Governo apresenta Lola, a nova assistente robô da Loja do Cidadão

Manuel de Almeida / Lusa

Maria Manuel Leitão Marques, Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa

A Loja do Cidadão do Porto vai passar a ter uma nova assistente pessoal, a Lola. A Lola é um robô que vai interagir com os cidadãos, tirando dúvidas e encaminhando-os para os serviços pretendidos, sem que seja necessário a intervenção de um funcionário.

Segundo o Diário de Notícias, esta é uma das oito novas medidas anunciadas esta quarta-feira pela Ministra da Presidência e da Reforma Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, para o Simplex 2018. “Parece magia mas é o Simplex!” é o mote desta fase do programa iniciado em 2016 e que visa a desburocratização do Estado.

“A Lola trata-se desse passo, que é importante dar, aproveitando o melhor que nos pode dar. Essa robô torna o acesso à Loja do Cidadão do Porto mais simples, intuitivo e onde o cidadão é encaminhado para o serviço pretendido”, explicou Maria Manuel Leitão Marques em declarações ao Jornal de Notícias.

A ministra salvaguardou desde logo que o robô não vai retirar postos de trabalho. Há coisas muito importantes para dar aos funcionários públicos, que não se resuma a: “vá para ali, vá para acolá. São rotinas que as máquinas podem fazer“, frisou.

“Precisamos de funcionários que atendam de forma personalizada os cidadãos, que lhes expliquem os serviços com uma linguagem clara para que percebam toda a informação. Isso só um humano pode fazer”, acrescentou a ministra.

O programa vai contar também com uma central de marcações do governo, que permitirá fazer marcações online para vários serviços públicos. Segundo o governo, esta medida vai permitir que um utente, num único portal, possa agendar as suas deslocações a diversos serviços do Estado.

Outra das novidades apresentada é o “Cartão para Estrangeiros“. Com este cartão, o governo vai passar a associar o processo de autorização de residência de estrangeiros à atribuição de números de identificação fiscal, segurança social e do serviço nacional de saúde.

Faturas sem papel

Numa das medidas, o governo propõe eliminar as faturas em papel, já que estas ficam depois disponíveis na área pessoal do cidadão no Portal das Finanças. Sem a fatura em papel, o governo pretende que os portugueses fiquem apenas com o seu registo eletrónico. Esta medida permitirá poupar 70 mil árvores.

Já em 2016, António Costa tinha prometido que 2017 seria o ano de “papel zero” no Estado, ou seja, todos os assuntos entre cidadãos e serviços públicos poderiam ser desmaterializados e tratados online.

Entre as medidas do programa contam-se a casa pronta online, o IRS automático, o registo de nascimento na maternidade, o simulador de pensões, a renovação da carta de condução a partir de casa, o casamento e as matrículas online.

Em declarações à Lusa, Maria Manuel Leitão Marques fez “um balanço positivo” do programa Simplex+2017, salientando que este tinha “medidas de grande impacto”. Quanto ao programa deste ano, a ministra adiantou que o governo está “a lançar medidas disruptivas”.

“Como sempre tem sido a tradição”, o programa deste ano “traz novidades de simplificação” que permitem “reduzir os encargos administrativos“, acrescentou, remetendo mais novidades para a apresentação pública do Simplex+2018.

As medidas apresentadas esta tarde serão aplicadas de forma faseada até 2020. O Simplex+ 2018 conta com um orçamento estimado de 55 milhões de euros.

A apresentação vai contar com a presença do mágico Luís de Matos para falar sobre a “magia” do programa.

O programa foi criado em 2006, durante o executivo de José Sócrates e, desde então, foram concretizadas 1200 medidas para simplificar a vida dos cidadãos e das empresas.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. ridiculo!
    tanto FP e ainda arranjam um robo para fazer o seu trabalho.
    A CP devia seguir o exemplo e nos dias de greve colocava este dispositivo nas estacoes para ouvir o descontentamento dos clientes que pagaram passe e não têm direito à viagem.

  2. Em vez de sofisticarem mais os serviços (o que sempre bem vindo) deveriam era dotarem pelos menos todas as Cidades Portuguesas de Lojas de Cidadão. Vejam só que Évora está a 150km de Lisboa e não tem uma única Loja do Cidadão. mmmmm Porque será?

RESPONDER

Piloto Bernardo Sousa suspenso dois anos por controlo antidoping positivo a cocaína

O ex-campeão nacional de ralis Bernardo Sousa foi suspenso por dois anos devido a um controlo antidoping positivo a cocaína, anunciou na quinta-feira a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK). De acordo com o comunicado …

Porsche lança Taycan "low cost" para competir com a Tesla

https://vimeo.com/367293637 A Porsche lançou uma versão económica do Taycan de forma a competir com o Model S da Tesla. O veículo elétrico está disponível a partir de janeiro e custará cerca de 105 mil euros. A batalha …

Quartel da Graça vai ser um hotel de luxo

A concessão do Quartel da Graça, em Lisboa, vai ser entregue ao grupo Sana, no âmbito do programa Revive, estando previsto um investimento de 30 milhões de euros, para a instalação de um hotel, foi …

Infarmed retira do mercado protetor solar infantil

O Infarmed disse esta sexta-feira que está acompanhar as precauções da agência espanhola do medicamento em relação aos produtos de proteção solar ISDIN, indicando que em novos testes detetou variabilidade e inconsistência no fator de …

Com 13 anos, herdeira da Coroa de Espanha discursa pela primeira vez

O rei Filipe VI transmitiu esta sexta-feira à princesa Leonor o compromisso "pessoal e institucional" que possui como herdeira da Coroa na entrega dos Prémios Princesa de Astúrias 2019, cerimónia acompanhada no exterior por uma …

"El Mencho" quer ser o próximo "El Chapo" (e está a matar polícias para o conseguir)

"El Mencho", líder de um dos cartéis mais influentes do México, foi responsável pelo massacre de 14 polícias. O barão da droga quer ser o próximo "El Chapo". No México, Nemesio Oseguera Cervantes, conhecido como "El …

Marcelo promulga regime de acolhimento residencial para crianças e jovens em perigo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou esta sexta-feira o diploma governamental que estabelece o regime de execução do acolhimento residencial, medida de promoção dos direitos e de proteção das crianças e jovens …

Lenny Kravitz regressa a Lisboa para um concerto em 2020

Lenny Kravitz regressa a Portugal em 2020. O músico irá atuar na Altice Arena, em Lisboa, no dia 25 de julho do próximo ano. Este concerto faz parte da digressão "Here to Love", de apoio ao …

Conspirador condenado a pagar 450.000 dólares por negar massacre de Sandy Hook

Um tribunal de Wisconsin, nos Estados Unidos, condenou um conspirador a indemnizar o pai de uma das crianças que morreu no tiroteio de Sandy Hook, em 2012, com 450.000 dólares depois de este afirmar que …

Adepto do Nápoles acusado da morte de apoiante do Inter

  O adepto do Nápoles tem antecedentes criminais e, segundo a investigação, poderá estar ligado à camorra, uma organização criminosa italiana. Um adepto radical do Nápoles foi esta sexta-feira detido sob a acusação de homicídio de um …