Marcelo trava “bloco central”. Só não veta o fim dos debates quinzenais porque não pode

Mário Cruz / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vetou, em menos de 24 horas, duas alterações legislativas fruto do entendimento entre o PS de António Costa e o PSD de Rui Rio – o alegado bloco central.

Em causa estão os diplomas que previam a redução dos debates anuais sobre a Europa de seis para dois e que as petições com quatro mil assinaturas já não tinham de ser discutidos em plenário, precisando para tal de atingir 10.000 assinaturas.

Em ambos os casos de veto, o chefe de Estado deixou duras críticas aos diplomas: no seu entender, a redução dos debates “não foi uma solução feliz” e, no caso das petições, entende que se trata de um “sinal negativo para a democracia portuguesa“.

Fonte de Belém adiantou ao semanário Expresso e ao jornal Observador que Marcelo Rebelo de Sousa é também contra o fim dos debates quinzenais – diploma proposto pelo PSD e aprovado com luz verde do PS – e só não veta a alteração de lei porque não pode.

O Presidente da República é contra a redução do escrutínio parlamentar e só não vota contra o diploma porque em causa está uma alteração do regimento da Assembleia da República, que não passa pelo crivo de Belém.

Em junho, e sem adiantar muito sobre a sua posição, Marcelo Rebelo de Sousa fez saber que não concorda com o fim dos debates quinzenais. “Quando fui candidato à Presidência, discuti com todos os candidatos. Se vier a ser candidato, assunto sobre o qual não pensarei antes de novembro, obviamente discutirei com todos os candidatos presidenciais”.

E foi ainda mais longe: “Quando decidem certas coisas”, os líderes partidários “têm a exata noção das reações que suscitam nos portugueses. Mas só eles são juízes da bondade ou menos bondade dos seus atos”.

De acordo com o Observador, esta posição mantém-se inalterada.

Ao Expresso, fonte de Belém disse que as declarações do chefe de Estado à época da aprovação do fim dos debates quinzenais foi no sentido de mostrar, de uma “maneira civilizada” que o resultado final do acordo PSD/PS era um “exagero”.

ZAP ZAP //

 

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Twitter pede aos utilizadores para serem simpáticos (e pensarem duas vezes antes de responder)

O Twitter vai começar a pedir aos utilizadores que repensem os conteúdos das suas respostas, através de uma mensagem de alerta. O objetivo é evitar mensagens ofensivas. A rede social Twitter vai passar a solicitar aos …

Suspensas marchas populares em Lisboa

As marchas populares em Lisboa, que decorrem em junho, foram suspensas "tendo em conta o atual contexto pandémico e devido às restrições de saúde pública que ainda se mantêm", anunciou esta quinta-feira a Câmara Municipal …

CDS-PP quer manter corridas de touros na RTP e contrariar a “política de gosto”

A bancada parlamentar do CDS-PP questionou hoje o Governo sobre o eventual fim das transmissões televisivas de corridas de touros nos canais públicos da RTP, mostrando-se contra a “tutela política” a ditar “uma política de …

Cabeceiras de Basto recua no desconfinamento. Quatro concelhos podem agora avançar

A ministra Mariana Vieira da Silva apresentou um quadro geral da situação em Portugal e revela que há um concelho que vai recuar no desconfinamento: Cabeceiras de Basto. A ministra de Estado e da Presidência acrescentou …

Aeroporto no Montijo pode levar à perda das principais áreas de alimentação das aves migratórias

Caso o Montijo venha mesmo a receber um novo aeroporto, poderá levar à perda de até 30% das principais áreas de alimentação das aves migratórias que passam o Inverno no estuário do Tejo. A conclusão está …

Príncipe de Liechtenstein acusado de matar Arthur, o maior urso da Roménia

Grupos ambientalistas acusaram um príncipe da família real de Liechtenstein de matar o maior urso da Roménia, violando a proibição da caça de grandes carnívoros. Em comunicado citado pelo jornal britânico The Guardian, a ONG romena …

França e Reino Unido mobilizam navios para Jersey e aumentam a tensão no Canal da Mancha

A Marinha francesa respondeu esta quinta-feira ao envio de dois navios-patrulha britânicos para Jersey, na véspera, e mobilizou as suas próprias embarcações militares para as imediações da ilha, contribuindo, dessa forma, para o aumento da …

Governo aprova a criação da tarifa social de internet. Preço ainda vai ser definido

O Governo aprovou esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, a criação de uma tarifa social de acesso a serviços de internet em banda larga, conhecida como tarifa social de internet, anunciou o ministro de Estado …

Cerca sanitária em Odemira diminuiu casos para menos de metade, garante Governo

O ministro da Administração Interna salientou hoje que a cerca sanitária em Longueira-Almograve e São Teotónio permitiu baixar os casos de infeção por covid-19 em Odemira para menos de metade e acusou a direita de …

Joshua Wong condenado a mais dez meses de prisão por participar em vigília que lembrava "massacre de Tiananmen"

O ativista de Hong Kong Joshua Wong foi condenado a dez meses de prisão por participar em 4 de junho de 2020 numa vigília para lembrar o chamado "massacre de Tiananmen", que Pequim não reconhece. A …