Caixa vai dispensar 2 mil trabalhadores

Mário Cruz / Lusa

Luis Marques Mendes

Luís Marques Mendes revelou que a Caixa Geral de Depósitos (CGD) vai sofrer “um plano de reestruturação muito exigente”, que inclui a dispensa de dois mil trabalhadores. 

No seu comentário semanal, Marques Mendes revelou que a dispensa de dois mil trabalhadores, que consta do plano de reestruturação que está a ser preparado, deverá ocorrer em três anos.

Finalmente, disse Marques Mendes, “vai haver um plano de restruturação muito exigente, com uma redução de pessoal muito significativa, de pelo menos dois mil trabalhadores, até 2019, através de rescisões amigáveis”.

“Isto é uma medida muito violenta. Espero que seja com compensações generosas, porque em três anos fazer uma redução desta natureza é socialmente muito violento”, explicou o social-democrata.

O comentador da SIC afirmou que este plano será levado a cabo pela nova administração, liderada por António Domingues, que “vai entrar em funções em julho” e terá sete membros executivos e 12 não-executivos.

“Entre os não-executivos haverá pelo menos dois que são ex-CEO de bancos estrangeiros”, descreveu o ex-líder social-democrata, acrescentando que este “conhecimento da banca estrangeira” poderá ser útil ao banco português.

Marques Mendes confirma ainda que “o valor do aumento de capital vai ser na ordem de quatro mil milhões, o que, a acrescentar aos dois mil milhões de euros anteriores, já dá seis mil milhões“.

Este valor refere-se ao último aumento de capital da Caixa de 2,4 mil milhões, elevando os aumentos de capital com dinheiro do Estado a 6,4 mil milhões.

Por fim, “a outra orientação desse plano de reestruturação é por via do encerramento ou venda de participadas que a Caixa tem no estrangeiro, designadamente em Espanha”, disse Marques Mendes.

“Sucursais, delegações lá fora serão para encerrar ou vender“, com exceção da presença da CGD em África.

ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Despedem quem trabalha e metem quem faz de conta que trabalhar a dar “consultadoria” a ganhar balurdios. Isto realmente nunca mais tem fim, somente c/ outra guerra p/ voltar á estaca zero.

  2. Para aumentar os honorários dos administradores há dinheiro! Depois despendem os trabalhadores… escumalha! Corruptos! Nojentos!

  3. Classe trabalhadora deste País, que paga Impostos…
    Ora mais uma notícia fantástica!!!
    Despedem-se funcionários, contratam-se parasitas, e tantos
    para uma coisa tão pequena !!!
    Salários dos 19 fantásticos, um deles ao que consta 46.000 € mês,
    eu deduzi já à longo tempo que essa caixeta tinha alguma na manga, cobram em comparação com outros, Taxas Euribor acima dos valores de referência, bem como os Spreds, etc. etc.
    Portanto mais uma da mente maravilhosa de quem nos governa, mais uma para parabéns a vocês.

  4. Não vai ser verdade certamente, para um governo que garantiu mais emprego e tanto condenou o anterior que por acaso até foi vítima da herança deixada por um governo socialista, não vão agora repetir a mesma dose e contradizer tudo o que prometeram ainda há bem pouco tempo e pelo contrário até parecem a estar a engrossar a equipa de gestores escolhidos a dedo para a CGD na área ideológica que sustenta o governo.

RESPONDER

Descoberta a causa da extinção em massa mais severa dos últimos 540 milhões de anos

A extinção em massa mais dramática nos últimos 540 milhões de anos eliminou mais de 90% das espécies marinhas e 75% das espécies terrestres da Terra. Mas qual foi a sua causa? Embora os cientistas tenham …

Este robô pode salvar agricultores de um inesperado assassino

O Grain Weevil é um robô criado por estudantes de engenharia que pode salvar a vida de de agricultores e dos seus familiares de um assassino inesperado: cereais. Se os agricultores não gerirem ativamente os seus …

Ferro Rodrigues arrasado por pedir deslocação "massiva" de portugueses a Sevilha para apoiar Selecção

Numa altura em que o Governo se prepara para anunciar um travão no desconfinamento devido ao aumento de casos de covid-19, Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, é duramente criticado por ter apelado à …

Certificado digital vai permitir livre circulação em todo o país

O Certificado digital Covid-19 da União Europeia vai também servir de "passaporte" em todo o país para cidadãos em determinadas situações, prevê o decreto-lei que o governo vai apresentar esta quinta-feira. Segundo apurou o jornal Público, …

covid, Lisboa

Travão no desconfinamento em todo o país. Porto à beira do alerta e Lisboa pode recuar 2 meses

Os números da pandemia de covid-19 "continuam a aumentar", reconhece Marta Temido numa altura em que o Governo deverá anunciar o travão no desconfinamento em todo o país. Mas a situação em Lisboa é mais …

Todos contra o Chega. Parlamento chumba projeto sobre enriquecimento injustificado

O Parlamento rejeitou projecto de lei de André Ventura sobre enriquecimento injustificado com os votos contra de todos os partidos, exceto do PAN, que se absteve, e da deputada Cristina Rodrigues. O projeto de lei de …

Canon obriga funcionários na China a sorrir para irem trabalhar

Os funcionários do escritório de Pequim da multinacional japonesa são avaliados por um sistema de inteligência artificial que determina se estão felizes o suficiente para trabalhar. A medida foi criticada por invadir a privacidade dos …

Cristiano Ronaldo é o terceiro jogador mais decisivo do Euro 2020 (atrás de um belga e de um italiano)

O italiano Marco Verratti, o belga Kevin de Bruyne e o português Cristiano Ronaldo são os três jogadores mais decisivos do Euro 2020 até agora, altura em que acabou a fase de grupos da prova. …

John McAfee encontrado morto em prisão espanhola

O criador do antivírus McAfee, John McAfee, foi encontrado morto esta quarta-feira na sua cela numa prisão espanhola, aparentemente por suicídio, horas depois de a justiça espanhola ter aprovado a extradição para seu país de …

PS nacional impõe filho de dinossauro do PSD como candidato à Maia. "Inexplicável e duvidoso"

Alguns dias depois da polémica com a escolha do candidato do PS à Câmara do Porto devido a divergências internas, há mais um caso semelhante na Maia. Teresa Almadanim retirou-se da corrida depois de ter …