Livro que pertenceu a Hitler revela “solução final” para o Canadá

Um livro raro, que pertenceu a Adolf Hitler, acaba de ser adquirido pela Biblioteca e Arquivos do Canadá, uma instituição que se dedica a preservar a memória do país. Segundo os investigadores, a obra revela os planos nazis para o Canadá e para a América do Norte durante a II Guerra Mundial.

A “solução final” foi um nome-chave dado ao objetivo dos nazis de levar a cabo um genocídio contra os judeus. A obra foi escrita por um investigador nazi que passou algum tempo nos Estados Unidos antes do início da II Guerra Mundial, refere o The Independent.

O livro raro, do qual restam apenas poucos exemplares, foi comprado no ano passado e apresentado ao público na última quarta-feira. Segundo os curadores, a aquisição vai ajudar a preservar uma parte crítica da história canadiana e chega num momento em que o antissemitismo cresce no país.

Publicado em 1944 pelo alemão Heinz Kloss, o livro é um retrato detalhado dos judeus que residiam em ambos os países e é também um vislumbre dos planos nazis, caso o regime ganhasse o controlo sobre o continente americano.

Our recent acquisition of a 1944 book previously owned by Adolf Hitler demonstrates our mandate to acquire items of…

Publicado por Library and Archives Canada em Quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Os curadores acreditam que este livro era parte do acervo da biblioteca de Adolf Hitler, no seu refúgio nos Alpes bávaros, mas que terá sido levado por soldados aliados que estiveram no local após a derrota nazi.

O autor do livro, que trabalhou diretamente para o Terceiro Reich, destaca na obra os planos nazis para uma eventual presença na América do Norte. As principais cidades do Canadá, incluindo Montreal e Toronto, estão na lista incluída na obra, assim como pequenas comunidades como Trois-Rivières, que naquela época tinha uma população judaica de apenas 52 pessoas.

Michael Kent, curador da Biblioteca e Arquivos do Canadá, compara esta nova aquisição da biblioteca ao Livro Negro, que tinha uma lista de residentes britânicos identificados como alvos, no caso de uma invasão bem sucedida do nazismo no Reino Unido. “Este livro mostra que os horrores da II Guerra Mundial foram bem pensados e analisados.”

Além disso, Kent refere que a aquisição deste livro ocorre numa época crucial, em que os académicos alertam para o aumento da ignorância entre os canadianos em relação ao Holocausto. Um estudo recente indicou que mais de metade dos adultos canadianos não sabem que mais de seis milhões de judeus foram mortos durante o Holocausto.

Espera-se que este livro seja usado pelos arquivos para fins educacionais e para combater uma tendência recente de discursos de ódio que vem surgindo nos Estados Unidos e no Canadá.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “Espera-se que este livro seja usado pelos arquivos para fins educacionais e para combater uma tendência recente de discursos de ódio ”

    Mais um artigo traduzido do NYT ou WP. A linguagem de extrema esquerda de ataque à liberdade de expressão não engana

  2. Segunda grande foi genocídio sem precedente na história. Milhões de pessoas que poderia ter seus destinos alteradostiveram sua vida tirada pela tirania das nações beligerante. Um tratado após outros produziu uma hecatombe mundial. Quase 25 mil soldados brasileiros faleceram no fronte de guerra. Outros milhões de judeus foram mortos e outros milhões de outras raças estão perdidas ou em cemitérios! Mesmo assim, a igonorancia persiste em todos os lugares e a cegueira poderá nos levar a outra grande guerra! O homem é um animal e dos poucos que andam com duas pernas!

RESPONDER

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …