Melania Trump acredita ser a maior vítima de bullying do mundo

Khaled Elfiqi / EPA

A primeira-dama dos Estados Unidos afirmou nesta quinta-feira que não confia em algumas pessoas que trabalham na Casa Branca, revelando ainda que acredita ser uma das maiores vítimas de bullying de todo o mundo.

Na entrevista à ABC, Melania Trump foi questionada se desconfia de algumas pessoas que trabalham com o Presidente, respondendo afirmativamente, salientando que já comentou esse assunto com Donald Trump. “Algumas pessoas já não trabalham lá”, disse a primeira-dama, assegurando que não confia em algumas pessoas da atual administração.

Melania disse que “é mais difícil governar, pois é necessário guardar sempre as costas”, referindo-se a uma alegada falta de confiança no gabinete presidencial.

Em setembro, o The New York Times publicou uma coluna anónima assinada por um “alto funcionário do governo” na qual revelou a existência de um movimento interno na Casa Branca que trabalha na sombra, tentando conter algumas das decisões de Trump.

Na mesma entrevista, a primeira-dama destacou que é uma das pessoas que “mais sofre de bullying no mundo”, razão pela qual, explicou, criou a campanha Be Best (Seja Melhor), focada nas crianças e contra o assédio na Internet.

“Eu posso dizer que sou a pessoa que mais sofre de bullying no mundo. Basta ver o que as pessoas escrevem sobre mim nas redes sociais”, lamentou Melania, na entrevista que deu durante a sua deslocação a África.

Desde que chegou à Casa Branca que Melania fez do combate ao bullying uma das suas principais bandeiras. A iniciativa, contudo, nem sempre foi bem recebida, tendo mesmo a primeira-dama ter sido acusada de plagiar a iniciativa da anterior, Michelle Obama.

A primeira-dama americana visitou recentemente o Gana, Malawi, Quénia e Egito, naquela que foi a primeira visita sem o marido desde a chegada dos dois à Casa Branca.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

85% dos medicamentos estão em falta na Venezuela

A Federação Farmacêutica Venezuelana (Fefarven) informou hoje que estão em falta 85% dos medicamentos que se comercializam no país. A denúncia surgiu um dia depois de o Governo venezuelano estabelecer preços fixos para 56 medicamentos, durante …

Obrigar as crianças a beijar os avós é mesmo uma "violência"

O professor universitário Daniel Cardoso pôs o país a discutir se é ou não uma violência obrigar as crianças a beijar os avós. Uma posição que é defendida por inúmeros especialistas e que nem sequer …

Cidade da Maia testa passadeira 3D

O município da Maia está a testar a colocação de passadeiras 3D, cujo objetivo é criar uma ilusão de ótica que faz os condutores abrandar quando se aproximam, descreveu hoje a autarquia. Em causa está, de …

Portugal recebe em novembro cerca de 150 refugiados que estão no Egito

Portugal vai receber, em novembro, cerca de 150 refugiados que estão no Egito, primeiro grupo de mais de mil pessoas que vão ser reinstaladas em Portugal até 2019, disse hoje o ministro da Administração Interna. "Vamos …

Crianças até 2 anos são as que mais usam apps

Mais de metade das crianças com menos de 8 anos usa aplicações como entretenimento e as crianças que mais usam os dispositivos eletrónicos têm até 2 anos. Segundo o estudo "Happy Kids: Aplicações Seguras e Benéficas …

Abstenção galopante alastra-se à faixa dos 30-44 anos

A abstenção aumentou de forma galopante em Portugal, dos 8,1% em 1975 para os 44,2% nas legislativas de 2015, e a tendência está a alastrar das gerações mais jovens para a faixa dos 30 aos …

Descida da propina vai retirar bolsas a alunos carenciados. Medida "demagógica e perversa"

A descida do valor máximo da propina poderá significar o fim da bolsa para muitos alunos carenciados, alertou o reitor da Universidade Nova de Lisboa, que considera a medida ''demagógica e perversa''. Segundo a proposta de …

Hugo Abreu caiu da viatura e “não se mexeu mais”. Instrutor dos comandos viu e ignorou

Rodrigo Seco afirmou que, no decurso da Prova Zero, os dois instrutores desvalorizaram os sintomas de mal-estar, sinais de cansaço e ignoraram os vários pedidos dos instruendos para que pudessem beber água. Um dos instruendos do …

Nunes da Fonseca é o novo Chefe do Estado-Maior do Exército

O tenente-general José Nunes da Fonseca é o escolhido para suceder ao general Rovisco Duarte como Chefe do Estado-Maior do Exército. Rovisco Duarte demitiu-se no âmbito do caso do roubo de armas em Tancos. O nome …

Raspadinha rende mais de 100 milhões à Segurança Social

No próximo ano, a Segurança Social vai receber um montante na ordem dos 225 milhões provenientes dos jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. A Segurança Social irá receber, no próximo ano, cerca de 225 …