/

Mariana Vieira da Silva é primeira-ministra por 15 dias (com Costa, Siza Vieira e Santos Silva de férias)

4

Fernando Veludo / Lusa

A ministra da Presidência e Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva

A número quatro do Governo, Mariana Vieira da Silva, é, a partir desta segunda-feira, a primeira-ministra em exercício devido às férias de António Costa, Pedro Siza Vieira e Augusto Santos Silva.

As três principais figuras do Governo estão de férias em simultâneo e, portanto, dita a hierarquia de importância do Executivo, que seja Mariana Vieira da Silva a assumir o cargo de primeiro-ministro em exercício.

A ministra da Presidência vai ocupar o lugar durante 15 dias, ou seja, até ao final do mês.

Mariana Vieira da Silva é a quarta na hierarquia do Governo, surgindo atrás de Siza Vieira e de Santos Silva, além de Costa, entre as figuras mais importantes. Mas com os três homens de férias em simultâneo, é ela quem fica a chefiar o Executivo.

Trata-se da segunda mulher a tornar-se primeira-ministra em exercício depois de o mesmo ter sucedido com Manuela Ferreira Leite no Governo de Durão Barroso nos anos de 2002, 2003 e 2004, como avança o Público.

Mariana Vieira da Silva, socióloga de formação, tem sido a principal figura do Governo nos anúncios das medidas para fazer face à pandemia.

Como chefe do Governo, a ministra de 43 anos terá a responsabilidade de supervisionar todos os actos dos ministérios, bem como de presidir ao Conselho de Ministros.

  ZAP //

4 Comments

  1. Tendo em conta as suas competências curriculares e visto nunca ter trabalhado a não ser no poleiro dado pelos amigos do papá, esta personagem é sem duvida o melhor que temos para substituir os nossos políticos que se enquadram no mesmo perfil.

    • Olhe que não, olhe que não…
      Neste momento, é capaz de ser o político mais adequado que o governo tem para o cargo, porque na sua inexperiência, ainda não teve tempo para adquirir os vícios e as manhas de quem lá anda há mais tempo.
      Quanto aos que foram de férias, por lá deveriam ficar!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.