Mandato de ex-presidente da ADSE vai ser “passado a pente fino”

O mandato de Carlos Liberato Baptista, que durou três anos e meio, será “passado a pente fino” a pedido de beneficiários e do Governo.

Esta quarta-feira, representantes dos sindicatos, dos beneficiários e o Ministério da Saúde frisaram a necessidade de uma auditoria ao mandato do ex-presidente da ADSE, que durou três anos e meio.

Fonte oficial do Ministério da Saúde confirmou ao jornal Público que o próprio presidente demissionário da ADSE, Carlos Liberato Baptista, solicitou uma auditoria à Inspeção-geral das Atividades em Saúde, deixando claro que a própria tutela “reforçou junto da senhora inspetora o interesse do ministério em que a mesma fosse feita”.

Liberato Baptista renunciou ao cago na segunda-feira, dia 30 de abril, alegando razões pessoais. Esta decisão surgiu dias antes de a TVI ter revelado um relatório que suscita suspeitas de desvios de fundos e de favorecimento de empresas, enquanto dirigia a Associação de Cuidados de Saúde de Portugal Telecom (PT-ACS), entre 2007 e 2009.

O presidente demissionário não reagiu, tendo adiantado apenas que no momento em que apresentou a sua demissão, solicitou a realização de uma auditoria visando o período em que exerceu os cargos de diretor-geral e de presidente do conselho diretivo da ADSE.

Para o presidente do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) da ADSE, João Proença, esta auditoria é “inevitável” para defender a imagem de um sistema que conta com mais de dois milhões de beneficiários.

Ao Público, Eugénio Rosa, um dos representantes dos beneficiários e possível candidato ao cargo de segundo vogal da ADSE, afirmou que “a auditoria visa dar tranquilidade aos beneficiários”. “Não temos nenhuma suspeita, mas o alegado envolvimento em diversas irregularidades na PT-ACS está a criar uma grande perturbação nos beneficiários.”

No dia 10 de Maio, o do conselho geral e de supervisão da ADSE irá reunir-se. Liberato Baptista vai manter-se em funções até que o Governo nomeie um substituto, mas enquanto isso não acontece, a ADSE está em “gestão corrente” e as negociações em curso com os hospitais privados ficam em suspenso, frisa João Proença.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …