Há milhões de abelhas a morrer no Brasil (e isso é um aviso)

Carly & Art / Flickr

A morte em massa de abelhas devido aos químicos agrícolas já é há muito tempo uma preocupação no Brasil, onde, entre 1990 e 2016, o uso de pesticidas aumentou 770%, de acordo com a FAO, organização das Nações Unidas que acompanha o setor agrícola e alimentar.

Mas a eleição de Jair Bolsonaro, que já deixou claro que questões ambientais ou de saúde não o impedirão de abrir caminho aos grandes agricultores que o apoiaram na corrida à presidência, veio agravar ainda mais o cenário.

A mortandade verificada nos primeiros meses do ano – mais de 500 milhões de abelhas em quatro estados do sul do país – voltou a trazer a questão a lume, chamando-se a atenção para a elevada quantidade e variedade de pesticidas usados na agricultura brasileira, alguns deles proibidos noutras regiões do mundo, como a União Europeia (UE).

É o caso do Fipronil, que, de acordo com a Bloomberg, foi encontrado nas abelhas mortas. Este agroquímico, que está banido da UE e foi classificado como potencialmente cancerígeno pela Agência Ambiental dos EUA, é, no entanto, autorizado no Brasil. Segundo a Greenpeace, 40% dos pesticidas usados neste país são altamente tóxicos e 32% não são permitidos na UE.

Desde que Bolsonaro chegou ao Palácio do Planalto, foi atingido o recorde de pesticidas autorizados para venda – 290 – mais 27% do que no mesmo período do ano passado – e é de esperar que os limites ao tipo de químicos e tóxicos sejam ainda mais alargados.

A variedade de produtos é uma das questões que mais alarma os especialistas. “Quanto maior for o número, mais baixas as nossas hipóteses de segurança, porque não é possível controlá-los a todos”, disse à Bloomberg Silvia Cazenave, professora de toxicologia da Universidade de Campinas.

Teme-se o pior: uma produção agrícola inundada de pesticidas que contaminam a alimentação humana.

“A morte de todas estas abelhas é um sinal de que estamos a ser envenenados” disse ao site de notícias Carlos Alberto Bastos, presidente da Associação Apícola do Distrito Federal brasileira.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Brasil vem sendo envenenado pelos agrotóxicos, pela política Kaskitocracia, pela falta de homens com punhos de Brasão carregando em cima do pescoço uma cabeça!

RESPONDER

Governo do Brasil aponta início da vacinação entre janeiro e fevereiro

O ministro da Saúde do Brasil, Eduardo Pazuello, disse que o país vai começar a receber 15 milhões de doses de vacinas para a covid-19 entre janeiro e fevereiro de 2021, com mais cem milhões …

Solução para Novo Banco pode não passar por um OE retificativo, diz João Leão

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, disse que a alternativa à anulação da transferência de 476 milhões de euros para o Novo Banco não tem "necessariamente que passar" por um orçamento retificativo …

Plano de vacinação arranca em janeiro com três fases. 950 mil pessoas no primeiro grupo prioritário

Pessoas com mais de 50 anos com uma patologia frequente nos casos graves de covid-19, residentes e/ou internados em lares e profissionais de saúde integram o primeiro grupo prioritário para a administração da vacina de …

Segunda vaga de moratórias autorizada pela Autoridade Bancária Europeia

A Autoridade Bancária Europeia (EBA) autorizou a reabertura de moratórias de crédito, com efeitos a partir de 01 de outubro até 31 de março de 2021, dois meses após ter suspendido novas adesões. Num comunicado publicado …

Turquia alvo de críticas duras em reunião da NATO e em risco de sanções

A Turquia esteve esta quarta-feira sob um fogo de críticas na reunião virtual dos Ministros dos Negócios Estrangeiros (MNE) da NATO e, com a deceção manifestada pelos Estados Unidos, deve preparar-se para sanções económicas americanas …

O que Neymar mais quer é voltar a jogar com Messi. Só se vier a custo zero, diz o Barça

O internacional brasileiro Neymar, que alinha pelo PSG, confessou esta quarta-feira que o mais deseja é voltar a jogar com o astro argentino Lionel Messi, com quem partilhou balneário entre 2013 e 2017 no Barcelona. …

Ministro da Administração Interna e procuradora-geral da República vão ser ouvidos no Parlamento

Eduardo Cabrita será ouvido sobre o caso do cidadão ucraniano assassinado nas instalações do SEF e Lucília Gago sobre a "recente diretiva sobre os poderes hierárquicos" na magistratura do Ministério Público. A comissão de Assuntos Constitucionais …

Portugal regista mais 79 mortos e 3.772 novos casos de covid-19

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais 79 mortos relacionados com o novo coronavírus, que provoca a covid-19, e 3.772 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

França investiga 76 mesquitas por suspeita de radicalização islâmica

A França vai investigar nos próximos dias 76 mesquitas por suspeitas de radicalização islâmica, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior do país, Gerald Darmanin. Trata-se de 16 templos na região de Paris e 60 no …

Medidas estão a dar resultados. Novas regras apresentadas sábado vão vigorar até 7 de janeiro

O primeiro-ministro afirmou que as medidas adotadas estão a produzir resultados, havendo uma trajetória descendente de novos casos de covid-19, mas advertiu que janeiro é mês de risco e as restrições não podem ser aliviadas. Esta …