Marinho e Pinto abandona MPT e vai criar novo partido

RTP / Flickr

Ex-bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho e Pinto, eleito eurodeputado pelo MPT

Ex-bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho e Pinto, eleito eurodeputado pelo MPT

O eurodeputado Marinho e Pinto, eleito pelo MPT, pretende criar um novo partido este ano e conta ter o processo pronto para entregar no Tribunal Constitucional até ao final de Outubro, disse esta quinta-feira o próprio à agência Lusa.

O programa será ainda elaborado no âmbito de uma reunião de fundadores, disse Marinho e Pinto, frisando que reúne apoiantes em todo o país, das mais variadas áreas.

Depois de aprovada a declaração de princípios e os estatutos com que se apresentará o novo partido — cujo nome deverá ser Partido Democrático Republicano —, serão recolhidas as assinaturas necessárias (7500) a submeter ao Tribunal Constitucional.

“Estamos a trabalhar na elaboração da declaração de princípios e do projecto de estatutos, e quando estiver concluído convocamos uma assembleia de fundadores para fazermos a aprovação”, afirmou o advogado, eleito nas últimas europeias pelo Movimento Partido da Terra (MPT).

O partido, acrescentou, terá como principal objectivo “contribuir para a resolução dos graves problemas” do país. “É um partido que irá pôr os interesses dos cidadãos acima dos interesses dos agentes políticos”, sublinhou. O nome será discutido e aprovado em reunião da assembleia constituinte, ainda não agendada.

O ex-bastonário da Ordem dos Advogados declarou ainda que o partido será constituído de acordo com as convicções de “um conjunto muito amplo de pessoas totalmente insatisfeitas com a situação que o país atingiu” e com o que classificou de “degenerescência das instituições democráticas e o apodrecimento que se verifica em muitas instituições da República”.

São essas pessoas “inconformadas” que querem “contribuir para uma nova forma de fazer política, com mais honestidade”, frisou, em declarações à Lusa por telefone.

A notícia da criação do novo partido foi avançada pela edição electrónica do jornal i, citando fonte próxima do eurodeputado.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Eu sou a 1ª na lista se me aceitarem mesmo aos 70 anos sou de lutas sérias tal como esse grande Sr. nunca estive filiada em Partidos de chacha e de mentirosos, Fui convidada sim aquando do inicio do MPT mas antes de aceitar houve algo que não era bem assim dai não ter ido mas nunca é tarde para meter a cabeça e levantar um País : Tenho tanta força como anos mas que não me pesam o que me pesa sim são as injustiças que todos nós deixamos fazer a estes miúdos que sem saberem ler nem escrever são mandantes dum País que foi ao fundo pela incompetência de Incompetentes e sabujos

  2. Que dizer….que a sociedade portuguesa precisa de ser regenerada…precisa, que será o sr. Marinho Pinto a iniciar esse processo….duvido. E porque? Penso que talvez tenha ficado com uma falsa ideia, mas a ideia com que fiquei é que o Sr. Marinho Pinto que prezo aproveitou-se dum partido, foi eleito para a Europa, mas ainda nesta área não deu provas de competência…faladura até agora só e já pensa em Portugal, então porque se candidatou à Europa se não era isso que queria? Não sei não…mas parece que esta a dar um passo maior que a perna e nestes casos, quando assim é o manco fica pela caminho, na corrida de estafeta…Gostava que assim não fosse…verdade, mas quere-me que ainda não vai ser este Sr. a conseguir a dita regeneração social e politica da nossa sociedade, pois cheira-me a interesse muito pessoal de evidenciação, sem ter para já, feito algo ou dito de relevante…A ver vamos…e que eu me engane

  3. até que enfim que vamos poder ter um grande HOMEM na politica PORTUGUESA.
    A VER SE NOS LIVRAMOS DESTA CANALHA !!!
    FORÇA SRº-MARINHO PINTO

  4. Serei dos primeiros a tornar-me Sócio do Partido , acho que não me arrependerei, confio inteiramente no Dtº. Marinho Pinto , temos de Mudar o Rumo a Portugal

  5. Simpatizo bastante com o Sr. Dr. Marinho e Pinto pela sua frontalidade e verticalidade, bem como pelos princípios que parece defender: justiça, honra e direito à dignidade. Fiquei muito satisfeito quando o vi entrar na vida política activa. Pensei de imediato que teríamos aí um homem de carácter e honesto, aquilo que muitas vezes falta na vida política. Mas agora penso que talvez me tenha entusiasmado em demasia. Aquilo que me é dado agora conhecer através da comunicação social de ontem, sugere-me que a sua atitude foi de menos honestidade para com o partido MPT que o acolheu, e através do qual se tornou politicamente conhecido, chegando mesmo até Bruxelas, Nem sequer terá comunicado ao partido o seu projecto de mudança de rumo, tendo aquele tomado conhecimento também através da comunicação social. É pena, porque necessitamos urgentemente de alternativas, que não temos. Por mim ter-me-ei agora de me convencer que o Dr. Marinho e Pinto é aquele do antes do MPT e não o de hoje, porque senão fico tremendamente desapontado e sem uma visão de alternativa para o momento político que atravessamos.

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …

Depois das máscaras e do gel, procura por acrílico dispara

À semelhança do que aconteceu com as máscaras de proteção e com o álcool-gel, a procura mundial por acrílico está a aumentar. Primeiro foram as máscaras e o desinfetante em gel, mas agora há um novo …

Real Madrid não volta ao Santiago Bernabéu até final da temporada

O Real Madrid vai disputar os restantes jogos da Liga espanhola de futebol na condição de visitado no estádio Alfredo di Stéfano, no centro de treinos merengue. Segundo a agência EFE, Florentino Pérez enviou uma carta …

Metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona mantê-lo

A pandemia veio mudar a forma como trabalhamos. Quase metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona manter a atividade, ou parte dela, em regime de trabalho remoto.  De acordo com um inquérito da CIP - …

"Muitos de vocês são fracos". Trump critica ação dos governadores durante protestos

O Presidente dos Estados Unidos ridicularizou alguns governadores estaduais por serem "fracos" e exigiu-lhes que tomem medidas duras contra os manifestantes, após mais uma noite de violência em diversas cidades. Donald Trump conversou com os governadores, …