Mortes, pirataria e mentiras. É com um “ódio excessivo” que a Coreia do Norte está a controlar a covid-19

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

O líder norte-coreano Kim Jong-un ordenou a execução de pelo menos duas pessoas, proibiu a pesca marítima e confinou a cidade de Pyongyang no quadro das medidas contra o covid-19 e os efeitos económicos da pandemia.

As informações sobre o panorama na Coreia do Norte estão a ser reveladas pelos serviços de informações da Coreia do Sul. O relatório divulga que o líder Kim Jong-un ordenou aos diplomatas de Pyongyang para não hostilizarem o presidente eleito dos Estados Unidos da América porque esperam um novo tipo de aproximação com a administração de Joe Biden no futuro.

As novas informações foram comunicadas aos legisladores sul coreanos em Seul que receberam o último relatório dos Serviços de Informações Nacionais da Coreia do Sul.

Segundo o legislador sul-coreano, Ha Tae-keung, que cita os serviços de informações, Kim Jong-un demonstra atualmente “um ódio excessivo” e aplica “medidas irracionais” face à pandemia de covid-19 e os impactos na economia do país.

De acordo com o relatório citado por Ha Tae-keung,  a estratégio do líder da Coreia do Norte passa por algumas mortes, uma vez que mandou executar em outubro um alto responsável pelo departamento de câmbio de divisas após ter estado retido por causa da queda das taxas de câmbio.

O mesmo documento indica que um outro alto dirigente do regime de Pyongyang foi executado em agosto por violação das medidas sobre retenção de bens importados.

As duas vítimas não foram identificadas no relatório, revela o Jornal de Notícias.

A Coreia do Norte proibiu também as pescas e a produção de sal para “evitar que a água do mar venha a ser contaminada pelo novo coronavírus”, dizem ainda os serviços de informações da Coreia do Sul. O país confinou ainda a cidade de Pyongyang, a capital, e a província de Jagang, no norte do país, como medidas contra a pandemia.

Outras medidas de confinamento foram aplicadas onde as autoridades encontraram bens importados e moeda estrangeira. As informações indicam que Pyongyang praticou atos de pirataria informática contra pelo menos uma farmacêutica sul coreana que está a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus.

A Coreia do Norte mantém que não foi detetado um único caso de infeção por covid-19 em todo o território, uma informação que é tipo como falsa pela comunidade científica e que é contestada pelos especialistas internacionais.

Os efeitos da epidemia global na Coreia do Norte podem ser bastante catastróficos porque o sistema de saúde do país é extremamente deficiente e não conta com abastecimento de material médico e sanitário.

A pandemia forçou a Coreia do Norte a encerrar as fronteiras com a República Popular da China, o maior parceiro comercial e político. O fecho das fronteiras desde janeiro tem afetado a economia do país marcada pelas sanções impostas pelos Estados Unidos.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Itália vai processar Pfizer e AstraZeneca devido a atrasos nas vacinas. UE pede "transparência"

A Itália vai processar a Pfizer Inc e a AstraZeneca devido aos atrasos na entrega das vacinas contra a covid-19 e para garantir os fornecimentos – não para obter compensações, disse neste domingo o ministro …

Declínio cognitivo relacionado com a idade pode ser reversível

Cientistas conseguiram reverter em ratos o declínio cognitivo causado pelo envelhecimento. O objetivo dos investigadores é que as farmacêuticas baseiem-se neste estudo para criar um composto que possa ser administrado em humanos. As células específicas do …

Afluência às urnas é menor (mas há mais votantes). Abstenção deverá ficar entre os 56 e 60%

A afluência às urnas às 16:00 nas presidenciais de hoje em Portugal, 35,4%, é a segunda mais baixa desde as eleições de 2006, ano em que este número passou a ser divulgado pela administração eleitoral. Esta …

Reino Unido já vacinou quase 6 milhões. Alemanha aumenta controlo nas fronteiras

O Reino Unido já administrou a primeira das duas doses da vacina contra o novo coronavírus em cerca de seis milhões de pessoas, quando o número de mortes no país devido à pandemia está perto …

Polícia desmantela rede de tráfico internacional de armas (e descobre santuário dedicado a Hitler)

Em dezembro, as autoridades espanholas conseguiram desmantelar uma rede ilegal de armas que operava em toda a Europa, e acabou por capturar os traficantes. O que a polícia não esperava era encontrar um armazém cheio …

Diminuição da esperança média de vida é "consequência inevitável" da pandemia

A esperança média de vida em Portugal vai necessariamente diminuir em consequência da pandemia de covid-19, defendeu um especialista, explicando que isso decorre do efeito combinado da morte de idosos, mas também de jovens em …

Novo estudo explica a importância de esterilizar os gatos antes da adolescência

Um novo estudo sugere que a idade de esterilização dos gatos deve ser antecipada de seis para quatro meses, com o objetivo de prevenir ninhadas indesejadas de gatinhos, que muitas das vezes acabam por ser …

Publicidade do Pingo Doce a promoções viola a lei do confinamento

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica está a avaliar incumprimento que visa aumentar clientes em loja durante o fim de semana. Os supermercados da Jerónimo Martins estão a publicitar promoções numa altura em que …

A tomada de posse de Joe Biden deixou os apoiantes do QAnon sem rumo

Com a tomada de posse de Joe Biden como 46.º Presidente dos Estados Unidos, esta quarta-feira, a frustração começou a infiltrar-se entre os apoiantes do QAnon. O QAnon é um movimento nascido, em 2017, no seio …

Pela quarta vez em quase 50 anos, gelo cobriu o deserto do Saara

Na terça-feira passada, um dos lugares mais secos do mundo acordou com uma geada sobrenatural. Foi apenas a quarta vez em quase 50 anos. No deserto do Saara, no noroeste da Argélia, nos arredores da cidade …