Morreu uma das adolescentes britânicas que fugiram para a Síria

Metropolitan Police

As três jovens britânicas desaparecidas: Shamima Begum, de 15 anos, Kadiza Sultana, de 17 anos, e Amira Abase, de 15 anos

As três jovens britânicas desaparecidas: Shamima Begum, de 15 anos, Kadiza Sultana, de 17 anos, e Amira Abase, de 15 anos

Uma das três adolescentes de nacionalidade britânica que fugiram do Reino Unido em fevereiro do ano passado para se juntarem ao Estado Islâmico morreu num bombardeamento da Força Aérea russa à cidade de Raqqa.

A jovem britânica de origem muçulmana Kadiza Sultana terá sido morta em janeiro por um bombardeamento das forças russas na Síria, revela esta quinta-feira a televisão britânica ITV News.

Segundo a irmã da jovem, Halima Khanom, Kadiza pretendia voltar ao Reino Unido e estava a planear fugir da Síria por temer pela sua vida.

Em excertos de conversas entre as duas irmãs, divulgados pela estação de TV britânica, é possível ouvir Kadiza a confessar à irmã o terror em que vivia.

“Tenho um mau pressentimento, tipo, estou assustada”, diz Kadiza num dos telefonemas.

Se alguma coisa corre mal, é o fim“, acrescenta a jovem.

Metropolitan Police

Kadiza Sultana (em cima, à esquerda), Shamima Begum e Amira Abase

Kadiza Sultana (em cima, à esquerda), Shamima Begum e Amira Abase

Kadiza Sultana, então com 17 anos, foi uma das três jovens britânicas que fugiram do Reino Unido para se juntar ao Daesh em fevereiro do ano passado.

A polícia britânica divulgou na altrura imagens de Kadiza Sultana, com Shamima Begum e Amira Abase, ambas de 15 anos, que deixaram as suas casas em Londres e embarcaram num voo com destino à cidade turca de Istambul.

Em março do mesmo ano, foram divulgadas imagens de câmaras de videovigilância que mostram as três raparigas britânicas numa estação de autocarros em Istambul.

As imagens mostravam as três jovens a entrar num terminal de autocarros na zona de Bayrampasa de Istambul, o lado europeu da cidade, depois de terem apanhado o metro do aeroporto.

Os dados recolhidos através das câmaras de videovigilância mostram que as três raparigas britânicas esperaram cerca de 18 horas no terminal, antes de apanharem o autocarro para a cidade turca de Sanliurfa, perto da fronteira com a Síria.

A polícia acredita que as três amigas, que frequentam uma instituição de ensino na zona leste de Londres, terão fugido para ingressar no grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico.

“Existe claramente uma vaga de encorajamento por parte de vários grupos na Síria para atrair a atenção e seduzir jovens, tanto rapazes como raparigas”, afirmou Walton, em declarações à AFP.

“Por definição, são os mais vulneráveis que estão a ser atraídos, mas estas raparigas não eram, obviamente, vulneráveis. Alguma coisa, em algum lugar, aconteceu para terem pensado que era uma boa ideia irem para a Síria“, reforçou.

No início de 2016, as três jovens foram localizadas em Raqqa.

Não se conhece o paradeiro de Shamima Begum e Amira Abase, sendo presumível que estejam casadas com militantes do Estado Islâmico – destino habitual das jovens ocidentais que se juntam à organização.

A fuga das três adolescentes, estudantes de um colégio de elite no sul de Londres, chocou as suas famílias e a opinião pública do Reino Unido – não apenas pelas falhas de segurança que permitiram a sua fuga, mas pela aparente falta de motivo para a sua radicalização.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • Estou a chorar baba e ranho. Alguém tem um lenço? A Irmandade Muçulmana (não, não se limita ao Egito) criou os “moderados” (animal mitológico artificial) após a “libertação” da colónias francesas, belgas e até britânicas com o fito de os tornar “compatíveis” com a sociedade ocidental e poderem ingressar nelas (e não só) sem restrições. Desde há uns anos os pregadores-de-mesquita formadores da geração nº 4,5… viraram o disco para o islão sem disfarce. Aquele dos vídeos, que é o também original. Eis um produto dessa formação. Os chamados “moderados” até se calhar acreditaram na sua versão da formatação. Foram penetras úteis e cumpriram a sua missão: Reproduziram-se à coelhinho. Agora é a vingança há muito planeada.

RESPONDER

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …