//

Mickey, Minnie e Pato Donald queixam-se de serem tocados de “forma imprópria” nos parques da Disney

Funcionários dos parques temáticos da Disney têm-se vindo a queixar de serem tocados de forma “imprópria” por visitantes, normalmente depois de estes pedirem para tirar fotografias com eles.

Três funcionários, que se vestem de Rato Mickey, Minnie e Pato Donald, apresentaram denúncias no início deste mês, reclamando que os visitantes os tocaram de forma inadequada, de acordo com o jornal norte-americano Orlando Sentinel.

Uma mulher, que se disfarça de Rato Mickey no Magic Kingdom, um dos quatro parques temáticos do Walt Disney World Resort, na Florida, foi hospitalizada após uma avó, que se encontrava de visita com a família, insistiu em bater vezes repetidas na cabeça do personagem. As pancadas fizeram a cabeça escorregar e terão provocado lesões no pescoço da funcionária.

Por outro lado, o genro da mulher acusada diz que ela mal tocou na funcionária e que não houve qualquer intenção de fazer mal, ao contrário do que terá insinuado o pessoal da Disney que a interrogou.

Noutro caso, um homem de 61 anos que tirou uma foto com a Minnie e a quem ela deu um abraço aproveitou a oportunidade para lhe apalpar o peito três vezes. A funcionária queixou-se, e no dia seguinte o homem, que é membro de um clube de férias Disney, passou a estar banido de todos os parques temáticos.

Num terceiro caso, uma mulher pediu um beijo ao Pato Donald. A funcionária acedeu, mas a mulher começou a tocar-lhe em diversas partes do corpo, desde os braços, peito, barriga e cara, e a funcionária começou a gritar para a afastar. A funcionária não apresentou queixa, uma vez que acreditava que a mulher sofria de demência.

Nenhum dos casos foi levado a tribunal e os responsáveis da empresa garantem que os seus funcionários têm à disposição recursos para proteger a sua integridade física, incluindo a presença de polícias.

  ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.