Museu da Presidência foi novamente assaltado. Desta vez, roubaram uma medalha

Mário Cruz / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Uma medalha que pertence ao espólio do museu da Presidência da República foi roubada. Esta é a segunda vez que desaparecem peças da instituição.

Desapareceu do Museu da Presidência uma medalha, confirmou Belém através do seu site oficial. Numa nota publicada esta quarta-feira, a Presidência da República anunciou ter comunicado às autoridades policiais competentes “o desaparecimento de uma medalha do Museu da Presidência”.

Segundo o Observador, o roubo terá acontecido entre o final da semana passado e o início desta semana. A Polícia Judiciária tomou conta do caso, após ter sido comunicado, num primeiro momento, à PSP. A Presidência da República aguarda agora “o resultado do inquérito policial em curso”.

Esta é a segunda vez que desaparecem peças do Museu da Presidência, que fica situado junto ao Palácio de Belém, em Lisboa. O primeiro incidente ocorreu no ano de 2016 e levou a que fossem realizadas buscas na casa de Diogo Gaspar, ex-diretor da instituição.

Em maio deste ano, o Ministério Público acusou o ex-diretor e a outros três arguidos de vários crimes, nos quais se encontram a usurpação de móveis antigos e outros objetos que eram do museu.

Diogo Gaspar foi também acusado de abuso de poder, tráfico de influência, falsificação de documentos, peculato e branqueamento de capitais.

O Museu contém várias peças que, em muitos casos, não têm qualquer valor material. No entanto, fazem parte de uma coleção que o site do museu descreve como “coleção única, cujo valor assenta na pluralidade e na capacidade de evocar referências basilares da memória coletiva”.

Além de presentes de Estado, fazem também parte do Museu objetos pessoais dos Presidentes, documentos de arquivo e outras peças ligadas à instituição presidencial.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Quer me parecer que Portugal não é tão seguro como as pessoas pensam, ou então os sistemas de segurança estão tão obsoletos que já deviam também estar no museu. Bom, com os milhares de milhões de euros que fugiram e nunca mais o Estado verá, nada espanta.

    Só existe é a real especialidade em como ver dos benefícios do povo em impostos, diretos ou indiretos, em tachos, taxas e taxinhas, em arquivar casos de corrupção e escândalos públicos, e proteger com o largo manto do Estado aqueles que lesam a pátria com milhares de milhões de euros.

    Triste fado. A caça às bruxas está longe do fim, e longe do fim está a solução da caça às bruxas.
    Estamos num campo infestado de ervas daninhas.

  2. Lisboa está cheia de ratos e por este andar uma manhã qualquer vão-se aperceber que até o senhor PR desapareceu também!.

RESPONDER

Fundação Champalimaud anuncia prémio de um milhão de euros para erradicar o cancro

A Fundação Champalimaud anunciou, esta segunda-feira, um prémio de um milhão de euros a atribuir anualmente, e sem limite temporal, vocacionado para a "erradicação do cancro". O prémio é atribuído em parceria com o casal de …

A maior lixeira da China ficou cheia 25 anos antes do previsto

O maior depósito de lixo da China, Jiangcungou, na cidade de Xi'an, já está cheio, 25 anos antes da altura prevista. O aterro tinha sido preparado para receber 2500 toneladas de resíduos por dia. Porém, de …

Cigarros eletrónicos podem prejudicar o coração mais do que os cigarros comuns

Há muito que está provado que fumar é uma das principais causas de mortes por doenças cardíacas. Agora, há evidências crescentes de que os cigarros eletrónicos podem causar danos ao coração. Em dois estudos que serão …

Sindicato dos Magistrados acusa Conselho Superior de fazer escolhas pessoais

O Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) acusou, esta segunda-feira, o Conselho Superior do Ministério Público de escolher os procuradores para os departamentos mais importantes da investigação criminal por preferências pessoais. Em comunicado, o Sindicato …

Esta empresa está a produzir "carne" feita de ar

Enquanto várias startups estão a vender "carne" feita de plantas, a Air Protein, uma empresa sediada na Califórnia, nos Estados Unidos, está a criar carne feita de ar. A ideia não é nova, uma vez que …

Autoridade da Concorrência faz buscas em cinco empresas de vigilância privada

A Autoridade da Concorrência (AdC) anunciou, esta segunda-feira, que realizou diligências de busca e apreensão em cinco empresas do setor da vigilância privada, no distrito de Lisboa, "por suspeitas de práticas anticoncorrenciais lesivas do normal …

"Breaking Bad" da vida real. Dois professores de Química acusados de produzir metanfetamina

Dois professores universitários de Química do estado do Arkansas, nos Estados Unidos, foram detidos no domingo por suspeitas de produzirem metanfetaminas. O caso tem atraído atenção mediática por se parecer inspirar no enredo da série …

TAP regista prejuízos de 111 milhões de euros até setembro

A TAP registou, nos primeiros nove meses deste ano, prejuízos acumulados de 111 milhões de euros que atribui a "variações cambiais sem impacto na tesouraria". "A TAP S.A. apurou um prejuízo acumulado, nos primeiros nove meses …

Coreia do Norte não está interessada em mais cimeiras com os EUA

A Coreia do Norte advertiu, esta segunda-feira, que "não está interessada" em mais cimeiras com os Estados Unidos, se Washington persistir na recusa em fazer concessões. A Coreia do Norte deu a Washington até ao final …

Refugiado detido que escreveu um livro pelo Whatsapp conquista a liberdade

O jornalista e escritor curdo-iraniano Behrouz Boochani, que estava detido há seis anos num centro de imigrantes na Austrália, conquistou a liberdade. Boochani escreveu, através de mensagens da rede social Whatsapp, o livro “No Friend But …