Há médicos “nos cuidados intensivos” e a falta de equipamento de proteção é “crítica”

Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, adiantou que há médicos internados em “situações complicadas” e que a falta de equipamento de proteção individual é “absolutamente crítica”.

Em entrevista à Rádio Observador esta segunda-feira, Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, sublinhou a necessidade de reforço dos equipamentos de proteção individual (EPI) dos médicos e restantes profissionais de saúde.

“A situação dos equipamentos de proteção individual neste momento é absolutamente crítica. Há duas situações críticas, uma é esta, outra será a questão da disponibilidade de ventiladores de cuidados intensivos caso a epidemia continue a ter a evolução que pode vir a ter”, adiantou o responsável.

Em relação aos ventiladores, a sociedade civil poderá ter um papel muito importante: “é importante que a sociedade civil se associe, há ventiladores a preços simpáticos”, apelou o bastonário, referindo que  é “fundamental reforçar amplamente a capacidade dos cuidados intensivos”.

“Temos camas e conseguimos ampliar o número de camas [de cuidados intensivos], o setor privado também tem muitas camas. É necessário ampliar o número de camas de cuidados intensivos [equipadas com todo o material necessário] para que todos os portugueses que precisem de aceder a cuidados intensivos os possam ter”, disse.

Já no que toca à reserva de dois milhões de máscaras que o Governo diz ter, o profissional diz que se “gastam em dois dias”, acrescentando que “precisamos de muitos milhões de máscaras”.

O responsável notou que, nos próximos dias, chegará a território nacional um avião, vindo da China, carregado com material de proteção individual para os profissionais de saúde que poderá “trazer tranquilidade”.

O bastonário não adiantou números, mas, durante a entrevista, disse que há neste momento “muitos médicos infetados, alguns até internados“. “Há alguns médicos internados, com situações complicadas. Há médicos nos cuidados intensivos também. O número de pessoas que está nos Cuidados Intensivos neste momento é um número elevado e isso inclui também médicos. O vírus ataca pessoas de qualquer profissão.”

Para evitar que esta situação que os profissionais de saúde vivem se continue a verificar, Miguel Guimarães sublinhou, novamente, a importância do reforço do material de proteção. “É uma aposta essencial, o próprio ministério da Saúde já o reconheceu e está a fazer um esforço para comprar o máximo material possível.”

Além disso, defendeu ainda um sistema rotativo para proteger estes profissionais. “Os profissionais deviam estar a fazer escalas rotativas, 15 dias a trabalhar – em turnos de 6 ou 12 horas – e depois 15 dias a descansar.”

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Costa dá guião a deputados do PS sobre bazuca e promete plano nacional

António Costa reuniu-se com deputados do PS para elucidar sobre a aplicação da bazuca europeia. O primeiro-ministro prometeu um plano nacional para os setores mais afetados. Com as eleições autárquicas à porta e 16 mil milhões …

"Mini cérebros" criados em laboratório sugerem mutação que revolucionou a mente humana

A mudança de uma única letra no nosso código genético pode ter desencadeado um novo nível de função cerebral em humanos modernos, sugere um novo estudo. Como é que nós, humanos, nos tornamos o que somos …

6% da população já recebeu uma dose da vacina. 3% tem a vacinação completa

Portugal já vacinou 603.486 pessoas com a primeira dose da vacina contra a covid-19, com 168.798 a serem vacinadas na última semana, das quais 265.281 pessoas já têm a vacinação completa, informou o Ministério da …

Costa avisa: "A ideia de que as tragédias não se repetem é uma ideia falsa"

O primeiro-ministro fez, esta terça-feira, um veemente apelo à manutenção da disciplina individual para a contenção da covid-19, dizendo que Portugal não pode esquecer o que aconteceu no mês de janeiro. "Apelo ao sentido cívico de …

Marta Temido admite professores e funcionários prioritários na vacinação

A ministra da Saúde, Marta Temido, admitiu esta terça-feira que "está a ser analisada" a possibilidade de vacinar os professores e funcionários de escolas no arranque do desconfinamento.  Esta terça-feira à noite, numa entrevista à SIC, …

Explosão em centro de testes nos Países Baixos. Polícia suspeita que tenha sido "intencional"

O centro regional de testes do conselho de saúde em Bovenkarspel, nos Países Baixos, foi atingido por uma explosão na manhã desta quarta-feira. De acordo com os media locais, que citam a polícia holandesa, a explosão …

A maior parte da vida na Terra vai desaparecer por falta de oxigénio em mil milhões de anos

A previsão dos cientistas é catastrófica: dentro de mil milhões de anos, a atmosfera da Terra vai ter pouquíssimo oxigénio, tornando inabitável a vida aeróbica complexa. No início da história da Terra, os níveis de oxigénio …

Rio faz depender desconfinamento de indicadores (e não da data). Mas plano "já podia e já devia" existir

O presidente do PSD, Rui Rio, voltou esta terça-feira a fazer depender o desconfinamento do país de indicadores a definir pelos cientistas, "independentemente de ser Páscoa ou não, de ser em março ou em abril". No …

Comissão de inquérito ao Novo Banco. Carlos Costa está incontactável

As audições da comissão de inquérito ao Novo Banco arrancam em 10 de março, uma primeira ronda na qual os deputados querem ouvir o antigo governador do Banco de Portugal Carlos Costa, que o Parlamento …

Computador quântico resolve problema 3 milhões de vezes mais rápido do que um computador clássico

Uma equipa de cientistas da empresa de computação quântica D-Wave demonstrou que consegue simular alguns materiais até três milhões de vezes mais rápido do que com os métodos clássicos. Os cientistas, com a ajuda de investigadores …