Mutação de coronavírus pode ter tido origem em Espanha (e isso pode explicar a segunda vaga)

Maxim Shipenkov / EPA

Análises realizadas pela Universidade de Basileia, a Escola Politécnica Federal de Zurique e o consórcio espanhol SeqCovid-Spain, liderado pelo Conselho Superior de Investigação Científica, mostram que a nova variante se espalhou pela Europa e outras regiões nos últimos meses a partir de Espanha.

O SARS-CoV-2, causador da pandemia de covid-19, tem centenas de mutações, mas uma das mais presentes atualmente na segunda vaga, que se vive atualmente na Europa, ocorreu primeiro em Espanha. Esta é uma conclusão de cientistas espanhóis e suíços num estudo divulgado esta quinta-feira.

O abrandamento das restrições de viagens no verão e o facto de Espanha ser um importante destino turístico facilitaram a expansão desta variante do genoma do vírus, segundo um comunicado da Universidade de Basileia.

“Só na Europa, há centenas de variantes do novo coronavírus a circular, com mutações nos genomas, mas muito poucas se disseminaram com tanto êxito e se revelaram tão persistentes como esta”, de acordo com a informação divulgada pelo centro.

Os investigadores afirmaram que o surgimento em Espanha, durante os meses estivais, pode estar ligado a um “evento superpropagador ligado aos trabalhadores agrícolas no noroeste espanhol” e que se expandiu por toda a Espanha e uma dezena de países europeus.

Os peritos batizaram esta mutação de “20A.EU1” e os testes detetaram-na em cerca de 80% das amostras analisadas em Espanha, cerca de 90% no Reino Unido e entre 30% a 40% das estudadas na Suíça e Países Baixos.

Também foi encontrada em amostras de França, Bélgica, Alemanha, Itália, Letónia, Noruega e Suécia e mesmo fora da Europa, em análises de casos registados em Hong Kong e na Nova Zelândia.

A professora da Universidade de Basileia Emma Hodcroft, autora principal do estudo, defendeu que nada indica que esta variante do coronavírus seja mais contagiosa do que as outras, mas que a sua transmissão pode dever-se a um abrandamento das medidas preventivas no verão.

Iñaki Comas, coautor do estudo e diretor da SeqCovid-Spain, acrescentou que as linhas desta mutação são semelhantes a outras identificadas em anteriores estudos, durante a primavera. “Uma variante (do vírus), ajudada por um evento superpropagador, pode rapidamente prevalecer por todo um país“, sublinhou Comas, citado no comunicado da universidade suíça.

Os especialistas advertiram que não há indicações de a variante identificada ser mais perigosa do que as outras, ou que tenha um comportamento distinto, nem mesmo de ser a única a prevalecer na segunda vaga, em que outras mutações foram identificadas.

Também pediram cautela na hora de vincular diretamente a mutação ao forte aumento de casos na Europa e frisaram que em alguns países do continente que agora registam altas taxas de contágio, como França ou Bélgica, não é a variação predominante.

Insistiram, sim, que a descoberta poderá dar mais informação sobre a eficácia das políticas de transporte aplicadas pelos países europeus este verão, após a redução de casos da primeira vaga.

“O fecho de fronteiras de longa duração e as fortes restrições às viagens não são desejáveis, mas com a expansão da 20A.EU1 parece claro que as medidas tomadas foram insuficientes para deter os contágios de novas variantes”, concluiu Hodcroft.

A mutação foi detetada primeiro em análises de sequências realizadas na Suíça, usando a plataforma Nextstrain, desenvolvida pela Universidade de Basileia e pelo Centro de Investigação Oncológica Fred Hutchinson, de Seattle (EEUU).

Esta plataforma, criada em 2015, permite um rastreio em tempo real de patogénios mediante sequenciação genética, e já foi utilizada anteriormente para analisar a expansão de vírus como o zika, o ébola e os da gripe.

O estudo hispano suíço não foi ainda publicado em revista científicas, mas foi na rede especializada medRxiv, um arquivo de manuscritos médicos ainda não revistos por outros cientistas, que está ligada à norte-americana Univers.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Caro ZAP:
    Procurei por “superprogador” 4ºparágrafo, e não encontrei o significado, não quereriam dizer superpropagador?

RESPONDER

Espanha, França e Bélgica com descida de casos. Itália limita Natal e Madrid cancela festas de Ano Novo

Madrid, assim como Paris e Bruxelas, têm boas notícias - mas não o suficiente para suavizar medidas. Já em Itália há restrições adicionais e a cidade de Londres também considera também passar ao nível três, …

UE dá exemplo de Portugal para defender salário mínimo europeu

O comissário europeu do Emprego, Nicolas Schmit, diz esperar um acordo ou pelo menos "bastante progresso" sobre a proposta comunitária para garantir salários mínimos adequados em todos os Estados-membros da União Europeia (UE) e dá …

Na primeira fase, será possível administrar 400 mil doses de vacinas “numa semana a dez dias”. Segunda ronda pode ser crítica

Os especialistas já fazem previsões. Se por um lado a primeira fase da vacinação contra a covid-19 se adivinha rápida, a segunda será poderá ser muito complicada. Os representantes dos profissionais dos centros de saúde - …

Bruxelas conclui que Zona Franca da Madeira violou regras e quer devolução das "ajudas indevidas"

A Comissão Europeia (CE) conclui que o regime da Zona Franca da Madeira (ZFM) desrespeitou as regras de ajudas estatais, pois abrangeu empresas que não contribuíram para o desenvolvimento da região, pelo que Portugal deve …

Chuva de críticas ao plano nacional de vacinação: "É vasto em imprecisões e impreparações"

Francisco Rodrigues dos Santos considerou que "faltou planeamento" no plano de vacinação português e observou que "basta comparar" com aqueles anunciados "na Alemanha, no Reino Unido ou em Espanha para perceber que há diferenças abismais". O …

O corpo ideal? O mistério das enigmáticas figuras pré-históricas de Vénus pode ter sido resolvido

Um dos primeiros exemplos mundiais de arte, as enigmáticas estatuetas de "Vénus" esculpidas há cerca de 30 mil anos, intrigaram os cientistas durante quase dois séculos. Agora, o mistério das estranhas figuras pode ter sido …

Nova geringonça à vista? Rui Rio mostra-se disposto a governar mesmo sem vencer eleições

São muitos os sinais que tem dado. Rui Rio está disponível para liderar uma futura maioria de direita se esta vier a surgir no quadro de futuras eleições legislativas - mesmo que o PSD seja …

Cientistas encontram nova criatura gelatinosa no fundo do mar (mas podem nunca mais voltar a vê-la)

Uma equipa de investigadores da Administração Nacional de Pesca Oceânica e Atmosférica (NOAA) revelou que descobriu Duobrachium sparksae, uma nova espécie de ctenóforo - ou águas-vivas-de-pente. A descoberta foi feita remotamente usando imagens de vídeo de …

Costa anuncia hoje medidas que vão vigorar nos períodos de Natal e de passagem de ano

O primeiro-ministro anuncia hoje as medidas de combate à covid-19 enquadradas pelo decreto presidencial de estado de emergência, que indicativamente vigorará até 7 de janeiro, incluindo os períodos de Natal e de passagem de ano. Na …

Especialistas explicam de que forma o novo coronavírus pode afetar o cérebro

Através do uso de amostras de tecido de pacientes que já morreram, uma equipa de investigadores conseguiu desvendar os mecanismos pelos quais o coronavírus é capaz de chegar ao cérebro de pacientes com covid-19 e …