Marcelo promulga lei que permite aumento de 700 euros para magistrados (e diploma das beatas)

Manuel de Almeida / Lusa

O Presidente da República promulgou esta terça-feira sete diplomas, que incluem o Estatuto do Ministério Público, o regime das sociedades de investimento e gestão imobiliária e o diploma relativo à redução do impacto das “pontas de cigarros, charutos ou outros cigarros” no meio ambiente.

No mesmo rol de promulgações estão diplomas que estabelecem um regime jurídico da segurança contra incêndios em edifícios, outro que pretende a resolução de litígios entre as autoridades portuguesas e os países da UE para evitar uma dupla tributação de rendimentos, a alteração à lei de Antidopagem no Desporto e ainda a aprovação do regime do inventário notarial.

A informação dos diplomas aprovados foi publicada no site da Presidência da República. No que toca ao Estatuto do Ministério Público, o chefe de Estado ressalvou, no entanto, que, tal como no caso do Estatuto dos Magistrados Judiciais, há “necessidade de revisão no início da próxima legislatura”.

No caso do Estatuto do Ministério Público, à semelhança do que aconteceu com magistrados, a nova tabela salarial prevê aumentos salariais até 700 euros. Isto faz com que, por exemplo os procuradores-gerais-adjuntos no topo da carreira, possam auferir um vencimento superior ao salário do primeiro-ministro.

Em relação à lei que prevê multas para quem atire beatas de cigarros para o chão, o Presidente da República chamou a atenção “para o facto de boa parte” das normas, apesar de “relevantes”, serem “meramente pragmáticas”. Além disso, apesar de “a entrada em vigor do essencial da parte precetiva só ocorrer dentro de um ano, o Presidente da República promulgou o diploma”, refere Marcelo Rebelo de Sousa na mesma nota.

A par destes três, o Presidente promulgou também “o diploma que altera o Código de Processo Civil”; o diploma que faz a terceira alteração ao “regime jurídico da segurança contra incêndio em edifícios” e a nova “lei antidopagem no desporto”.

O sétimo e último diploma aprovado é o que “estabelece mecanismos para a resolução de litígios que envolvam as autoridades competentes de Portugal e de outros Estados-Membros da União Europeia em resultado da interpretação e aplicação de acordos e convenções internacionais para evitar a dupla tributação de rendimentos”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Sou um grande defensor do nosso Presidente,mas acho que neste caso concreto não devia promulgar esta lei , acho que é um aumento excessivo 700 euros é nitidamente excessivo.A maior parte da população portuguesa “governa-se” com salário mínimo ou pouco mais que isso, os magistrados já auferem salários muito altos.Não havia necessidade!

RESPONDER

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …

Depois das máscaras e do gel, procura por acrílico dispara

À semelhança do que aconteceu com as máscaras de proteção e com o álcool-gel, a procura mundial por acrílico está a aumentar. Primeiro foram as máscaras e o desinfetante em gel, mas agora há um novo …

Real Madrid não volta ao Santiago Bernabéu até final da temporada

O Real Madrid vai disputar os restantes jogos da Liga espanhola de futebol na condição de visitado no estádio Alfredo di Stéfano, no centro de treinos merengue. Segundo a agência EFE, Florentino Pérez enviou uma carta …

Metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona mantê-lo

A pandemia veio mudar a forma como trabalhamos. Quase metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona manter a atividade, ou parte dela, em regime de trabalho remoto.  De acordo com um inquérito da CIP - …

"Muitos de vocês são fracos". Trump critica ação dos governadores durante protestos

O Presidente dos Estados Unidos ridicularizou alguns governadores estaduais por serem "fracos" e exigiu-lhes que tomem medidas duras contra os manifestantes, após mais uma noite de violência em diversas cidades. Donald Trump conversou com os governadores, …

O vírus "não desapareceu". DGS apela para responsabilidade dos adeptos de futebol

Graça Freitas apelou aos adeptos de futebol para que respeitem as regras da Direção-Geral da Saúde, sublinhando que não podem existir ajuntamentos junto aos estádios e concentrações de pessoas em cafés ou em outros locais. Durante …

PSD junta-se ao Bloco e PCP e pede apreciação parlamentar do decreto das PPP na Saúde

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que regulamenta a criação de parcerias público-privadas (PPP) na Saúde. O maior partido da oposição junta-se assim ao Bloco de Esquerda e PCP, embora com motivos diferentes. Os sociais-democratas …

Reembolsos de IRS estão a ser "indevidamente retidos", denuncia Provedora de Justiça

Maria Lúcia Amaral escreveu ao secretário de Estado dos Assuntos Fiscais para pedir a correção de erros, lembrando que o reembolso é uma ajuda preciosa para muitas famílias, nomeadamente nesta altura. A Provedora de Justiça, Maria …

Rússia quer exportar antiviral que diz ser eficaz em 90% dos casos

O antiviral Afivavir mostrou ser eficaz no combate ao novo coronavírus em 90% dos casos, mas não estará à venda em farmácias. A Rússia planeia exportar para vários países do mundo um medicamento para a …

Exigência "irracional e insultuosa". Precários acusam Governo de os forçar a "mentir"

O formulário de apoio aos trabalhadores independentes obriga-os a garantir que retomarão a atividade dentro de oito dias. No último sábado, a Segurança Social disponibilizou o formulário de apoio aos trabalhadores independentes que deveria ter ficado …