Suspeitas de fraude eleitoral ditam a primeira baixa no Governo de Bolsonaro

Marcelo Sayao / EPA

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, demitiu nesta segunda-feira o ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno, alegadamente envolvido em transferências monetárias relacionadas com “candidatos fantasma”, naquela que é a primeira baixa do executivo que está em funções desde janeiro.

“O Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, decidiu exonerar hoje, do cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno Rocha. O Presidente da República agradece a sua dedicação à frente da pasta e deseja sucesso na sua nova caminhada”, declarou o porta-voz da Presidência brasileira acrescentando que a demissão de Bebianno é do “foro íntimo” do chefe de Estado. Segundo o porta-voz, Otávio Rêgo Barros, o substituto será o general da reserva Floriano Peixoto Neto.

Gustavo Bebianno torna-se, assim, o primeiro governante a deixar o executivo de Bolsonaro, após ter sido o protagonista da primeira crise que o atual Governo enfrenta.

Na última semana, o jornal brasileiro Folha de S.Paulo noticiou que o Partido Social Liberal (PSL), de Jair Bolsonaro, atribuiu 400 mil reais (95 mil euros) a uma candidata a deputada federal em Pernambuco três dias antes das eleições e que teve apenas 274 votos. Segundo o mesmo jornal, o dinheiro terá sido entregue à candidata a pedido do agora demitido Gustavo Bebianno que, à data, era presidente do PSL.

A descoberta da transação colocou em causa a utilização de verbas públicas do fundo partidário para “candidaturas fantasma” no PSL, já que não foi comprovado como terá sido gasta a verba ou se a candidata beneficiada chegou a fazer campanha.

Na quarta-feira, Bolsonaro declarou numa entrevista à TV Record que Bebianno teria de “voltar às origens” se o seu envolvimento em atos ilícitos fosse provado e acrescentou que determinou à Polícia Federal investigar as suspeitas.

“Se estiver envolvido, logicamente, e responsabilizado, lamentavelmente o destino não pode ser outro a não ser voltar às suas origens. Em nenhum momento conversei com ele”, garantiu o Presidente brasileiro. Também um dos filhos de Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, envolveu-se na polémica, acusando Gustavo Bebianno de mentir.

Antes de este caso ter sido tornado público, outro membro do partido do Presidente brasileiro foi acusado de ter desviado verbas públicas em “campanhas fantasma”. A 10 de fevereiro, a Folha noticiou que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, terá organizado um esquema de quatro “candidaturas fantasma” em Minas Gerais com verbas públicas do PSL, num caso que está também sob investigação.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. é isso que dá criar uma demanda que não existe..Querem obrigar a ter 30 % de candidatas mulheres quando não existe esse interesse por parte das mulheres…Que burrice..

RESPONDER

Em pânico, os norte-americanos estão a comprar pintainhos para lidar com a pandemia

Todo o mundo está a ser afetado pela pandemia de covid-19, tendo os norte-americanos, inicialmente, corrido aos supermercados para comprar o máximo de papel higiénico possível. Porém, agora, o produto é outro. De acordo com o …

20 anos depois, aldeias no Peru ainda sofrem com derrame de mercúrio

Em junho de 2000, um camião derramou mercúrio, da mina de ouro Yanacocha, a maior da América Latina, em três aldeias do Peru. 20 anos depois, os moradores ainda sofrem as consequências deste acidente. Quando Francisca …

Caso BPP. Ex-banqueiro João Rendeiro acusado de nova burla

O Ministério Público (MP) acusou o ex-presidente e fundador do BPP, João Rendeiro, de mais um crime de burla qualificada no caso BPP, segundo avança o Correio da Manhã. A acusação relaciona-se, de acordo com o …

EUA "confiscam" na Tailândia 200 mil máscaras que iam para a Alemanha

A polícia de Berlim, na Alemanha, encomendou 200 mil máscaras cirúrgicas a uma empresa americana. Porém, foram "confiscadas" em Banguecoque, na Tailândia, e desviadas para os Estados Unidos. O ministro do Interior de Berlim considerou o …

Valência chega a acordo com Diogo Leite. Saída do FC Porto estará quase consumada

O Valência tem 20 milhões de euros para oferecer ao FC Porto em troca do defesa-central Diogo Leite, com quem já terá chegado a acordo. De acordo com o jornal desportivo A Bola, Diogo Leite já …

Jornais espanhóis fazem boicote às "conferências-farsas" do Governo

Os jornais espanhóis, como o Libertad Digital, o El Mundo, o ABC e o Vozpópuli, estão a boicotar as conferências de imprensa do governo de Espanha, acusando-o de filtrar as perguntas dos meios de comunicação. Tudo começou …

Número diário de óbitos desce em Espanha. Mais um campo de refugiados grego em quarentena

Em Espanha, o número diário de óbitos por infeção de covid-19 tem mantido uma tendência de subida. Já na Alemanha, há menos casos, mas mais mortes. Espanha continua a manter a tendência de descida do número …

Trump diz que o pior está para vir (mas admite aliviar restrições para ir à missa na Páscoa)

Este sábado, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitiu que o pior ainda está para vir e que ainda “vai haver muitas mortes". Depois, disse que está a pensar aliviar as restrições para permitir …

Covid-19. Mais 754 casos de infeção e 29 mortes em Portugal

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Deral da Saúde (DGS) este domingo, há 11.278 infetados por covid-19 em Portugal e 295 óbitos. O número de infetados por covid-19 subiu, este domingo, para um total …

Inspetores do SEF suspeitos de assassinar ucraniano foram identificados em carta anónima

Os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) suspeitos de assassinar um ucraniano no aeroporto de Lisboa foram identificados numa carta anónima enviada à Polícia Judiciária (PJ). De acordo com o semanário Expresso, a …