Centeno “fica para a história” (e João Leão “não muda” rumo orçamental)

Mário Cruz / Lusa

O Presidente da República considerou esta terça-feira que Mário Centeno foi “um grande ministro das Finanças” que prestigiou Portugal e que a sua gestão das contas públicas nos últimos anos “fica para a história”.

“Quando se fizer a história, não apenas o facto de ter atingido um superavit no orçamento, mas de ter tido uma gestão como foi aquela a que assistimos nos últimos anos, isso fica para a história. E é inquestionável“, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas, em Cascais.

Referindo que a saída de Centeno do Governo “é uma escolha do próprio”, que respeita, o chefe de Estado elogiou a sua atuação: “Foi e ainda é um grande ministro das Finanças, contribuiu muito para o prestígio externo de Portugal, nomeadamente na União Europeia, como presidente do Eurogrupo, e foi certamente das principais personalidades políticas dos últimos anos na vida nacional. Isso é um facto que é incontroverso”.

Sobre a sua saída do Governo neste momento, o Presidente da República salientou que “em democracia as pessoas são livres e, sendo livres, escolhem em cada momento aquilo que entendem que é a melhor decisão da ótica do interesse pessoal e do interesse coletivo, da sua visão do interesse coletivo”.

E temos de respeitar. Como sabem também, eu há já vários meses fiz o que entendi que devia fazer relativamente a esta matéria. Mas respeito integralmente, em todas as circunstâncias as opções daqueles que, na política, na economia, na sociedade, no trabalho, decidem as suas vidas e decidem mudar de ciclo de vida”, acrescentou.

Em relação a João Leão, Marcelo mostrou-se confiante de que não haverá uma mudança de rumo em matéria de política orçamental com o novo ministro das Finanças, o que considerou importante.

O chefe de Estado argumentou que, “pela própria lógica de ter, durante quatro anos e meio, colaborado diretamente com o ainda ministro Mário Centeno”, o novo ministro das Finanças, João Leão, que tomará posse na segunda-feira, dá “uma garantia de continuidade que é fundamental“.

“Quer dizer, aquilo que me preocupava, em primeira linha, em termos de interesse do país, por estarmos em pandemia e por estarmos em crise económico e social, era que não houvesse uma mudança de rumo em matéria de política financeira, nomeadamente política orçamental”, afirmou o Presidente da República, acrescentando: “Não haverá a mudança de rumo, e isso é importante”.

“E não muda, na medida em que o sucessor é um colaborador do antecessor“, reiterou o chefe de Estado, comparando a atual conjuntura a “uma guerra” que tem “uma frente económica e social” e ao mesmo tempo uma “frente de saúde pública” de combate à doença covid-19.

O Presidente da República comunicou esta terça-feira através de uma nota que aceitou as propostas do primeiro-ministro de exoneração de Mário Centeno, a seu pedido, do cargo de ministro de Estado e das Finanças, e de nomeação, em sua substituição, de João Leão, até agora secretário de Estado do Orçamento, a quem dará posse na próxima segunda-feira.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Para eliminar "veneração do Ocidente", China quer retirar livros de Bill Gates e Steve Jobs das listas de leitura

Este mês, as autoridades chinesas ordenaram que os livros "que veneram as ideias ocidentais" e "abraçam todas as coisas estrangeiras" fossem removidos das listas de leitura e das bibliotecas nas escolas primárias e secundárias.  De acordo …

De Ronaldo a Félix. Seleção pode perder oito jogadores com a Superliga

Se a Superliga Europeia avançar, assim como as ameaças da UEFA, a seleção das quinas poderia ficar sem oito jogadores, tendo em conta a última convocatória para os jogos de qualificação para o ​​​​​​​Mundial 2022. A …

Covid-19. Ensaio clínico promove reinfeção de adultos para estudar imunidade

Cientistas da Universidade de Oxford pretendem reinfetar dezenas de pacientes adultos com a covid-19, num estudo que visa perceber os limites da imunidade e os efeitos do novo coronavírus sobre o corpo a partir do …

Linha de Fundo: Luta a dois e outros combates

Dragões de olho no líder. Benfica e Braga perdem terreno. E mais um golpe perfeito de Telma Monteiro, visto da Linha de Fundo. A noite dos guarda-redes SC Farense 0 - 1 Sporting CP (Pedro Gonçalves …

Fim da era Castro em Cuba. Raúl substituído na liderança do Partido Comunista por Diaz-Canel

O Partido Comunista de Cuba elegeu o Presidente do país, Miguel Diaz-Canel, para suceder a Raúl Castro como primeiro-secretário do partido, no último dia do seu congresso, que decorreu esta segunda-feira. Segundo relatou a agência Reuters, …

Governo e Câmara do Porto suspendem concessão do Coliseu e vão custear obras de 3,5 milhões

O Coliseu do Porto vai sofrer obras no valor de 3,5 milhões de euros, que vai ser suportado de igual forma pelo Governo e pela Câmara Municipal, ficando suspensa a concessão do espaço a privados. "Vamos …

Jesuítas vão criar fundação para compensar descendentes de escravos

Os jesuítas, ordem de padres católicos que se serviram de trabalho escravo durante mais de um século, vão reunir cem milhões de dólares (mais de 83 milhões de euros) como expiação pela sua participação na …

Governo do Cambodja acusado de usar covid-19 para estabelecer uma "ditadura totalitária"

Uma nova lei estabelecida no Cambodja define que quem violar as regras para controle da pandemia de covid-19 pode apanhar até 20 anos de prisão, medida que coloca o país "em direção a uma ditadura …

Rússia vai abandonar a Estação Espacial Internacional em 2025

Decisão foi aprovada em 12 de abril durante uma reunião do Presidente russo Vladimir Putin com líderes da indústria espacial do país. A Rússia vai informar os seus parceiros internacionais que vai abandonar o projeto da …

Verdes alemães vão candidatar-se pela primeira vez ao cargo de chanceler

Os Verdes alemães anunciaram, esta segunda-feira, Annalena Baerbock como candidata a chanceler nas próximas eleições gerais de setembro. A formação política ecologista alemã, segunda nas intenções de voto depois dos conservadores, anunciou que foi uma decisão …