Marcelino da Mata reabriu feridas. “O que se deve discutir é a guerra”, diz Ramalho Eanes

(dr)

A morte de Marcelino da Mata causou uma fractura entre pessoas de direita e de esquerda numa polémica que trouxe à tona as feridas que ficaram da guerra colonial. Mas mais do que questionar o homem, deve-se falar é da guerra, defende Ramalho Eanes.

O antigo Presidente da República defende que o caso de Marcelino da Mata, que morreu neste mês de Fevereiro com covid-19, é uma “simplificação radical”.

“Marcelino da Mata foi envolvido numa discussão de esquerda versus direita, quando o que deve ser discutido é a guerra, que é extremamente complexa“, sublinha Ramalho Eanes em declarações ao Expresso, considerando que a polémica que se gerou em torno do militar “não contribui para um esclarecimento sobre a Guerra Colonial, as suas razões e motivações, e as suas consequências”.

O controverso militar nascido na Guiné é considerado um “herói” da guerra colonial por uns e, ao mesmo tempo, um “criminoso de guerra” por outros.

Assim, a presença de Marcelo Rebelo de Sousa no funeral e o voto de pesar pela sua morte na Assembleia da República geraram alguma polémica.

“Heróis têm um ideal, Marcelino da Mata não tinha”

Para o coronel Carlos Matos Gomes, militar da revolução de Abril que combateu na guerra colonial, Marcelino da Mata “nunca foi herói”. “Os heróis têm um ideal, Marcelino da Mata não o tinha”, realça um dos Capitães de Abril também em declarações ao Expresso.

Matos Gomes também esteve no funeral de Marcelino da Mata porque “era amigo dele”, como diz ao semanário. Sobre o militar, refere que era “muito sereno” e que “media muito bem os riscos”, mas que também era “violento”.

“Os exércitos regulares precisam de fazer operações irregulares, que não são feitas pelas leis da guerra”, diz ainda o coronel, referindo-se às acções que Marcelino da Mata terá realizado na guerra, seguindo as ordens das tropas portuguesas.

O historiador e politólogo António Costa Pinto diz ainda ao Expresso que os “heróis” do 25 de Abril foram, “em grande parte, os militares que estiveram na Guerra Colonial e participaram na descolonização“.

“A transição democrática acertou contas com o passado ditatorial, mas não as ajustou com o passado colonial e com o colonialismo tardio“, acrescenta o historiador.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Aqui dá para ver a porcaria de deputados que o Ps se rodeia, da ala do Costa e Sócrates outra coisa não era de esperar. Deveria era defender a demolição de um certo edifício rosa no largo das ratazanas iguais a ele.
    Eu costumava votar em um outro Ps, não este que surgiu nas últimas décadas. O Costa conseguiu transformar o partido em um ninho de cobras de extrema esquerda, que foram para lá para ter poder.
    Dividir para reinar

  2. Sabe-se agora, com o testemunho de muitos “comentadeiros”, que todas as mulheres e crianças que o “herói” abateu, estavam fortemente armadas, e só a bravura deste valoroso ” militar” evitou uma carnificina.
    Lamentável.

RESPONDER

Bactérias benéficas do leite materno mudam ao longo do tempo

De acordo com um novo estudo, a mistura de bactérias benéficas transmitidas pelo leite materno muda significativamente com o tempo. Este pode atuar como uma injeção de reforço diário para a imunidade e metabolismo infantil. Os …

Quando um tigre vale mais morto do que vivo: A sórdida realidade das quintas de procriação

Em alguns países asiáticos, quintas de procriação de tigres exploram até ao tutano o valor económico do animal, submetendo-o a condições de vida degradantes. Tigres já foram puderam ser encontrados em grande parte da Ásia, do …

Ana Estrada Ugarte. Em decisão histórica, Peru abre as portas à eutanásia

Numa decisão histórica esta quinta-feira, o 11.º Tribunal Constitucional do Superior Tribunal de Justiça de Lima, no Peru, ordenou ao Ministério da Saúde do país que respeitasse a vontade de Ana Estrada Ugarte de acabar …

Árbitros estrangeiros na próxima época? APAF recusa "atestado de incompetência"

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) tem a certeza de que o Conselho de Arbitragem (CA) não irá passar um "atestado de incompetência" aos árbitros portugueses, chamando estrangeiros para encontros de Ligas nacionais. Segundo …

Depois do desconforto que a série causou na Família Real, Harry defende "The Crown"

Durante uma entrevista a James Corden, para o programa americano The Late Late Show, o príncipe Harry defendeu a série The Crown da Netflix, explicando que embora não seja “estritamente precisa”, retrata a pressão da …

Benfica vai apresentar queixa por ameaças de morte a Vieira e vandalismo

O Benfica vai avançar com queixas devido às ameaças de morte ao presidente do clube em tarjas colocadas nas imediações do Estádio da Luz, mas também pela vandalização de várias casas benfiquistas. Segundo o jornal online …

Submarino civil transparente pode levá-lo ao local do naufrágio do Titanic

A Triton, uma empresa com sede na Florida, fabrica submarinos civis de última geração há mais de uma década. Agora, vai fazer nascer o Triton 13000/2 Titanic Explorer, que para além de oferecer aos passageiros …

Catorze detidos nos novos protestos em Barcelona a favor de Pablo Hasél

Pelo menos 14 pessoas foram detidas pela polícia catalã, este sábado, durante os distúrbios que se seguiram a mais uma manifestação em Barcelona a reclamar a libertação do rapper Pablo Hasél. Segundo o jornal Público, pelo …

Procuradores avançam para tribunal contra nomeações de chefias

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) está envolvido numa nova polémica, depois do concurso que culminou na indigitação de José Guerra para a Procuradoria Europeia. Segundo avança o Jornal de Notícias, este domingo, um concurso para …

A partir de segunda-feira, eletrodomésticos vão ter novas etiquetas energéticas

As organizações não-governamentais ambientalistas saúdam as novas etiquetas energéticas, que entram em vigor esta segunda-feira, mas pedem “mais atenção” ao consumidor e “maior rapidez” na reclassificação de “mais produtos”. Em comunicado, a cooligação Coolproducts, um grupo …