/

Fauci revela que uso de máscara está a ser revisto nos EUA para pessoas vacinadas

niaid / Flickr

Um dos principais peritos em doenças infecciosas da Casa Branca, Anthony Fauci

Anthony Fauci, conselheiro de saúde da Casa Branca, disse que os Estados Unidos estão a estudar a possibilidade de levantar a obrigatoriedade do uso de máscara para pessoas vacinadas contra a covid-19.

Este domingo, Anthony Fauci revelou que as autoridades norte-americanas estão a estudar a possibilidade de levantar as restrições de uso de máscara para pessoas vacinadas contra a covid-19.

À CNN, o conselheiro de saúde da Casa Branca disse que “é algo que ainda está a ser analisado”, lembrando que os estados norte-americanos e os seus governos locais podem vir a emitir regras próprias, sob a supervisão do Centers for Disease Control and Prevention (CDC).

Los Angeles e Saint Louis, por exemplo, voltaram a tornar obrigatório o uso de máscara em espaços fechados. Outras cidades estão a ponderar a mesma solução, numa altura em que as infeções voltaram a subir nos 50 estados.

De acordo com os dados do CDC, mais de 162,7 milhões de norte-americanos (49%) já estão vacinados contra a covid-19. Na sua declaração, Fauci revelou que 97% dos internamentos e 99,5% das mortes estão a ocorrer entre pessoas não vacinadas.

Os Estados Unidos encontram-se numa “situação de crise desnecessária” de casos de covid-19 em ascensão, alimentados por norte-americanos não vacinados e pela variante Delta, acrescentou, citado pela Associated Press.

“Estamos a ir na direção errada”, sublinhou Fauci, descrevendo-se a si próprio como “muito frustrado”.

O responsável apelou a que se façam esforços nesta fase para minimizar o movimento anti-vacinas, encorajou a vacinação e enalteceu o esforço de dois republicanos neste sentido: Steve Scalise, representante do Louisiana, e Ron DeSantis, governador da Florida.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.