MP francês lança inquérito por homicídio no caso do avião desaparecido na Malásia

Aero Icarus / Flickr

-

O Ministério Público de Paris decidiu abrir um inquérito judicial por homicídio involuntário na sequência do desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines, a 08 de março, com 239 pessoas a bordo, divulgou hoje uma fonte judicial.

O inquérito, que será conduzido por um ou por vários juízes de instrução, foi aberto, na quarta-feira, porque quatro cidadãos franceses constavam na lista de passageiros do avião, que continua, até hoje, desaparecido, segundo a mesma fonte citada pela agência francesa AFP.

O Ministério Público já tinha aberto um inquérito preliminar a 11 de março, três dias depois do desaparecimento do aparelho, que fazia a ligação aérea entre Kuala Lumpur e Pequim.

O inquérito judicial foi aberto por “homicídio involuntário por violação deliberada de uma obrigação particular de prudência ou de segurança imposta por lei ou regulamento”, precisou a mesma fonte.

A bordo do voo MH370 seguiam três estudantes do liceu francês internacional de Pequim e a mãe de dois desses jovens. A maioria dos passageiros do avião da Malaysia Airlines (153) era de nacionalidade chinesa.

O aparelho poderá ter caído no Oceano Índico, mas as buscas, que envolveram vários meios de diversos países, não conseguiram, até à data, encontrar quaisquer vestígios de eventuais destroços.

O governo da Malásia foi fortemente criticado pela maneira como lidou com este caso, nomeadamente pela forma como comunicou nos primeiros dias após o desaparecimento do avião.

Na semana passada, a Malásia publicou um relatório preliminar sobre o caso do voo MH370, no qual reconhece a lentidão da resposta das autoridades de Kuala Lumpur no dia do desaparecimento do aparelho.

Entre outros aspetos, o documento precisou que passaram quatro horas entre o momento em que foi constatado o desaparecimento do avião, às 01:38 horas local de 08 de março, e o momento em que o alerta foi acionado oficialmente.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

EDP defende que venda de barragens não estava sujeita a imposto de selo

A EDP considera que a venda da concessão das barragens ao consórcio da Engie não beneficiou de isenção do Imposto do Selo prevista na lei desde 2020 porque a forma como a operação decorreu não …

Polícia Judiciária faz buscas na Câmara de Lisboa

A Polícia Judiciária (PJ) está, esta terça-feira, a fazer buscas na Câmara Municipal de Lisboa, nas instalações do departamento de gestão urbanística, situadas no Campo Grande, e nos Paços do Concelho. Ao que o jornal online …

Portugal regista mais 424 casos e cinco óbitos por covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, mais cinco mortes e 424 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

Ministro reconhece que retoma do Ensino Superior tem de ser "gradual"

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior considerou, esta segunda-feira, que a retoma das atividades letivas tem de ser feita de forma “gradual e faseada”, mas mostrou-se satisfeito com a responsabilidade demonstrada por docentes …

Apenas uma em cada 500 pessoas foram vacinadas nos países pobres. Greta Thunberg apoia vacinação equitativa com 100 mil euros

Apenas uma em cada 500 pessoas, em média, foi vacinada contra a covid-19 nos países pobres, enquanto nos ricos uma em cada quatro já está parcial ou totalmente imunizada, revelou esta segunda-feira a Organização Mundial …

Mário Soares vai dar nome a uma rua na Covilhã

O antigo Presidente da República Mário Soares vai dar nome a uma das ruas da Covilhã, numa homenagem que integra as comemorações do 25 de Abril naquela cidade do distrito de Castelo Branco. O programa preparado …

"Estava em segredo". Comissão de inquérito abre investigação à divulgação do relatório secreto de Costa Pinto

A Comissão Parlamentar de Inquérito ao Novo Banco abriu esta terça-feira uma investigação sumária à divulgação do chamado “Relatório Costa Pinto”. A notícia é avançada esta terça-feira pelo jornal online Observador, o mesmo órgão de comunicação …

Cheias em Luanda fazem 14 mortos e mais de 8 mil desalojados

As chuvas torrenciais que esta segunda-feira provocaram o caos em Luanda, deixaram 14 mortos e mais de oito mil pessoas desalojadas, segundo dados transmitidos esta noite pelo porta-voz do serviço de protecção civil e bombeiros. Faustino …

De Ronaldo a Félix. Seleção pode perder oito jogadores com a Superliga

Se a Superliga Europeia avançar, assim como as ameaças da UEFA, a seleção das quinas poderia ficar sem oito jogadores, tendo em conta a última convocatória para os jogos de qualificação para o ​​​​​​​Mundial 2022. A …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …