Livro que pertenceu a Hitler revela “solução final” para o Canadá

Um livro raro, que pertenceu a Adolf Hitler, acaba de ser adquirido pela Biblioteca e Arquivos do Canadá, uma instituição que se dedica a preservar a memória do país. Segundo os investigadores, a obra revela os planos nazis para o Canadá e para a América do Norte durante a II Guerra Mundial.

A “solução final” foi um nome-chave dado ao objetivo dos nazis de levar a cabo um genocídio contra os judeus. A obra foi escrita por um investigador nazi que passou algum tempo nos Estados Unidos antes do início da II Guerra Mundial, refere o The Independent.

O livro raro, do qual restam apenas poucos exemplares, foi comprado no ano passado e apresentado ao público na última quarta-feira. Segundo os curadores, a aquisição vai ajudar a preservar uma parte crítica da história canadiana e chega num momento em que o antissemitismo cresce no país.

Publicado em 1944 pelo alemão Heinz Kloss, o livro é um retrato detalhado dos judeus que residiam em ambos os países e é também um vislumbre dos planos nazis, caso o regime ganhasse o controlo sobre o continente americano.

Our recent acquisition of a 1944 book previously owned by Adolf Hitler demonstrates our mandate to acquire items of…

Publicado por Library and Archives Canada em Quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Os curadores acreditam que este livro era parte do acervo da biblioteca de Adolf Hitler, no seu refúgio nos Alpes bávaros, mas que terá sido levado por soldados aliados que estiveram no local após a derrota nazi.

O autor do livro, que trabalhou diretamente para o Terceiro Reich, destaca na obra os planos nazis para uma eventual presença na América do Norte. As principais cidades do Canadá, incluindo Montreal e Toronto, estão na lista incluída na obra, assim como pequenas comunidades como Trois-Rivières, que naquela época tinha uma população judaica de apenas 52 pessoas.

Michael Kent, curador da Biblioteca e Arquivos do Canadá, compara esta nova aquisição da biblioteca ao Livro Negro, que tinha uma lista de residentes britânicos identificados como alvos, no caso de uma invasão bem sucedida do nazismo no Reino Unido. “Este livro mostra que os horrores da II Guerra Mundial foram bem pensados e analisados.”

Além disso, Kent refere que a aquisição deste livro ocorre numa época crucial, em que os académicos alertam para o aumento da ignorância entre os canadianos em relação ao Holocausto. Um estudo recente indicou que mais de metade dos adultos canadianos não sabem que mais de seis milhões de judeus foram mortos durante o Holocausto.

Espera-se que este livro seja usado pelos arquivos para fins educacionais e para combater uma tendência recente de discursos de ódio que vem surgindo nos Estados Unidos e no Canadá.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “Espera-se que este livro seja usado pelos arquivos para fins educacionais e para combater uma tendência recente de discursos de ódio ”

    Mais um artigo traduzido do NYT ou WP. A linguagem de extrema esquerda de ataque à liberdade de expressão não engana

  2. Segunda grande foi genocídio sem precedente na história. Milhões de pessoas que poderia ter seus destinos alteradostiveram sua vida tirada pela tirania das nações beligerante. Um tratado após outros produziu uma hecatombe mundial. Quase 25 mil soldados brasileiros faleceram no fronte de guerra. Outros milhões de judeus foram mortos e outros milhões de outras raças estão perdidas ou em cemitérios! Mesmo assim, a igonorancia persiste em todos os lugares e a cegueira poderá nos levar a outra grande guerra! O homem é um animal e dos poucos que andam com duas pernas!

Paulo Macedo diz que a CGD não vai ser "uma nêspera"

O presidente da CGD considera que há a expectativa de o banco público ficar "sossegado", mas que a sua equipa não é paga para "ficar a ver navios" e quer pagar o capital injetado pelo …

Foo Fighters são a primeira confirmação do Rock in Rio Lisboa

Os norte-americanos Foo Fighters vão atuar, a 21 de junho, no festival Rock in Rio Lisboa, no Parque da Bela Vista. A banda de Dave Grohl é a primeira confirmação do cartaz do Rock in Rio …

PS, Bloco e Livre recusam solidarizar-se com Bernardo Silva

PS, Bloco e Livre votaram, esta sexta-feira, contra a solidariedade do Parlamento para com o internacional português, condenado recentemente por um ato considerado racista pela Federação Inglesa de Futebol (FA). Socialistas, bloquistas e a deputada única …

Descoberta nova lesão pulmonar que poderá estar ligada a cigarros eletrónicos com líquido

Um grupo de investigadores do Canadá anunciou esta quinta-feira a descoberta do que considera ser um novo tipo de lesão pulmonar causado pela vaporização com cigarros eletrónicos com líquido e que é semelhante à bronquiolite …

Professor acusado de agredir aluno surdo em Penafiel

Um estudante surdo foi agredido, na terça-feira, por um professor dentro de uma das salas de aula da escola secundária Joaquim de Araújo, em Penafiel. Um estudante de 16 anos, da escola secundária Joaquim de Araújo, …

Presidente da Colômbia disse que o Governo ouviu protestos em massa

O Presidente da Colômbia, Iván Duque, garantiu que ouviu as exigências dos manifestantes que saíram há rua na quinta-feira para um protesto maciço contra a política económica e social do atual governo. "Hoje [quinta-feira], os colombianos …

Detido mais um suspeito do caso do camião do Reino Unido

Foi detida mais uma pessoa por suspeitas de ligação ao caso do camião encontrado em Essex, Inglaterra, com 39 cadáveres no seu interior. A polícia britânica prendeu, hoje de manhã, um homem de 23 anos, …

Antigo primeiro-ministro da Escócia enfrenta 14 acusações de abuso sexual

Alex Salmond, o antigo primeiro-ministro da Escócia que desencadeou uma tentativa de independência do Reino Unido, compareceu em tribunal para enfrentar 14 crimes de abuso sexual alegadamente cometidos enquanto liderava o país. Entre os crimes está …

César, Louçã, Domingos Abrantes, Rio e Balsemão eleitos para Conselho de Estado

O Conselho de Estado é um órgão de consulta do Presidente da República composto por 19 membros, cinco dos quais eleitos pela Assembleia da República. Carlos César (PS), Francisco Louçã (BE), Domingos Abrantes (PCP), Rui Rio …

China já está a trabalhar no desenvolvimento de redes 6G

As autoridades chinesas divulgaram esta sexta-feira que já iniciaram pesquisas para o desenvolvimento de redes sem fio de sexta geração, apenas algumas semanas depois de as três principais operadoras de telecomunicações do país terem lançado …