Mais sete óbitos e 673 casos de covid-19 em Portugal. 47% são de Lisboa e Vale do Tejo

Manuel De Almeida / Lusa

Portugal regista mais sete mortos e 673 casos de infeção por covid-19 este domingo, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os números revelados no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) deste sábado indicam que há mais 673 novos casos de covid-19, o que eleva para 63.983 o número total de casos identificados desde o início da pandemia.

A região com o maior número de infetados nas últimas 24 horas é Lisboa e Vale do Tejo (mais 319 novas infeções – 47,4% do total diário). Seguem-se o Norte (mais 236 casos), o Alentejo (mais 60), o Centro (mais 35), o Algarve (mais 20), os Açores (mais dois) e a Madeira (mais um).

Nas últimas 24 horas, mais 14 pessoas com covid-19 foram internadas em hospitais. Além disso, há menos dois infetados em unidades de cuidados intensivos.

Portugal registou também mais sete óbitos. Dos sete mortos, seis eram da região de Lisboa e Vale do Tejo e um da região Norte. O total de óbitos é agora de 1.867.

Já se encontra disponível o relatório de situação de hoje, 13 de setembro, que pode ser consultado integralmente em…

Publicado por Direção-Geral da Saúde em Domingo, 13 de setembro de 2020

A taxa de letalidade global do país é de 2,9%

Neste momento, há 18.047 doentes portugueses ativos a ser acompanhados pelas autoridades de saúde, mais 491 do que no sábado. As autoridades estão a vigiar 36.398 contactos de pessoas infetadas (mais 343).

Nas últimas 24 horas, foram dados como recuperados mais 175 doentes, sendo agora o total de recuperados de 44.069.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E o que dizem os governantes, Assembleia, políticos e “técnicos” de saúde? “É muito cedo”. Estou convencido que vai ser preciso chegarmos aos milhares (porque só mil ainda vai ser muito cedo) para começarmos a pensar num novo confinamento que até podia ter sido evitado se não tivessemos (para além do governo de Portugal, refiro-me ao dos governos de todo o mundo!) desconfinado cedo de mais. Isto talvez nunca aconteceria se não andássemos na guerra de quem faz ou não quarentena (que passou a ser um obstáculo á “economia” em vez de algo essencial á saúde dos cidadãos). Todo o mundo falhou e continua a falhar. Penso que estão todos convencidos que o virus vai ser um gajo porreiro e vai abrandar os seus únicos instintos: sobreviver e progagar-se.
    O novo confinamento é absolutamente inevitável. Resta saber quantos de nós (no mundo inteiro) teremos de ficar infetado e/ou morrer para que finalmente levemos esta pandemia a sério.
    Ouço várias vezes: “Aprendemos muito nestes seis sete meses de pandemia”. “Aprendemos com os nossos erros para não voltarmos a cometê-los”. Pois… É bastante óbvio que nada aprendemos! E continuamos a cometer mais e mais erros! Estarei a ser exagerado e fatalista? Não! Estou a ser realista! É só pensar que, depois de tantas “medidas” para evitar a propagação, estamos a aproximarmo-nos de números atingidos quando nada sabíamos. Há um país (não me recordo qual) que triplicou o número de infetados relativamente ao início da pandemia! E com (algumas) medidas de proteção! Mas desenganem-se se pensam que os culpados são só os governantes e gente de poder… Somos quase a maioria da população mundial que; ou por ignorância, ou por não querer saber, (menosprezar o virus e as suas consequências presentes e futuras) que ajudamos á propagação do virus! Porque não usamos a máscara por necessidade de proteção, mas porque é obrigatório. Porque escolhemos ignorar o distanciamento social sempre que possível… Porque só damos valor quando alguém próximo de nós (nosso querido ou querida) MORRE!… por causa do coronoa virus! Por causa da falta de cuidado, por seguir o triste exemplo do “nosso” presidente e primeiro ministro (assim como outros “exemplos” nacionais) que fartam-se de “apregoar” o distanciamento social e, são eles próprioas a quebrá-lo vezes sem conta!… Basta ver as entrevistas na televisão! Isto sem falar na displicência como se manuseia a máscara! A máscara deve ser tocada o menos possível e sempre com as mão higienizadas antes e depois de o fazer. Não é usar a mácara enrolada no braço como o Costa já usou e nem atirar a mácara para uma toalha antes do Marcelo ir dar um mergulho! Se a maioria está-se nas tintas para as regras, imaginem então como estarão com os exemplos de quem nos pede para segui-las? Vamos ter um aumento astronómico de infetados (e, óbviamente, mortos também) para bem breve e a culpa é de 99% da população mundial que se interessa apenas consigo e no seu dinheiro e pouco quer saber da saúde dos outros. Egoístas! Só o deixarão de ser quando sofrerem na pela! Infelizmente será tarde demais. Vamos confinar… Não é “se”… É quando! E é para breve. E vai ter concequências (que podiam ser evitadas) muito piores que o início da pandemia. Isto não é prognóstico! É o nosso futuro próximo! Obrigado, humanidade egoísta!

  2. Metam as pessoas a usar máscara na rua também.
    Obriguem as pessoas a usar a máscara correctamente. Multas para quem usar mal a máscara e para quem não usa, mais pesadas.
    Mostrem na tv as imagens das pessoas que morrem com covid-19. Para não ser apenas um número.
    Só quando as pessoas perceberem que isto é pela sua saúde e não uma chatice imposta pelo Governo é que isto dá a volta.

    • É isso! O portuguesinho só “respeita” as regras quando se borra de medo, ou seja, quando o ameaçam com multa! Basta ver a situação das limpezas do mato para prevenção dos fogos! Até abateram árvores que não podiam! “Verdade que doi”… Obrigado por provar que não estou sózinho. Infelizmente somos a minoria que sofrerá as consequências da imprudência e negligência grosseira da maioria…

RESPONDER

Abandonar Aeroporto do Montijo e apostar em Alcochete custará ao Estado tanto como "15 hospitais"

O Aeroporto do Montijo está, de novo, em águas de bacalhau, mas se o Governo tiver mesmo de abandonar o projecto, o Estado terá de desembolsar uma indemnização de 10 mil milhões de euros. Além …

Equipas móveis vão percorrer o país para testarem alunos, professores e funcionários de escolas públicas

Equipas móveis - compostas por enfermeiros, técnicos e administrativos - vão percorrer o país para testarem todas as escolas públicas do continente. Numa primeira fase, o universo de testados rondará as 500 mil pessoas. O Público …

Disse para mim mesma: "Auriol, o primeiro é o teu lugar" - e foi

A portuguesa Auriol Dongmo conquistou, esta sexta-feira, a medalha de ouro do lançamento do peso nos Campeonatos da Europa de atletismo de pista coberta, que se estão a disputar em Torun, Polónia. Auriol Dongmo conquistou a …

Eduardo Quaresma não tem o que é preciso para singrar, diz olheiro de topo

Um olheiro internacional de topo considera que Eduardo Quaresma não tem aquilo que é preciso para singrar ao mais alto nível. Em declarações ao ZAP, o scout argumenta que lhe faltam qualidades físicas. Eduardo Quaresma é …

Governo aprova proposta de lei para retirar veto de autarquias a aeroportos

Após o chumbo do Montijo, o Conselho de Ministros aprovou, esta sexta-feira, uma proposta de lei que prevê a dispensa do parecer favorável das autarquias na construção de aeroportos. De acordo com o Observador, esta proposta …

João Loureiro regressou a Portugal. Diz ter sido "ingénuo ou utilizado" no caso do avião com cocaína

João Loureiro, antigo presidente do Boavista, aterrou esta sexta-feira em Portugal. Em declarações aos jornalistas, remeteu explicações para mais tarde. João Loureiro regressou a Portugal esta sexta-feira. O ex-presidente do Boavista afirmou ter sido “ingénuo” ou …

Pavlopetri é uma impressionante cidade subaquática na Grécia (e é das mais antigas do mundo)

A cidade foi descoberta nos anos 60 e acredita-se que tenha mais de 5 mil anos de história. Com o seu planeamento urbano praticamente intacto, o local ainda exibe ruas, pátios, edifícios e até mesmo …

Dos partidos aos patrões, há expectativas quanto ao plano de desconfinamento

O primeiro esboço do plano de desconfinamento será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A apresentação do roteiro para a reabertura do país acontece no dia 11 de março. Esta semana, o …

"Estamos em pé de guerra." OMS defende dispensa de patente para países poderem fazer cópias baratas de vacinas

Os laboratórios devem dispensar as patentes se tal for necessário para garantir que todas as pessoas são imunizadas contra o novo coronavírus, defendeu o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS). Num artigo publicado esta sexta-feira …

Apalpar fruta passou à história. Cientistas criam novo método para saber quando está madura

Uma equipa de investigadores desenvolveu um método para saber se uma fruta está madura sem a apalpar. Para já, os testes foram realizados em mangas, mas os cientistas esperam alargá-lo a outras frutas. Apalpar fruta para …