Polícia britânica à procura de três jovens que estarão nas fileiras jihadistas

Metropolitan Police

As três jovens britânicas desaparecidas: Shamima Begum, de 15 anos, Kadiza Sultana, de 17 anos, e uma terceira rapariga de 15 anos, cujo nome não foi divulgado a pedido da família.

A unidade antiterrorismo da polícia britânica lançou hoje um apelo para tentar encontrar três raparigas que terão possivelmente viajado para a Síria para integrar as fileiras “jihadistas”.

Richard Walton, chefe da unidade de antiterrorismo da polícia metropolitana britânica, afirmou que estas movimentações de jovens são “uma tendência crescente”, acrescentando estar “extremamente preocupado” com o bem-estar das raparigas.

A polícia britânica divulgou imagens de Shamima Begum, de 15 anos, Kadiza Sultana, de 17 anos, e de uma terceira rapariga de 15 anos, cujo nome não foi divulgado a pedido da família, que deixaram as suas casas em Londres na terça-feira e embarcaram num voo com destino à cidade turca de Istambul.

A polícia acredita que as três amigas, que frequentam uma instituição de ensino na zona leste de Londres, terão seguido o exemplo de um dos seus amigos, que fugiu em dezembro passado para ingressar no grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico.

“Existe claramente uma vaga de encorajamento por parte de vários grupos na Síria para atrair a atenção e seduzir jovens, tanto rapazes como raparigas”, afirmou Walton, em declarações à agência francesa AFP.

“Por definição, são os mais vulneráveis que estão a ser atraídos, mas estas raparigas não eram, obviamente, vulneráveis. Alguma coisa, em algum lugar, aconteceu para terem pensado que era uma boa ideia irem para a Síria“, reforçou.

As autoridades britânicas acreditam que as três raparigas terão recebido algum apoio para planear a viagem, mas não sabem a extensão desse mesmo apoio, como por exemplo se terão recebido apoio financeiro.

Um relatório lançado em finais de janeiro referiu que 550 mulheres ocidentais terão viajado para integrar as fileiras ‘jihadistas’ no Iraque e na Síria.

O documento, da responsabilidade do Instituto para o Diálogo Estratégico (ISD), com sede em Londres, indicou que as mulheres ocidentais que se juntam ao EI são atraídas pela mesma paixão ideológica que muitos dos homens recrutados e que devem ser vistas como “chefes de claque” potencialmente perigosas e não vítimas.

Estas mulheres viajam para o Iraque e Síria para se casar, serem donas-de-casa e ter filhos, mas também acabam por assumir outro papel de grande influência.

Apesar de serem impedidas de combater, muitas destas mulheres são ativas propagandistas da causa nas redes sociais, celebrando a brutal violência dos militantes do EI e agindo como sargentos recrutadores e mesmo encorajando ataques no estrangeiro, indica o relatório.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Não são só os lagartos. Os jacarés também são capazes de regenerar a sua cauda

Os jovens jacarés americanos (Alligator mississippiensis) têm a capacidade de regenerar as suas caudas até 18% do comprimento total do seu corpo, concluiu uma nova investigação da Universidade Estadual do Arizona, nos Estados Unidos. "O que …

"Morri no Paralelo79N". Diário revela as últimas horas de um explorador que morreu sozinho na Gronelândia

Os investigadores analisaram a última entrada do diário de explorador polar do século XX, Jørgen Brønlund, incluindo uma curiosa mancha negra, escrita antes de morrer sozinho no nordeste da Gronelândia, descobrindo o que lhe aconteceu …

Cybershoes. O problema de andar em Realidade Virtual pode já ter uma solução

Um dos problemas com os jogos de Realidade Virtual é que, normalmente, as experiências são definidas numa escala maior do que uma sala de estar. Assim, o jogador acaba por ter de ficar numa parte …

"Um tsunami de dívidas". O mundo deve a si mesmo 277 mil milhões de dólares

Prevê-se que até ao final deste ano, a dívida da economia mundial atinja os 277 mil milhões de dólares. A pandemia de covid-19 é um dos fatores responsáveis. A pandemia de covid-19 não só está a …

Empresas podem negar trabalho a quem não se quiser vacinar

"É obviamente possível" que as empresas evitem contratar um trabalhador se não quiserem ser vacinadas contra a covid-19. A presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE), Christa Schweng, admitiu a possibilidade de uma empresa se …

"A Suitable Boy". Um beijo numa série da Netflix provocou um escândalo (social e político) na Índia

A Netflix está a enfrentar uma reação negativa na Índia por causa de uma cena de um beijo entre duas personagens na série A Suitable Boy ("Um bom partido"). O partido no poder já pediu …

Irmãos transformaram 7 linhas de código num império de 36 mil milhões de dólares

Patrick e John Collison são dois jovens empreendedores irlandeses que fundaram a Stripe, uma empresa que criou uma solução alternativa para os pagamentos online, avaliada em 36 mil milhões de dólares. Em vez de construirem soluções …

ECDC. Portugal terá "níveis muito baixos" de novos casos se mantiver restrições

Se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de covid-19. O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), criado com a missão de ajudar os …

Com apenas 14 anos, Xiaoyu é o adolescente mais alto do mundo. Mede 2,21 metros

Ren Keyu nasceu na China a 18 de outubro de 2006, e no dia em que comemorou o seu 14º aniversário recebeu também o título do Guinness World Records do adolescente mais alto do mundo, …

Jerónimo "não está a prazo" no PCP (e vai continuar a negociar com o PS)

O PCP continua disponível para negociar com o PS, mas não a troco de nada. Quanto ao quinto mandato consecutivo enquanto secretário-geral do partido, Jerónimo avisou, este domingo, que não está "a prazo". No discurso de …