um contrato, encomendado pela NASA, no valor estimado de cerca de 230 milhões de euros. O X-59 surgiu como a solução da empresa norte-americana para …