Lâmpadas de halogéneo vão apagar-se do mercado este sábado

André Mouraux / Flickr

As lâmpadas de halogéneo vão deixar de ser vendidas a partir de 1 de setembro na União Europeia. As lâmpadas LED consomem um quinto da energia consumida pelas luzes de halogéneo. 

A partir deste sábado, dia 1 de setembro, as lâmpadas de halogéneo vão deixar de ser comercializadas em toda a União Europeia (UE), com o objetivo de promover uma iluminação mais amiga do ambiente, reduzindo assim as emissões de carbono.

A alternativa passa pelas lâmpadas LED, mais sustentáveis e baratas a longo prazo, que consomem um quinto da energia consumida pelas luzes de halogéneo. Por comparação, enquanto as lâmpadas de halogéneo duram cerca de dois anos, as de LED conseguem durar 15 a 20 anos.

O simulador Ecocasa dá conta de que a substituição de, pelo menos, sete lâmpadas incandescentes por fluorescentes, em casa, pode gerar uma poupança anual de 93,19 euros, valor esse que poderá aumentar caso os portugueses optem por lâmpadas LED.

Segundo a Sábado, as lâmpadas incandescentes de halogéneo são as menos eficientes do mercado, mas são também as mais baratas. Ainda assim, os especialistas entendem que esta é uma “falsa economia”, tendo em conta a durabilidade deste tipo de lâmpadas.

Em Portugal, a eliminação do halogéneo irá evitar mais de 15 milhões de toneladas de emissões de carbono por ano, o equivalente ao consumo anual de eletricidade no país.

ZAP //

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. Mesmo utilizando lâmpadas LED em todas as divisões da casa (cozinha e casa de banho possuem tubos LED em vez de fluorescentes) desde que elas apareceram no mercado, não possuindo AC nem caloríferos, não noto nenhuma diferença na factura da electricidade. A vantagem é que os LEDS possuem mais Lux e fornecem uma cor fria (para quem escolher essa tonalidade).

    • Quanto mais poupamos , maior é a factura da EDP. Triste sina de termos sidos dados para carvão, à China….. Triste é os traidores governantes e associados andarem ao sol……. isso é que é triste! O governo só manda nos pequenos, é ou não é?!!. Decretaram a abolição de taxa de contador…. e a EDP mandou-os à terra das 5 letras….. e bem grandinhas….. Paga otário.. e vá lá que o aprendiz do Chavez, Luladrão, etc… levou um chuto no traseiro, senão até o país já se chamava Portuzuela!!!!

  2. Boas notícias. A UE continua a mostrar políticas ambientais, quando comparada com os EUA, a China, a Índia, o Brazil, a Rússia e outras potências mundiais… Já para não falar em sociedades menos desenvolvidas.

  3. Proibir ou Retirar é sempre errado. O consumidor paga também para ter a opção de decidir. Devia-se informar em vez de retirar, as lâmpadas LED são mais eficientes, mas não substituem as lâmpadas de incandescência em todas as situações, nomeadamente, quem tiver iogurteiras, chocadoras de ovos e outras situações em que se use a lâmpada para aquecimento e não para iluminação, por outro lado e o principal inconveniente no meu ponto de vista, não é possível regular a intensidade de uma lâmpada LED standard. Todas as instalações eléctricas que possuam reguladores de intensidade terão de ser substituídas e perde-se essa funcionalidade, quanto ao custo da energia em Portugal daria assunto para várias discussões. Um fervedor de água que ferva meio litro de água a mais do que o necessário gasta mais energia que usar uma lâmpada “normal” de 40W meia hora por dia durante uma semana.

  4. Vou comprar um stock delas antes de acabarem…. A porcaria dos LED fazem um mal terrível aos olhos. Vamos ficar todos com cataratas e depois é que nos vamos preocupar com o assunto. É sempre assim.
    Continuando.

  5. “Em Portugal, a eliminação do halogéneo irá evitar mais de 15 milhões de toneladas de emissões de carbono por ano, o equivalente ao consumo anual de eletricidade no país.”
    Ou todo o consumo anual de electricidade do país é apenas dedicado ao halogéneo, ou o halogéneo mencionado e as respectivas emissões de carbono não tem nada a ver com as lâmpadas que se pretendem eliminar, ou então algo está muito errado.
    Esta frase a estar correcta necessita de ser explicada melhor.

  6. A luz do halogeneo é muito melhor para adormecer por ser mais amarela. Vivemos em tempos do facismo voltar em força, com censura e proibicoes

    • A melhor luz para adormecer é a ambar e continuarão a existir. Nas LED como em todas as outras lâmpadas existem temperaturas de cor dos 2000K aos 6000K.

      • Quanto mais se compreender entre a cor laranja-escuro e vermelho, melhor ainda para ajudar a adormecer.
        Vejam as propriedades dos LEDs cor vermelha 630-660nm para a saúde e espantem-se.

  7. Deveriam também por um fim aos automóveis novos com motores a combustíveis fosseis, sendo apenas permitida a comercialização de usados, que com o tempo e as possibilidades dos consumidores iriam desaparecendo. pressionando assim os construtores a baixar os custos dos automóveis eléctricos e acelerando o aparecimento de outras tecnologias alternativas…

  8. Já tenho dificuldades de visão que cheguem. Duas cirurgias.
    Com as lâmpadas que nos querem impor, que já detesto há muto, pergunto-me para que me servirão as noites? Para dormir? Mas para isso me bastam meia dúzia de horas. E as restantes?

    Será que vou ter de voltar à luz da vela ou do candeeiro a petróleo, como na infância?

Cai período de nojo para governantes que vão para o BdP. Privados têm que esperar três anos

A que poderá ser a nova regra para as nomeações futuras para a liderança do Banco de Portugal (BdP) indica que os governantes podem entrar diretamente enquanto personalidades do sector privado da banca ou empresas de …

Mais três mortes e 802 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quarta-feira, mais três mortes e 802 novos casos de infeção por covid-19 em relação a terça-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

"Vista invejável". Presidente de Almada diz que ia viver para o Bairro Amarelo "amanhã"

A presidente da Câmara de Almada afirmou esta segunda-feira, na reunião pública ordinária da autarquia, que não se importava de ir viver "amanhã" para o Bairro Amarelo, frisando a sua vista "invejável". "Almada tem este …

Aulas de Educação Moral e Religiosa juntam alunos de turmas diferentes. Sistema "bolha" violado

Há escolas em que a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) está a juntar alunos de turmas diferentes, violando assim as recomendações das autoridades por causa da pandemia e pondo em causa o …

Autárquicas. PS e PSD têm de renovar 33 presidentes de câmara

PS e PSD têm, no total, 33 presidentes de câmara que não se poderão recandidatar nas próximas eleições autárquicas, uma vez que já atingiram o limite de três mandatos consecutivos. Os números são apresentados esta …

Trump diz que evitou cenário de mais de 2,5 milhões de mortos nos Estados Unidos

Esta terça-feira, Donald Trump disse que que evitou o cenário dos Estados Unidos registarem mais de dois milhões de mortos por covid-19 e culpou a China por "deixar a praga escapar". O Presidente dos Estados Unidos …

Boris endurece discurso e admite que novas medidas podem prolongar-se por seis meses

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, avisou esta quarta-feira que um pacote de medidas mais apertadas para combater a pandemia do novo coronavírus (covid-19), incluindo o encerramento de bares e restaurantes às 22:00, pode ficar em …

Novo estudo já marcou data para o fim da pandemia (e normalidade pode estar para breve)

Um novo estudo da McKinsey prevê que o fim da pandemia só deve chegar no terceiro ou no quarto trimestre de 2021 nos países desenvolvidos. Contudo, o retorno à normalidade deve acontecer mais cedo. O artigo …

Torre Eiffel evacuada devido a ameaça de bomba

A Torre Eiffel foi evacuada ao fim da manhã desta quarta-feira na sequência de uma ameaça de bomba, avança a imprensa internacional.  A notícia foi avançada pelo jornal francês Le Figaro e pela agência Reuters. De acordo …

Plano de Recuperação. CGTP deixa aviso em relação ao salário mínimo, CIP apoia aposta do Governo

António Costa reuniu-se esta terça-feira com os parceiros sociais a propósito do Plano de Recuperação e Resiliência. Isabel Camarinha, secretária geral da CGTP, considera que a resposta do Governo face à valorização dos salários é …