Marcelo trava “bloco central”. Só não veta o fim dos debates quinzenais porque não pode

Mário Cruz / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vetou, em menos de 24 horas, duas alterações legislativas fruto do entendimento entre o PS de António Costa e o PSD de Rui Rio – o alegado bloco central.

Em causa estão os diplomas que previam a redução dos debates anuais sobre a Europa de seis para dois e que as petições com quatro mil assinaturas já não tinham de ser discutidos em plenário, precisando para tal de atingir 10.000 assinaturas.

Em ambos os casos de veto, o chefe de Estado deixou duras críticas aos diplomas: no seu entender, a redução dos debates “não foi uma solução feliz” e, no caso das petições, entende que se trata de um “sinal negativo para a democracia portuguesa“.

Fonte de Belém adiantou ao semanário Expresso e ao jornal Observador que Marcelo Rebelo de Sousa é também contra o fim dos debates quinzenais – diploma proposto pelo PSD e aprovado com luz verde do PS – e só não veta a alteração de lei porque não pode.

O Presidente da República é contra a redução do escrutínio parlamentar e só não vota contra o diploma porque em causa está uma alteração do regimento da Assembleia da República, que não passa pelo crivo de Belém.

Em junho, e sem adiantar muito sobre a sua posição, Marcelo Rebelo de Sousa fez saber que não concorda com o fim dos debates quinzenais. “Quando fui candidato à Presidência, discuti com todos os candidatos. Se vier a ser candidato, assunto sobre o qual não pensarei antes de novembro, obviamente discutirei com todos os candidatos presidenciais”.

E foi ainda mais longe: “Quando decidem certas coisas”, os líderes partidários “têm a exata noção das reações que suscitam nos portugueses. Mas só eles são juízes da bondade ou menos bondade dos seus atos”.

De acordo com o Observador, esta posição mantém-se inalterada.

Ao Expresso, fonte de Belém disse que as declarações do chefe de Estado à época da aprovação do fim dos debates quinzenais foi no sentido de mostrar, de uma “maneira civilizada” que o resultado final do acordo PSD/PS era um “exagero”.

ZAP //

 

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

A pandemia veio interromper as touradas no Peru. Mas há quem não esteja muito satisfeito com isso

Em poucos meses a pandemia do novo coronavírus conseguiu um feito há muito desejado por ativistas de todo o mundo: interrompeu as touradas. O cancelamento dos espetáculos - criticados pela sua violência para com os …

Dezenas de sites franceses com propaganda islâmica após pirataria informática

Várias dezenas de pequenos websites franceses foram afetados por uma onda de pirataria informática, publicando mensagens de propaganda islâmica, indica hoje a agência noticiosa France-Press (AFP). Mensagens como “Vitória para Maomé, vitória para o Islão e …

Jogos Olímpicos em 2021 vão mostrar que "humanidade derrotou o vírus"

O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, disse esta segunda-feira que o país está "determinado" em organizar os Jogos Olímpicos no verão de 2021 e declarou que o evento servirá "como prova de que a humanidade derrotou …

Herdeiro da Samsung assume as rédeas da empresa depois da morte do pai

Lee Jae-Yong, filho do presidente da Samsung, assumiu a liderança da empresa depois do seu pai ter falecido este domingo. O herdeiro assume as rédeas numa altura em que a gigante da tecnologia procura evoluir. Sob …

Vídeos de suicídios, abortos ou abusos sexuais. Ex-moderadora do YouTube descreve pesadelo (e processa plataforma)

Uma ex-moderadora do YouTube apresentou uma queixa contra a plataforma na segunda-feira, acusando-a de não proteger os funcionários que são sujeitos a uma análise e remoção de vídeos violentos publicados na página. O processo contra o …

Resultados nos Açores levam PS a pensar em eleições antecipadas

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo 39,13% dos votos, o que não garante a maioria absoluta. Os resultados levam o partido a pensar já em eleições antecipadas. "[O governo regional] está …

"Ainda não sei bem o que fiz". João Almeida e Rúben Guerreiro de volta a Portugal

João Almeida e Rúben Guerreiro foram duas das maiores figuras desta edição do Giro, a volta a Itália em bicicleta. Os dois ciclistas aterraram esta segunda-feira, em Lisboa, e parece que ainda não perceberam a …

Autarca de Pedrógão Grande critica "péssima investigação" sobre reconstrução de casas

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande acusou o Ministério Público e a Polícia Judiciária de terem feito uma "péssima investigação" no processo sobre a reconstrução das casas, cujo julgamento se iniciou esta segunda-feira. "[As acusações] …

Novo Banco e TAP são "riscos não negligenciáveis" para o défice

A TAP e o Novo Banco podem ter um efeito orçamental maior que o estimado pelo Governo em 2021, constituindo "riscos não negligenciáveis" para o défice, segundo uma avaliação do Conselho das Finanças Públicas (CFP) …

NASA revela que há água na Lua

A NASA revelou, esta segunda-feira, que foi encontrada água em forma de gelo numa superfície da Lua. Os investigadores apontam ainda para a possibilidade de existirem múltiplos depósitos subterrâneos na Lua onde esteja armazenada água …