“Seis anos de corajoso serviço.” Marcelo condecora Marques Vidal

Miguel Figueiredo Lopes / Presidência Da República / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, acompanhado pela anterior procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal

Marcelo Rebelo de Sousa condecorou, esta segunda-feira, Joana Marques Vidal com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo – uma condecoração que é “mais, muito mais, do que um gesto protocolar na linha da tradição”. 

O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, não deixou de lado os elogios ao condecorar a anterior procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, destacando os seus “seis anos de corajoso e dedicado serviço à causa pública”, numa cerimónia que não foi tornada pública esta segunda-feira.

O Presidente da República reiterou, no entanto, a convicção de que “nada nem ninguém travará” o combate à criminalidade e, em particular, à corrupção e defendeu que a democracia se faz “do primado das instituições”.

Marcelo Rebelo de Sousa deixou estas mensagens numa cerimónia de condecoração que não foi tornada pública e que posteriormente foi divulgada através de uma nota no portal da Presidência da República, acompanhada de fotografias e de um vídeo.

Na sua intervenção, o chefe de Estado declarou que, “sendo um reconhecimento nacional por seis anos de corajoso e dedicado serviço à causa pública“, a condecoração de Joana Marques Vidal “é também um louvor a toda uma magistratura”.

“É essa uma das forças da democracia que importa reafirmar nestes tempos. Ela faz-se do primado das instituições, mesmo quando, como é o caso, elas se afirmam e enriqueçam com a inteligência e a vontade dos seus mais devotados líderes”, acrescentou.

O chefe de Estado condecorou Joana Marques Vidal na Sala dos Embaixadores do Palácio de Belém, em Lisboa, na presença do presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, do primeiro-ministro, António Costa, dos ministros da Defesa, João Gomes Cravinho, e da Justiça, Francisca Van Dunem, e da atual procuradora-geral da República, Lucília Gago.

A Ordem Militar de Cristo destina-se a distinguir “destacados serviços prestados ao país no exercício das funções de soberania”. A condecoração de Joana Marques Vidal, que foi procuradora-geral da República entre 2012 e 2018, acontece 10 dias depois da posse da sucessora, Lucília Gago, que teve lugar também na Sala dos Embaixadores.

Segundo Marcelo, esta distinção “representa um reconhecimento público, nacional, manifestado pelo Presidente da República, ao abrigo da legitimidade que a Constituição e o voto popular lhe conferem” e “mais um momento para reafirmar a importância da missão da justiça, do Ministério Público, do combate contra a criminalidade e, em particular, contra a corrupção”.

Nada nem ninguém travará o que é uma prioridade decisiva para a moralização da nossa vida coletiva”, defendeu.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Suspensas marchas populares em Lisboa

As marchas populares em Lisboa, que decorrem em junho, foram suspensas "tendo em conta o atual contexto pandémico e devido às restrições de saúde pública que ainda se mantêm", anunciou esta quinta-feira a Câmara Municipal …

CDS-PP quer manter corridas de touros na RTP e contrariar a “política de gosto”

A bancada parlamentar do CDS-PP questionou hoje o Governo sobre o eventual fim das transmissões televisivas de corridas de touros nos canais públicos da RTP, mostrando-se contra a “tutela política” a ditar “uma política de …

Cabeceiras de Basto recua no desconfinamento. Quatro concelhos podem agora avançar

A ministra Mariana Vieira da Silva apresentou um quadro geral da situação em Portugal e revela que há um concelho que vai recuar no desconfinamento: Cabeceiras de Basto. A ministra de Estado e da Presidência acrescentou …

Aeroporto no Montijo pode levar à perda das principais áreas de alimentação das aves migratórias

Caso o Montijo venha mesmo a receber um novo aeroporto, poderá levar à perda de até 30% das principais áreas de alimentação das aves migratórias que passam o Inverno no estuário do Tejo. A conclusão está …

Príncipe de Liechtenstein acusado de matar Arthur, o maior urso da Roménia

Grupos ambientalistas acusaram um príncipe da família real de Liechtenstein de matar o maior urso da Roménia, violando a proibição da caça de grandes carnívoros. Em comunicado citado pelo jornal britânico The Guardian, a ONG romena …

França e Reino Unido mobilizam navios para Jersey e aumentam a tensão no Canal da Mancha

A Marinha francesa respondeu esta quinta-feira ao envio de dois navios-patrulha britânicos para Jersey, na véspera, e mobilizou as suas próprias embarcações militares para as imediações da ilha, contribuindo, dessa forma, para o aumento da …

Governo aprova a criação da tarifa social de internet. Preço ainda vai ser definido

O Governo aprovou esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, a criação de uma tarifa social de acesso a serviços de internet em banda larga, conhecida como tarifa social de internet, anunciou o ministro de Estado …

Cerca sanitária em Odemira diminuiu casos para menos de metade, garante Governo

O ministro da Administração Interna salientou hoje que a cerca sanitária em Longueira-Almograve e São Teotónio permitiu baixar os casos de infeção por covid-19 em Odemira para menos de metade e acusou a direita de …

Joshua Wong condenado a mais dez meses de prisão por participar em vigília que lembrava "massacre de Tiananmen"

O ativista de Hong Kong Joshua Wong foi condenado a dez meses de prisão por participar em 4 de junho de 2020 numa vigília para lembrar o chamado "massacre de Tiananmen", que Pequim não reconhece. A …

Um polícia morto e vários feridos em tiroteio durante operação no Rio de Janeiro

Um polícia morreu e várias outras pessoas ficaram feridas num tiroteio esta quinta-feira durante uma operação da polícia contra o tráfico de droga na comunidade de Jacarezinho, no Rio de Janeiro, Brasil, noticiou a imprensa. Segundo …