Hospital Psiquiátrico Miguel Bombarda vai ser usado para arrendamento acessível

thedearze / Flickr

Hospital Miguel Bombarda

Vários imóveis públicos estão a ser reabilitados em todo o país para poderem ser arrendados. Dirigem-se à classe média e terão rendas acessíveis. Ainda não há prazo para medida entrar em vigor.

O Governo anunciou esta quinta-feira a inclusão de 29 imóveis do Estado, entre eles o antigo e emblemático hospital psiquiátrico Miguel Bombarda, Lisboa, num fundo para futura reabilitação e arrendamento por parte da classe média portuguesa. O Miguel Bombarda foi o primeiro hospital psiquiátrico português e foi encerrado em 2011.

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, descreveu a medida, complementar ao Programa de Arrendamento Acessível, em vigor desde 1 julho e destinado aos imóveis privados, em conferência de imprensa, após a reunião do Conselho de Ministros.

“É um programa que utiliza imóveis públicos que estavam devolutos, portanto sem utilização, alguns deles há muitos anos. Só significavam despesa para o Estado. Aquilo que nós decidimos fazer é o óbvio que nunca tinha sido feito. Recuperar imóveis devolutos de diferentes ministérios – Finanças, Defesa, Administração Interna, antigos hospitais e quartéis – que integraremos no Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado (FNRE). Serão reabilitados e colocados para arrendamento acessível dirigido à classe média”, disse.

Segundo Pedro Nuno Santos “esta reabilitação” é financiada “através da participação do Fundo de Estabilização Financeiro da Segurança Social (FEFSS) neste FNRE”. “Casamos dois objetivos: assegurar a taxa de rentabilidade mínima que o FEFSS tem de ter nos seus investimentos, que são 4%, mas ao mesmo tempo conseguirmos também garantir que tenhamos habitação a rendas acessíveis para a classe média”, afirmou.

Além do antigo hospital Miguel Bombarda (área de 44 mil metros quadrados), também o lisboeta quartel do largo Cabeço da Bola (13 mil metros quadrados) está incluído no pacote imobiliário em causa, assim como outros edifícios em Porto, Tavira, Gaia, Sintra, Coimbra, Loures, Vila Franca de Xira, Évora, Portalegre, Guarda ou Figueira da Foz.

O decreto-lei governamental aprova o Plano de Oferta Pública de Imóveis para Arrendamento Acessível através da integração do património imobiliário do Estado ou da celebração de protocolos com o Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), com a inclusão de mais apartamentos ou moradias, neste último caso, localizados igualmente um pouco por todo o país.

“Nada impedirá também que o próprio IHRU possa arrendar diretamente estes imóveis e depois subarrendar a preços mais baixos se o preço definido pelo fundo não é satisfatório do ponto de vista da classe média”, continuou o responsável pela tutela.

O executivo socialista aprovou ainda outro decreto-lei que estabelece o regime aplicável à reabilitação de edifícios e frações autónomas.

“Aquilo que fizemos foi revogar um regime excecional e temporário para a reabilitação dos edifícios que dispensava uma série de normas técnicas de construção muito importantes. Adotámos um conjunto de novas regras que transformará a reabilitação na regra. Esta mudança de paradigma na nossa construção é muito importante. Precisamos que o país adote a reabilitação como regra e permita substituir uma tendência dos últimos anos de uma não verdadeira reabilitação, que se limita a manter a fachada”, afirmou.

O ministro remeteu quaisquer metas de prazos de concretização e do número de fogos que serão disponibilizados para arrendamento no mercado com esta iniciativa para a fase posterior da reconstrução de cada um dos imóveis escolhidos.

“Temos de ser muito cautelosos quando assumimos prazos com os cidadãos porque o pior que acontece na democracia é quando nós não os cumprimos e há uma quebra na relação. Não me quero estar a comprometer com prazos que dependerão da avaliação e dos projetos que os especialistas vão fazer. Sou economista, não sou engenheiro nem arquiteto. Mesmo que fosse, iria ter de aceder aos imóveis, estudá-los, fazer o projeto. Isso é que nos permitirá dizer para um imóvel destes demora ‘x’ tempo a fazer, a empreitada demora mais ‘y’ tempo a fazer?”, justificou.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Recurso de Sócrates distribuído a Rangel foi redigido por Fátima Galante

Um recurso de José Sócrates, no âmbito da Operação Marquês, distribuído em 2015 ao juiz Rui Rangel, foi, afinal, redigido pela desembargadora Fátima Galante, sua mulher, revela a acusação da Operação Lex. Segundo a acusação do processo …

Filme sobre Snu Abecassis e Francisco Sá Carneiro estreia na RTP1

Snu, a produção realizada por Patrícia Sequeira e lançada nos cinemas portugueses em março do ano passado, chega à RTP1, esta segunda-feira (21), às 22h30. O filme retrata a história romântica de Snu Abecassis e …

Há mais recuperados do que apontam os dados oficiais

A diretora-geral da Saúde admitiu esta segunda-feira que o número de doentes recuperados de covid-19 é superior ao apontado pelos dados oficiais, disponibilizados no boletim diário da DGS, por atrasos na notificação. “Sabemos que há mais …

E agora, o Famalicão-Benfica em versão musical

Senhoras e senhores, bem-vindos à CoronaLiga 2020/2021. Não é ao mambo número cinco. O Lou Bega não sabe o que está a dizer. Ou a cantar. David Lubega. Talvez muita gente não saiba que nasceu em …

StayAway Covid conta mais de um milhão de utilizadores

StayAway Covid, a aplicação móvel que permite rastrear as redes de contágio de covid-19, já foi descarregada por mais de um milhão de pessoas, 19 dias após o seu lançamento. O administrador do Instituto de Engenharia …

Bielorrússia. 440 pessoas detidas violentamente após se juntarem na "marcha da justiça"

Mais de 440 pessoas foram detidas no domingo em várias cidades da Bielorrússia por participarem em protestos contra o Presidente do país, Alexander Lukashenko, informou esta segunda-feira o Ministério do Interior bielorrusso. Em todo o país, …

"Sim" vence referendo para reduzir um terço dos deputados em Itália

O “sim” à redução em um terço dos deputados em Itália venceu o referendo realizado no domingo e hoje com 60% a 64% dos votos, segundo sondagens à boca das urnas citada pela agência Lusa. O …

Depois de vários boicotes à atividade de Navalny, Supremo dissolve o seu partido político

O Supremo tribunal da Rússia dissolveu hoje o partido político "A Rússia do Futuro", fundado pelo líder da oposição Alexei Navalny, hospitalizado na Alemanha após ser envenenado com o agente neurotóxico Novichok, de acordo com …

"Solução Milagrosa" também é vendida em Portugal para tratar covid-19. Infarmed avisa que é "uma lixívia"

A Solução Mineral Milagrosa, ou MMS, está também a ser vendida em Portugal como tratamento para a covid-19, tal como tem acontecido noutros países. Mas o Infarmed alerta que este produto é, basicamente, "uma lixívia" …

Carlos César defende que o próximo PR deverá ser um "contribuinte de estabilidade política"

O presidente do PS, Carlos César, disse hoje que o próximo chefe de Estado português deve ser um "contribuinte da estabilidade política", atuando "contra todos os extremismos" e valorizando as autonomias da Madeira e Açores. Carlos …