Ministro demitido culpa filho de Bolsonaro

Tânia Rêgo / Agência Brasil

O ex-ministro da secretaria-geral da Presidência do Brasil, Gustavo Bebianno, afirmou esta quarta-feira que o filho do Presidente brasileiro Carlos Bolsonaro foi o responsável pela sua exoneração do governo.

Numa entrevista à rádio Jovem Pan, Bebianno criticou a postura do filho do chefe de Estado, chegando mesmo a afirmar que foi “demitido por Carlos Bolsonaro” e que este “inflamou a cabeça do pai”.

A minha indignação é ter servido como um soldado leal, disposto a matar e morrer, e, no fim da linha, ser crucificado, tendo levado um tiro nas costas, sendo chamado de tudo o que há porque o senhor Carlos Bolsonaro fez macumba psicológica na cabeça do pai. Eu não posso admitir isso, não é correto”, declarou o ex-governante

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que demitiu na segunda-feira o ministro da secretaria-geral, Gustavo Bebianno, afirmou, num vídeo partilhado nas redes sociais, que o motivo da exoneração deveu-se a “diferentes pontos de vista sobre questões relevantes”.

Porém, Gustavo Bebianno garante que Jair Bolsonaro “sofreu” com a sua exoneração: “Tenho a certeza de que ele tomou essa decisão com uma dose grande de sofrimento. Eu sempre vi nos olhos dele um grande carinho por mim”, afirmou à rádio Jovem Pan.

As críticas do ex-ministro ao filho do chefe de Estado foram constantes ao longo da entrevista, tendo Bebianno declarado que Carlos “coleciona inimigos”. “Se o Carlos fosse meu filho, eu estaria preocupado, porque ele coleciona inimigos”, afirmou, acrescentado que este “vive de teorias da conspiração, vive dentro de uma caixa”.

Bebianno relatou ainda que foi “diversas vezes” agredido verbalmente por Carlos, que é também vereador no Rio de Janeiro, no decorrer da campanha presidencial de 2018.

Apesar de ter sido exonerado, Gustavo Bebianno frisou que não tenciona atacar o chefe de Estado do Brasil, classificando-o como “um homem correto”. “Tenho caráter, não vou atacar o nosso Presidente, que é um homem correto”, acrescentou convicto de que o atual governo vai resultar.

Apesar de Gustavo Bebianno estar alegadamente envolvido em transferências monetárias relacionadas com “candidatos fantasma”, Bolsonaro afirmou que continua a acreditar na “seriedade” do agora ex-ministro.

Bebianno tornou-se o primeiro governante a deixar o executivo de Bolsonaro, após ter sido o protagonista da primeira crise que o atual governo enfrenta.

Na última semana, o jornal brasileiro Folha de S. Paulo noticiou que o Partido Social Liberal (PSL), de Bolsonaro, atribuiu 400 mil reais (95 mil euros) a uma candidata a deputada federal em Pernambuco três dias antes das eleições e que teve apenas 274 votos. Segundo o mesmo jornal, o dinheiro terá sido entregue à candidata a pedido do agora demitido Gustavo Bebianno, que, à data, era presidente do PSL.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “macumba psicológica”
    Hahahaaaaa…
    Ai Brasil, Brasil…
    O que se pode esperar de um governo cheio de fanaticos religiosos/doentes mentais?!

RESPONDER

Dos pés de Cancelo para a cabeça de Bernardo Silva. City ganha na Champions com um golo 100% português

Os internacionais portugueses João Cancelo e Bernardo Silva foram fundamentais para a vitória do Manchester City sobre o Borussia Monchengladbach (2-0), na primeira mão dos oitavos da Liga dos Campeões, com ação direta nos dois …

"População não interiorizou a gravidade da situação". Depois de Siza, Cabrita aponta o dedo aos portugueses

Num relatório sobre a aplicação do decreto do estado de emergência na segunda quinzena de janeiro, Eduardo Cabrita justifica o fecho das escolas e o fim das vendas ao postigo, culpando a população pelas decisões …

Esta época há menos 500 clubes. "É o drama absoluto", diz presidente da FPF

Esta época há menos 500 clubes em comparação com a temporada transata. O presidente da FPF, Fernando Gomes, classifica a situação de "drama absoluto". A pandemia de covid-19 e a consequente interrupção das competições foi um …

Psicólogos no recrutamento e mudanças na formação. IGAI quer acabar com discriminação na polícia

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) quer envolver psicólogos no processo de recrutamento de novos polícias e rever os currículos de formação para acabar com práticas discriminatórias nas forças de segurança. As alterações no processo de …

Coleção de joias da era Viking é encontrada na Ilha de Man. É "excecionalmente rara"

Uma coleção de joias da era Viking foi encontrada na Ilha de Man, entre Inglaterra e a Irlanda, em novembro de 2020 e foi agora classificada como tesouro. Os especialistas acreditam que os artefactos, descobertos …

“As brasileiras são mercadoria". Professor da UP suspenso por comentários machistas e xenófobos nas aulas

Após uma denúncia que reuniu assinaturas de mais de uma centena de alunas, o professor auxiliar Pedro Cosme da Costa Vieira foi suspenso pelo período máximo de 90 dias, da Faculdade de Economia da Universidade …

Houve buzinão na Luz (mas sem "carinho"). Jesus culpa covid-19 pela crise do Benfica

Algumas dezenas de adeptos protestaram junto ao Estádio da Luz com um buzinão, entre gritos de "Rua Vieira" devido aos maus resultados do Benfica. Antes disso, Jorge Jesus tinha apelado a um "buzinão de carinho" …

Marcelo remete diretamente para o Governo limites ao ruído nos prédios

O chefe de Estado incluiu o detalhe "decreto-lei do Governo", no novo decreto para a renovação do estado de emergência, para permitir que o Executivo limite o ruído nos prédios. No último decreto que executou o …

Clubes ingleses decidiram: não há público, acabou a época

Decisão não afeta a Premier League mas antecipa o final de quatro divisões do futebol inglês. Na época passada os campeonatos também não chegaram ao fim. Muitos dos campeonatos não-profissionais (em várias modalidades) estão parados, não …

Cães podem ter consciência corporal tal como os humanos

Os cães podem não ser capazes de se reconhecer em frente a um espelho, mas isso não significa que não tenham um certo nível de autoconsciência. De acordo com o site Science Alert, um novo estudo …