/

Montepio prepara-se para dispensar 800 trabalhadores

2

O jornal Eco avança esta terça-feira que o Banco Montepio se prepara para dispensar 800 trabalhadores, cerca de 20% do pessoal.

Segundo o jornal de economia, o banco prepara-se para pedir ao Governo o estatuto de empresa em reestruturação e, alicerçado nesta medida excecional prevista na lei laboral, abre a porta a uma saída de 20% do pessoal.

A redução dos trabalhadores custará ao banco cerca de 80 milhões de euros.

Contactados pelo Eco, o presidente do conselho de administração e o presidente da comissão executiva do Banco Montepio, Carlos Tavares e Pedro Leitão, responderam apenas que o banco “está a ajustar processos e a estudar a sua dimensão, tal como foi partilhado com os colaboradores e as respetivas estruturas”.

Outras fontes próximas garantiram contudo ao jornal que a a administração do Banco Montepio já informou o Banco de Portugal deste plano de reestruturação.

Recorrendo a este pedido, o banco pretende flexibilizar acordos com trabalhadores com vista a uma rescisão amigável, mantendo estes o direito ao subsídio de desemprego.

Em junho, o banco tinha anunciado já o encerramento de 31 balcões.

No primeiro semestre, registou prejuízos de mais de 50 milhões de euros.

  ZAP //

2 Comments

  1. Aqui está o resultado do belo serviço que o Tomas Correria e do seu amigo padre Vítor Melícias prestaram ao Montepio e a razão pela qual não queriam largar o tacho!…

  2. ainda gostava de saber quanto ganha cada admistreadores e afins
    se querem reduzir a divida é começar a reduzir os ordenados chorudos dos “donos”
    com certeza ainda querem dinheiro dos contribuintes

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.