Marcelo manda recado à Esquerda para que aprove o Orçamento

Tiago Petinga / Lusa

Marcelo Rebelo de Sousa quer evitar cenários de “ruído ou crise”. Por isso, pediu aos agentes políticos que garantissem estabilidade.

Caso o Orçamento de Estado para 2019 não seja aprovado, haverá uma crise político, isto é, eleições antecipadas. Esta não é a primeira vez que o Presidente da República alerta para este problema.

Em jeito de balanço do primeiro semestre e antevisão do segundo, Marcelo Rebelo de Sousa voltou a insistir no assunto, desta vez com um recado para o Bloco, PCP e PEV. São estes partidos que devem garantir a estabilidade e aprovar as contas do próximo ano, apesar de ser um ano eleitoral, avança o Público.

O óbvio é que a atual fórmula governativa vote o Orçamento do Estado, assim mostrando que é capaz de durar uma legislatura e de se constituir como uma das soluções alternativas sólidas para Portugal”, disse Marcelo numa intervenção na cerimónia de comemoração do 184º aniversário da Confederação das Câmaras de Comércio e Indústria.

Marcelo considera que a não aprovação do Orçamento são “cenários” que acrescentam “ruído” ou “crise”.

O facto de para o ano haver eleições europeias (em maio) e eleições legislativas (em outubro) faz com que o confronto eleitoral se possa intensificar. Ainda assim, o Presidente reforçou que exige “estabilidade política” até ao fim da legislatura.

Marcelo Rebelo de Sousa espera assim que “esse confronto não crie fatores também eles imprevisíveis ou mesmo inexequíveis para a trajetória orçamental em curso”.

“O tempo que vivemos na Europa e no mundo exige cautela acrescida”, alerta, afirmando estar a fazer tudo para “reduzir crispações, incutir confiança interna e externa e garantir estabilidade sempre, atenuando incertezas, ruídos ou nevoeiros que possam toldar a visão estratégica”.

O Presidente da República defende que este é um “esforço que tem de ser de todos“.

Assim, Marcelo responsabiliza os partidos à esquerda do PS. “Perante as incógnitas esboçadas no plano mundial e europeu, cuja solução não depende de nós e os passos já esboçados são preocupantes, acrescentar crise ao que é largamente imprevisível é uma má ideia. Já nos bastam as dúvidas vindas da situação externa. Para quê criarmos cenários que as agravem desnecessariamente?”, questiona.

Durante a sua intervenção, o Presidente lançou ainda mais recados aos comunistas, bloquistas e Verdes, quando elogiou o acordo de concertação social assinado pelos patrões e pela UGT e criticado por aqueles três partidos.

O balanço sobre a situação interna é “claramente positivo” quanto à execução orçamental do primeiro semestre, na opinião de Marcelo. No entanto, é também “um juízo bastante prudente e preocupado quanto ao contexto externo”.

Por isso, deixou o seu conselho: “O que os agentes políticos podem e devem fazer é evitar o grau de incerteza, de imprevisibilidade e portanto de risco de novas crises”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Todo o Universo primitivo pode ter estado a girar em múltiplas direções

Novas evidências sugerem que todo o Universo primitivo esteve a girar como um planeta ou uma galáxia, deixando um rasto que ainda é visível nos céus. De acordo com o New Scientist, a nova teoria baseia-se …

Nicotina contribui para cancro do pulmão formar metástases no cérebro

A nicotina, uma substância não carcinogénica presente no tabaco, contribui para que o cancro no pulmão se dissemine no cérebro, formando metástases, concluiu um estudo publicado na revista Journal of Experimental Medicine. Uma equipa de investigadores …

Nas montanhas suíças, há quartos de hotel sem paredes nem teto

Dois artistas concetuais suíços criaram sete "quartos de hotel" ao ar livre, sem paredes nem teto, mas com vistas para as montanhas da Suíça e de Liechtenstein. A dupla suíça, os irmãos gémeos Frank e Patrik …

Risco de segunda vaga de covid-19 é alto em França

Um estudo publicado esta sexta-feira revela que a chamada "imunidade de grupo" está longe de ser alcançada em França. O risco de uma segunda vaga de covid-19 em França é "extremamente elevado", de acordo com um …

Desvendado mistério das cartas censuradas entre a rainha Maria Antonieta e o seu suposto amante

A natureza da relação entre a rainha Maria Antonieta e o conde sueco Axel de Fersen continua a intrigar os historiadores há mais de um século. Eram realmente amantes? Agora, graças a uma nova análise …

Ministra do Madagáscar afastada por querer gastar 1,8 milhões em rebuçados para disfarçar sabor de "Covid-Organics"

A ministra da Educação do Madagáscar foi destituída esta quinta-feira, depois de ter proposto gastar 1,8 milhões de euros em rebuçados, para distribuir em escolas e atenuar o sabor de uma infusão para a covid-19. A …

Santa Clara 3-2 SC Braga | Açorianos estreiam-se na nova casa com vitória sobre os minhotos

O Santa Clara venceu hoje o Sporting de Braga por 3-2, em jogo da 25.ª jornada da I Liga de futebol em que se assinalou também a estreia da Cidade do Futebol como palco de …

O maior e mais antigo monumento Maia já conhecido foi descoberto no México

O maior e mais antigo monumento já conhecido construído pela civilização Maia, batizado como Aguada Fénix, foi encontrado no sudeste do México. De acordo com o site New Scientist, o Aguada Fénix é uma enorme …

Twitter bloqueia vídeo de campanha de Donald Trump com tributo a George Floyd

O Twitter bloqueou um vídeo de tributo a George Floyd feito pela campanha de reeleição do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A rede social colocou um rótulo no vídeo da página da conta @TeamTrump, dizendo …

Depois da covid-19, poder haver uma outra doença respiratória à nossa espera

Com o desconfinamento, vamos gradualmente regressando ao normal, mas agora possivelmente com um novo inimigo. A doença dos legionários pode estar escondida nos edifícios que deixamos para trás. Surtos globais de coronavírus forçaram o encerramento de …