Marinho e Pinto abandona MPT e vai criar novo partido

RTP / Flickr

Ex-bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho e Pinto, eleito eurodeputado pelo MPT

Ex-bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho e Pinto, eleito eurodeputado pelo MPT

O eurodeputado Marinho e Pinto, eleito pelo MPT, pretende criar um novo partido este ano e conta ter o processo pronto para entregar no Tribunal Constitucional até ao final de Outubro, disse esta quinta-feira o próprio à agência Lusa.

O programa será ainda elaborado no âmbito de uma reunião de fundadores, disse Marinho e Pinto, frisando que reúne apoiantes em todo o país, das mais variadas áreas.

Depois de aprovada a declaração de princípios e os estatutos com que se apresentará o novo partido — cujo nome deverá ser Partido Democrático Republicano —, serão recolhidas as assinaturas necessárias (7500) a submeter ao Tribunal Constitucional.

“Estamos a trabalhar na elaboração da declaração de princípios e do projecto de estatutos, e quando estiver concluído convocamos uma assembleia de fundadores para fazermos a aprovação”, afirmou o advogado, eleito nas últimas europeias pelo Movimento Partido da Terra (MPT).

O partido, acrescentou, terá como principal objectivo “contribuir para a resolução dos graves problemas” do país. “É um partido que irá pôr os interesses dos cidadãos acima dos interesses dos agentes políticos”, sublinhou. O nome será discutido e aprovado em reunião da assembleia constituinte, ainda não agendada.

O ex-bastonário da Ordem dos Advogados declarou ainda que o partido será constituído de acordo com as convicções de “um conjunto muito amplo de pessoas totalmente insatisfeitas com a situação que o país atingiu” e com o que classificou de “degenerescência das instituições democráticas e o apodrecimento que se verifica em muitas instituições da República”.

São essas pessoas “inconformadas” que querem “contribuir para uma nova forma de fazer política, com mais honestidade”, frisou, em declarações à Lusa por telefone.

A notícia da criação do novo partido foi avançada pela edição electrónica do jornal i, citando fonte próxima do eurodeputado.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Eu sou a 1ª na lista se me aceitarem mesmo aos 70 anos sou de lutas sérias tal como esse grande Sr. nunca estive filiada em Partidos de chacha e de mentirosos, Fui convidada sim aquando do inicio do MPT mas antes de aceitar houve algo que não era bem assim dai não ter ido mas nunca é tarde para meter a cabeça e levantar um País : Tenho tanta força como anos mas que não me pesam o que me pesa sim são as injustiças que todos nós deixamos fazer a estes miúdos que sem saberem ler nem escrever são mandantes dum País que foi ao fundo pela incompetência de Incompetentes e sabujos

  2. Que dizer….que a sociedade portuguesa precisa de ser regenerada…precisa, que será o sr. Marinho Pinto a iniciar esse processo….duvido. E porque? Penso que talvez tenha ficado com uma falsa ideia, mas a ideia com que fiquei é que o Sr. Marinho Pinto que prezo aproveitou-se dum partido, foi eleito para a Europa, mas ainda nesta área não deu provas de competência…faladura até agora só e já pensa em Portugal, então porque se candidatou à Europa se não era isso que queria? Não sei não…mas parece que esta a dar um passo maior que a perna e nestes casos, quando assim é o manco fica pela caminho, na corrida de estafeta…Gostava que assim não fosse…verdade, mas quere-me que ainda não vai ser este Sr. a conseguir a dita regeneração social e politica da nossa sociedade, pois cheira-me a interesse muito pessoal de evidenciação, sem ter para já, feito algo ou dito de relevante…A ver vamos…e que eu me engane

  3. até que enfim que vamos poder ter um grande HOMEM na politica PORTUGUESA.
    A VER SE NOS LIVRAMOS DESTA CANALHA !!!
    FORÇA SRº-MARINHO PINTO

  4. Serei dos primeiros a tornar-me Sócio do Partido , acho que não me arrependerei, confio inteiramente no Dtº. Marinho Pinto , temos de Mudar o Rumo a Portugal

  5. Simpatizo bastante com o Sr. Dr. Marinho e Pinto pela sua frontalidade e verticalidade, bem como pelos princípios que parece defender: justiça, honra e direito à dignidade. Fiquei muito satisfeito quando o vi entrar na vida política activa. Pensei de imediato que teríamos aí um homem de carácter e honesto, aquilo que muitas vezes falta na vida política. Mas agora penso que talvez me tenha entusiasmado em demasia. Aquilo que me é dado agora conhecer através da comunicação social de ontem, sugere-me que a sua atitude foi de menos honestidade para com o partido MPT que o acolheu, e através do qual se tornou politicamente conhecido, chegando mesmo até Bruxelas, Nem sequer terá comunicado ao partido o seu projecto de mudança de rumo, tendo aquele tomado conhecimento também através da comunicação social. É pena, porque necessitamos urgentemente de alternativas, que não temos. Por mim ter-me-ei agora de me convencer que o Dr. Marinho e Pinto é aquele do antes do MPT e não o de hoje, porque senão fico tremendamente desapontado e sem uma visão de alternativa para o momento político que atravessamos.

Alemanha expulsa dois diplomatas russos. Rússia vai tomar medidas

Dois diplomatas russos, acusados pelo Ministério Público alemão de falta de cooperação na investigação de um homicídio, foram expulsos da Alemanha. A Rússia já reagiu e avisou que tomará medidas. Esta quarta-feira, a Alemanha expulsou "com …

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …

Os glaciares da Nova Zelândia estão a mudar de cor

À medida que o Hemisfério Sul entra no verão, acontece uma temporada catastrófica de incêndios florestais na costa leste da Austrália. Há casas destruídas, coalas a morrer e um fumo espesso que cobre o estado …

Não se irrite. Fisco vai comunicar de forma mais clara

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai lançar um serviço de apoio e defesa ao contribuinte que usará uma linguagem mais simples e clara. A alteração é inspirada num modelo britânico. A Autoridade Tributária e Aduaneira vai …

Juiz Rui Rangel justificou ganhos com direitos de autor de programa televisivo

O juiz afirmou, perante o plenário do Conselho Superior da Magistratura, que os ganhos fora da magistratura correspondiam a direitos de autor de um programa na televisão. O juiz Rui Rangel, que foi demitido da magistratura esta …

Governo faz ultimato: empresas têm 30 dias para regularizar fundos europeus parados (ou devolver dinheiro)

O Governo vai dar 30 dias para que as empresas que têm fundos comunitários parados regularizem a situação. Findo esse período, terão de devolver o dinheiro. José Mendes, secretário de Estado do Planeamento, garantiu, em entrevista …

Pelo menos 58 mortos em naufrágio ao largo da Mauritânia

Pelo menos 58 pessoas morreram, esta quinta-feira, num naufrágio ao largo da costa da Mauritânia. Pelo menos 58 migrantes morreram num naufrágio ao largo da costa da Mauritânia, anunciou a Organização Internacional para as Migrações (OIM). …