Líderes europeus defendem que fronteiras devem continuar abertas

Álvaro Millán / Flickr

Os chefes dos 27 Estados-membros da União Europeia (UE) reuniram-se em videoconferência, na quinta-feira, na qual concordaram que as fronteiras não devem ser fechadas, devendo evitar-se medidas que possam comprometer o mercado único e o funcionamento do Espaço Schengen.

Contudo, como noticiou o Público, o aumento dos casos e os serviços de saúde saturados têm levado ao prolongamento dos confinamentos e à adoção de restrições. Os voos entre Portugal e o Reino Unido serão suspensos a partir de sábado. A Holanda fez o mesmo com a Grã-Bretanha, a África do Sul e a América do Sul.

Quanto “à mutação do vírus, estamos conscientes da seriedade da situação e da necessidade de medidas restritivas”, referiu o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, frisando: “Estamos totalmente convencidos que devemos manter as fronteiras abertas e, ao mesmo tempo”, que “podem ser adaptadas as regras para as movimentações, por exemplo recomendações relativas às deslocações não essenciais”.

O primeiro-ministro belga, Alexander De Croo, apresentou uma proposta para uma interdição temporária de todas as viagens não-essenciais na UE, entre 15 e 21 de fevereiro, visando travar as viagens de lazer e turismo.

“Quero que fique muito claro: o que estamos a propor não é o fecho das fronteiras. Os trabalhadores transfronteiriços têm que continuar a poder movimentar-se e o comércio não pode parar”, disse, indicando ainda que os governos têm de ser mais acutilantes na sua comunicação.

Relativamente às deslocações não essenciais, serão os líderes nacionais a avaliar o que é mais apropriado para o seu país, tendo e consideração a taxa de incidência. A Comissão Europeia apresentará em breve uma revisão do mapa epidemiológico da Europa.

Durante a reunião falou-se das vacinas, com os líderes a pedirem mais celeridade no processo de licenciamento e de vacinação, para chegar ao fim do verão com 70% da população adulta vacinada. Para já, só duas das oito vacinas compradas pela UE foram autorizadas pela Agência Europeia do Medicamento.

Sobre as isenções que poderão beneficiar os cidadãos europeus na posse de um certificado de vacinação contra a covid-19, ideia lançada pelo primeiro-ministro da Grécia, Kyriakos Mitsotakis, não se avançou. Tanto Costa como o primeiro-ministro de Malta, Robert Abela, mostraram-se favoráveis.

“Devemos poder concordar com os elementos comuns a incluir num certificado deste tipo e com este propósito sanitário”, estimou o presidente do Conselho Europeu. “Mas só numa fase mais tardia vamos discutir os outros usos que esse certificado pode ter no futuro”, acrescentou Charles Michel.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Jogos Olímpicos: 4 modalidades estiveram em todas as edições

Curiosamente, em Tóquio também se vão estrear quatro modalidades (mais duas vertentes). Há desportos que só estiveram nos Jogos uma vez. Os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 já arrancaram oficialmente. Depois do início de algumas modalidades, na …

Rússia "desconectada com sucesso" da Internet mundial em nova ronda de testes

A Rússia se "desconectou com sucesso" da rede mundial de Internet durante novos testes da sua tecnologia 'RuNet', informou o site de notícias RBC. De acordo com o site, que cita fontes não identificadas no setor …

Depois das cheias, Alemanha tem outra luta em mãos: limpar montanhas de lixo

Foram as cheias mais devastadoras da Alemanha nos últimos 60 anos, mas os problemas não acabaram com as chuvas. O país terá agora de lidar com montanhas de lixo, frigoríficos estragados e carros destruídos, amontoados …

Síndrome de Guillain-Barré apontada como efeito "muito raro" na vacina da Janssen

Infarmed justifica a decisão com os resultados da investigação feita pela Agência Europeia do Medicamento, iniciada após os reguladores norte-americanos terem dado o alerta para o "risco acrescido de se desenvolver uma condição neurológica rara …

Presidenciais. Tweets de Sara Sampaio e Barroco de Melo motivam abertura de inquérito no MP

Sara Sampaio e Eduardo Barroco de Melo fizeram publicações no Twitter, durante o período de reflexão para as últimas presidenciais, que serão agora investigadas pelo Ministério Público (MP). O Ministério Público (MP) abriu um inquérito para …

2,5% da população respondeu "não" ao SMS de agendamento

O coordenador do plano de vacinação contra a covid-19 revelou hoje que, no total, 2,5% da população respondeu ‘não’ à mensagem recebida para agendar a vacina e, quando houve mais filas, 2,7% faltaram à marcação. Henrique …

El Salvador pede prisão de ex-Presidente Salvador Sánchez Cerén por corrupção

Promotores de El Salvador emitiram um mandado de prisão contra o ex-Presidente Salvador Sánchez Cerén sob a acusação de peculato, lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito. O procurador-geral Rodolfo Delgado disse na quinta-feira que as acusações …

Presidente chinês faz rara e discreta visita ao Tibete

O Presidente chinês fez uma rara visita ao Tibete, numa altura em que as autoridades reforçam o controlo sobre a cultura budista tradicional e impulsionam o desenvolvimento económico e modernização das infraestruturas da região dos …

Casinos em concelhos de risco elevado e muito elevado podem abrir a partir de sábado

Casinos, bingos e estabelecimentos similares localizados em concelhos de risco elevado e muito elevado podem funcionar a partir de sábado, tendo os clientes que apresentar certificado digital ou teste negativo. A medida consta de um despacho …

EMA aprova uso da vacina da Moderna para jovens entre os 12 e 17 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) aprovou, esta sexta-feira, a administração da vacina da Moderna em jovens dos 12 aos 17 anos. Foi aprovada a administração da vacina da Moderna para jovens menores de idade. A …